2014: o ano que o deputado José Dias disse, "Henrique Alves é um dos chefões da corrupção na Petrobrás", e o MPF nada fez

65ui67i4ii
Pai de Procurador da Republica, e tio de Henrique Alves, Zé Dias falou e o MPF calou..

Na eleição de 2014, o deputado estadual, José Dias, tio afim do candidato a governador, Henrique Eduardo Alves, disse que seu sobrinho era um dos chefões da máfia da Petrobras investigada na Operação Lava Jato realizada pela Policia Federal..

A denuncia foi publicada no O’ Jornal de Hoje e teve grande repercussão eleitoral..

Apesar da gravidade da denuncia, feita pelo deputado merecedor de total credibilidade, tendo em vista 50 anos de vida pública e oito mandatos de deputado estadual sem nada que desabone sua conduta moral, e ainda, pai de um procurador, Marcelo Alves, do Ministério Público Federal, a denuncia caiu no esquecimento.. pelo menos se fez não divulgou, e se não divulgou, por quê?

Não entendemos como o Procurador-Geral do Ministério Público do RN, Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes , não tenha tomado providencia para apurar a denuncia.. Pelo menos não tomamos conhecimento..  É estranho que um procurador da república, no caso, o senhor, Marcelo Alves, tome conhecimento que seu pai faça uma denuncia de tanta envergadura e não tome providencias, de oficio, para encaminhar as declarações ao procurador-chefe no RN, que deveria ter encaminhado, de oficio, a Procuradoria Geral da Republica, pois trata-se do presidente da Câmara dos Deputados do Brasil..

 

Será que abafaram o caso, ou o Ministério Público Federal, prevaricou?

2014: o ano que Wilma perdeu pela segunda vez

Em 2014, Wilma foi comer corda de Henrique Alves e amargou sua segunda derrota consecutiva para o senado..

No início do ano ela era tida como forte candidata ao governo…

Wilma não avaliou bem a situação e perdeu para Fátima Bezerra por 150 mil votos..

Caso tivesse sido candidata a governadora fazendo aliança com Fátima Bezerra, amanhã poderia ser empossada governadora pela terceira vez..

Nas duas vezes que Wilma foi candidata ao senado com o ‘apoio’ de Henrique Alves, perdeu feio.. Acho que nunca mais ela vai querer negócio com Henrique Alves..

 

Lamborada grande

 

 

Musa da Operação Lava Jato na Playboy

Pode parecer estranho, mas a foto acima só foi feita por causa da abominável tunga aos cofres da Petrobras. É que esta morena, Taiane Camargo, de 30 anos, desconhecida há poucos meses, virou uma espécie de musa do escândalo assim que os grampos da PF revelaram o romance dela com o doleiro Alberto Youssef. A formosa acabou fisgada pela “Playboy” e vai estampar a edição de janeiro, que chega às bancas dia 6.musa na playboy

 

2014: o ano que o Ministério Publico do RN comprou e abandonou um prédio por R$ 800 mil

O ano de 2014 ficará mercado pela descoberta que o Ministério Público comprou um prédio sem serventia publica para instalar a Promotoria de Defesa dos Portadores de Nescidades Especiais.. O prédio não pode ser adaptado para conceder acessibilidade de cadeirantes.. Uma verdadeira malversação de recursos públicos que os procuradores envolvidos souberam abafar.. Não deu em nada..

A brincadeira da compra custou R$ 800 mil ao contribuinte sem contar o prejuízo  na recuperação do prédio abandonado..

Sociedades de advogados têm até fim de janeiro para adesão ao Simples

Brasília – As sociedades de advogados que quiserem optar pelo Supersimples têm até o último dia útil de janeiro para aderir ao sistema. Os que escolherem esse regime tributário farão o pagamento unificado de impostos federais, estaduais e municipais (ISS, PIS, COFINS, IRPJ, CSLL, IPI, ICMS e ISS) e da contribuição previdenciária. “Pode ser mais vantajoso optar pelo Supersimples para os advogados de início de carreira e para os escritórios com estruturas menores”, afirma o presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.

A advocacia foi incluída neste regime tributário em agosto deste ano e, com isso, passou a integrar a tabela IV de tributação do Simples Nacional, que prevê faturamento anual entre R$ 180 mil e R$ 3,6 milhões, com alíquotas variando de 4,5% a 16,85%, respectivamente.  Antes, a alíquota para quem faturava R$ 180 mil era de 11,2%.

É importante esclarecer que, de acordo com a Receita Federal, não será possível fazer agendamento para os que exercem as atividades autorizadas pela Lei Complementar 147/2014, que incluiu, entre outras profissões, a advocacia. Assim, os inclusos só poderão fazer a opção no sistema a partir de janeiro de 2015. Caso a Receita Federal defira a adesão, ela retroagirá ao dia 1º de janeiro.

O presidente da Comissão Nacional de Direito Tributário da OAB, Jean Cleuter Simões Mendonça, explicou que quem já tem a sociedade civil tem até o dia 30 de janeiro, enquanto que, os que estão aderindo à sociedade, podem optar pela adesão ao Supersimples no ato de criação. “O regime tributário valerá para o exercício de 2015”, ressaltou.

SIMULADOR

Para avaliar se há vantagem em aderir ao Supersimples, a seccional da OAB de Goiás, por meio da Comissão de Direito Tributário (CDTrib), disponibilizou o “Simulador Tributário”, que calcula e compara regimes tributários de acordo com o faturamento do escritório. A ferramenta está em Excel e tem o objetivo de auxiliar inscritos em seu planejamento tributário para o ano de 2015, principalmente em virtude da inclusão da advocacia no sistema do Simples Nacional.

Para simular, basta informar a estimativa de faturamento, total gasto com folha de pagamento, custos e despesas operacionais e forma de recolhimento do ISS. Os advogados poderão fazer simulações diversas e, com base nelas, optar pelo melhor regime de tributação para o exercício de 2015.

Clique aqui para fazer a sua simulação

2014: o ano que Laurita Arruda sonhou ser primeira dama

Laurita ficou conhecida com a ‘Camaleoa Bacurau’ de tando vestir roupa verde

Ninguém sonhava e acreditava mais na vitória do candidato a governador, Henrique Alves, que sua terceira esposa, Laurita Arruda..

Ela andou, fez discurso, chá, lanche, carreata, comícios, missa, bateu tambor, usou roupa verde e não deu certo..

Segundo comentava na campanha ela já tinha conversado com algumas pessoas para ajuda-la na tarefa de ser primeira dama e secretária do seu esposo..  Ela pretendia fazer igual a ex-primeira dama do saudoso ex-governador, Cortez Pereira, dona Aída,  que acumulou à presidência da LAC –  Linha Auxiliar da Comunidade e a Secretaria Particular do governador..

O sonho foi adiado pelo menos por quatro anos…

 

Basalanufo deverá voltar para Paraíba

Se o senhor, Eurípedes Balsanufo de Sousa Melo, estiver com a ficha suja, o governador eleito, Robinson Faria, deve pedir desculpas e desconvida-lo..  Ele poderá ser o primeiro grande desgaste do governo, de Robinson caso assuma a Secretaria de Planejamento do RN..

Não apenas pelo fato dele ser condenado, mas, sobretudo por Robinson ter feito um discurso na campanha que não nomearia alguém que estivesse condenado pela justiça…

Até agora, Robinson não descumpriu a palavra, mas, empossando o secretário, ele estará rasgando seu discurso..

Será fácil desconvidar, difícil é encontrar um gestor experiente com a ficha limpa, depois que Ministério Público inventou o denuncismo..

 

2014: ano que o povo rejeitou os caciques da politica potiguar

O ano de 2014 revelou que o povo potiguar não obedece mais os caciques da politica..

O maior acordo politico da história foi celebrado para eleger o presidente da Câmara Federal, deputado, Henrique Alves, governador do estado e a ex-governadora, Wilma de Faria senadora..

Henrique Alves e Wilma, contavam com o apoio de todos os senadores, José Agripino, Garibaldi Alves e Garibaldi Alves Filho, de todos ex-governadores vivos, 18 partidos e 140 prefeitos..

A dupla Wilma e Henrique Alves levaram uma surra de 150 mil votos do candidato ao governo, Robinson Faria e da candidata ao senado, deputada federal, Fátima Bezerra..

Derrota vergonhosa de todos os caciques do Acordão 

 

 

Em 2014 o RN chorou com o falecimento de três grandes figuras

O ano de 20 14 levou figuras importantes e queridas deixando enlutada a sociedade potiguar..

O ex-governador, Iberê Ferreira de Sousa, o professor, ex-secretário de Educação e deputado federal, João Faustino e o jogador, ex-seleção brasileira, Marinho Chagas.

 

Velório de Iberê – muito comoção em Santa Cruz
Muita emoção no velório de João Faustino

 

Todos torcedores do RN lamentaram o falecimento do ex-seleção brasileira, Marinho Chagas

 

Foto para a prosperidade

Esta é a foto da equipe que o governador eleito, Robinson Faria montou para iniciar seu governo..

Pela minha modesta experiencia, tudo tem mudado muito rapidamente..

A equipe vai encontrar um Estado difícil de governar.. Nada será fácil..

Os Alves estarão juntos para boicotar o governo.. Henrique Alves não perdoará nunca, Robinson pela derrota..

Vou arquivar a foto, para a prosperidade.. secretariadorobinson

 

Ficou feio para o primo, Marquinhos Beleza no DETRAN

O primo, Marquinhos Beleza, encolhido pelo governador eleito, Robinson Faria foi pego pela Lei Seca foi pego no último dia 05 de Dezembro, em pleno período de Carnatal.

Os oposicionistas de Robinson estão enviando a informação para os blogs…

Na minha opinião, não vejo nada demais…. Certamente ele não vai dirigir o DETRAN sob efeito de álcool..

O fato de um cidadão ser pego na Lei Seca não quer dizer que seja um criminoso..

Aécio Neves foi pego numa blitz da Lei Seca e obteve 50 milhões de votos para Presidente da República…

 

IMG_1006.JPG

 

 

Déficit primário em novembro foi o pior da série histórica

Anúncio sobre o desempenho do governo central foi feito por Arno Augustin

O governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) teve resultado primário deficitário em R$ 6,711 bilhões em novembro. Isso significa que o esforço fiscal não foi suficiente para garantir a economia para pagamento dos juros da dívida. O número é o pior para meses de novembro desde o início da série histórica, em 1997. Os dados foram divulgados hoje (29) pelo Tesouro Nacional.Com o resultado, o déficit acumulado no ano pelo governo central atingiu R$ 18,319 bilhões em novembro. A meta reduzida de superávit primário para 2014 é R$ 10,1 bilhões. Originalmente, era R$ 80,7 bilhões, mas foi reduzida em razão da queda na arrecadação e aumento de gastos.

De janeiro a novembro, as receitas líquidas do governo central cresceram 2,8%. Os gastos, porém, aumentaram em ritmo maior: 12,7%. As despesas com folha de pagamento cresceram 8,5%.

O maior crescimento, entretanto, ocorreu nas despesas de custeio (manutenção da máquina pública) e capital, que subiram 18,4%. Nessa rubrica, as variações mais significativas foram o aumento de 16,4% nas despesas discricionárias (geralmente investimentos, que o governo pode ou não executar) e de 33,9% nas despesas com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).