ARTIGO:O SEMESTRE INICIA COM O PAÍS MERGULHADO NUMA GRANDE CRISE MORAL E IDEOLÓGICA. O que pude observar do dia 15?

Por Daniella Araújo

Após acirrada eleição vejo que foi gerado um imbróglio no ventre do poder, disseminado pela força manipuladora da rede globo de televisão dentre os derrotados que ainda continuam em campanha, forçando o 3ª turno. Impulsionados pela contraditória estratégia de governabilidade da Presidenta Dilma, oportunistas e seus próprios ‘aliados’, corroem as entranhas do governo, destruindo sua reputação e frustrando milhares de brasileir@s que apostaram na campanha da reeleição, que sob o lema “Pátria Educadora” afirmava que a prioridade da gestão seria a Educação! Mas, a esperança de Asas Branca bateu asas e voou escondida pro sertão, pois dentro das universidades, por exemplo, sonhos viraram pesadelos e o que parece é que a presidenta perdeu o rumo e o prumo do nosso país de suas mãos.

Do outro lado, temos uma oposição que a meu ver tem se mostrado incompetente, não esclarece em definitivo os fatos injustificando esse pedido de Impeachment de forma insistente.

As redes sociais se transformaram em espetáculos circenses, não faltando palhaços e malabaristas tentando confundir o público e sua opinião. Podemos ver o facebook contaminado por belos discursos de alguns parlamentares medíocres, envolvidos em grandes esquemas e escândalos, convocando a população para ocupar as ruas e protestar contra Corrupção!

No ato de ontem, domingo (15), em frente ao Midway, no cruzamento da Bernardo Vieira com a Av Salgado Filho, território de lutas tradicionalmente conhecido por embates em prol do Direito a Cidade, o que vi foi uma agressão à inteligência do cidadão. Em cima do trio elétrico alguns uivavam por democracia, escrachando os partidos políticos e pedindo a volta dos militares e sua intervenção. Lágrimas encheram meus olhos, automaticamente me arrepiei, pois me lembrei do peso da bala de borracha que eu e meus companheir@s já levaram naquele chão. Pra quem pede sua intervenção eles apertam a mão; na luta de classes agressão é solução!

O protesto foi denominado pacífico, exemplo de povo ordeiro que protesta sem vandalismo, mas a violência a exemplo da corrupção banalizou-se dentro dos três poderes da República que diariamente alimenta e presencia cenas virulentas de braços cruzados. Afinal, quem realmente alimenta o crime organizado? [Pausa] Ah… besta … entendi, vandalismo é aquele tipo de protesto dos vagabundos que lutam pelos 20 centavos…

SMINORFF ICE, HEINEKEN E SKOL BEATS SENSES naquele calorzão das três horas da tarde, bem geladinha, era a sensação. O Midway e o posto de gasolina ao lado parecia uma exposição de Land Rover e Hilux, a maioria chegava em seus carros importados, não era de busão não! As palavras de ordem puxadas em cima do trio eram ecoadas por aqueles que devidamente uniformizados com suas mortalhas verde/amarelo politizavam o ato com punhos erguidos: “Lula CACHACEIRO, devolve meu dinheiro”. Em seguida, cantavam orgulhosos, com a mão no peito, o hino brasileiro.

Pedidos de Impeachment, Bolsonaro 2018, Intervenção Militar, Fora PT, Fora Dilma não cansavam de gritar! Mensagens nos cartazes e faixas que pediam mudança na política sem exigir sua reforma, tornam-se esquizofrênicos por opção, pois só ajuda a manter um parlamento cabisbaixo que talvez pereça pela inutilidade de sua existência, abdicando de sua função.
Pois, bem… como toda manifestação tem seus infiltrad@s… aqui ***estávamos nós querendo entender essa revolução!

* Universitária e líder estudantil.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *