Arquivo diários:13/08/2015

Robinson Faria pediu a empresa aérea AZUL para incluir Mossoró em suas rotas

o governador Robinson Faria acompanhado do secretário de Turismo do RN, Ruy Gaspar reuniu-se com o presidente da Azul Antonoaldo Neves e o diretor financeiro Rafael Alves, pleiteando  mais vôos para Natal e o sonhado vôo ligando Mossoró a Recife e Natal.

O vôo Fortaleza/Mossoró/Natal/Recife/Maceió é viável e contará com a influencia do governador para ser liberado pela ANAC.

11866322_10204908554137657_6812984561507220635_n

Janot diz que Cunha usa cargo na Câmara para interesses próprios

BRASÍLIA  –  O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reagiu na quarta-feira ao recurso apresentado pela Câmara, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), no qual o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pede que seja anulado o material coletado pela Polícia Federal (PF) no setor de informática da Casa. O material foi apreendido em maio por pe

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.valor.com.br/politica/4179216/janot-diz-que-cunha-usa-cargo-na-camara-para-interesses-proprios ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

Oposição de Nísia Floresta formula estratégia para 2016

O grupo de oposição no município de Nísia Floresta se reuniu hoje (13) para discutir estratégia com vistas às eleições do ano que vem.

No momento não está sendo tratado nomes ou composição de chapas, o grupo está fazendo sondagens e levantando dados para fundamentar o discurso eleitoral.

A reunião foi realizada da casa do empresário Siderley Bezerra e contou com as presenças de Marize Leite, João Costa, João do PT, presidente do Diretório Municipal; Pastor Arel entre outros.

11836671_1602806936674566_3289321565130659288_n

 

Propriedade e causa da queda do avião que morreu Eduardo Campos ainda são dúvidas

Embora os inquéritos civil e policial sobre a queda do avião Cessna um ano atrás, em Santos, ainda não tenham sido concluídos, a hipótese mais considerada pela família do ex governador Eduardo Campos é de que o acidente foi motivado por um erro de projeto da aeronave.

A aeronáutica descartou colisão com aves, drones ou aeronaves. “Ao chegar a um ano de investigações, pelo que acompanhei, li e segundo abalizadas opiniões técnicas, eu estou convencido que a causa determinante do acidente de Eduardo foi um erro de projeto do avião Cessna”, afirmou em seu blog, na semana passada, Antônio Campos, irmão de Eduardo Campos. Em reação, a Cessna divulgou na ocasião nota em que afirma estar colaborando com as autoridades e que não comenta investigações em curso.

 

Péssimo exemplo do MPRN

O Ministério Público do RN dá um péssimo exemplo de como se faz para dificultar a acessibilidade de pessoas cadeirantes ou com deficiência visual.

Depois de comprar um prédio por R$ 800 mil, que não serviu para nada, o MP derrubou e agora anuncia a construção de um novo.

Ao demolir o prédio antigo, veja como o MP deixou a calçada numa avenida no centro da cidade onde passa pessoas deficientes em direção ao comercio da antiga Cidade Alta.

Cadê o Promotoria dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Natal para notificar o MPRN?

 

Polícia Federal acusa Vaccari de mediar propina por contratos no Ministério do Planejamento

Durante entrevista coletiva realizada na manhã desta quinta-feira (13) relacionada à 18ª fase da Operação Lava Jato, denominada Pixuleco II, o procurador da República Roberson Henrique Pozzobon, integrante do corpo de investigadores, confirmou que o esquema de desvios de recursos públicos para abastecer partidos e políticos também atingiu o Ministério do Planejamento. “O que temos nessa nova fase é que esse grande esquema ilícito transbordou essas fronteiras [da Petrobras]”, afirmou Pozzobon.

Nesta 18ª fase da Lava Jato, a força-tarefa investiga desvios relacionados aos contratos de crédito consignado feitos pelo Ministério do Planejamento. O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) acreditam que a Consist, ligada ao lobista Milton Pascowitch, foi escolhida, por meio de dispensa de licitação, para gerir o sistema de pagamentos consignados de servidores federais. Essa escolha ocorreu em 2010, após acordo entre o Ministério do Planejamento e Gestão com a Associação Brasileira de Bancos (ABBC) e o Sindicato das Entidades Abertas de Previdência Privada (Sinapp). A escolha teria sido facilitada após pagamento de propina ao ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Justiça condena Claudia Raia e Falabella a pagar indenização de R$ 524 mil

Do UOL, em São Paulo

Claudia Raia e Miguel Falabella em imagem de divulgação da peça escrita por Mauro Rasi
Claudia Raia e Miguel Falabella em imagem de divulgação da peça escrita por Mauro Rasi

A Justiça do Rio condenou os atores Miguel Falabella e Claudia Raia e os produtores José Fernando Pagan e Victor Celso Wisenberg a pagar uma indenização de R$ 524 mil por danos materiais aos herdeiros do dramaturgo paulista Mauro Rasi.

Segundo o desembargador Mario Guimarães, responsável pela relatoria do processo, o grupo realizou 17 vezes, no ano de 2005 em Portugal, a peça “Batalha de Arroz em um Ringue Para Dois” sem negociar os diretos autorais com os herdeiros de Rasi, que morreu em 2003.

Polícia prende Big Loira, suspeita de liderar roubos de carga no Rio

Do UOL, no Rio

Big Loira: chefe de uma quadrilha especializada em roubos de carga
Big Loira: chefe de uma quadrilha especializada em roubos de carga

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na quarta-feira (12) Rebeca de Oliveira Soares, 30, suspeita de chefiar uma quadrilha especializada em roubos de carga no subúrbio carioca. Ela é conhecida como Big Loira.

A mulher foi localizada e detida por agentes da DRFC (Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas). Contra ela havia um mandado de prisão expedido pela Justiça. A reportagem do UOL não conseguiu localizar a defesa da suspeita.

De acordo com a polícia, Rebeca é apontada como autora de vários assaltos a caminhões, em especial veículos que faziam transporte de bebidas. Para cometer tais crimes, ela e os comparsas utilizavam armas de grosso calibre.

A polícia informou ainda que Rebeca contava com ajuda de uma outra mulher, identificada como Mayana Rosa Alves, e de Alan Luiz Mattos dos Santos. Ambos são considerados foragidos.

O grupo chefiado por Big Loira atuava na região de Costa Barros, na zona norte do Rio, e revendia o material roubado para traficantes de drogas das comunidades do Chapadão.

Pixuleco II prende ex-vereador do PT

A Polícia Federal cumpre desde o início da manhã desta quinta-feira (13) um mandado de prisão temporária e outros dez de busca e apreensão, dando início à 18ª fase da Operação Lava Jato. Denominada Pixuleco II, termo que conota o recebimento de propina por investigados. Um dos presos é o ex-vereador do PT Alexandre Romano, apontado operador do esquema de propinas na Petrobras que antecedeu o lobista Milton Pascowitch, um dos delatores da Lava Jato. Com cerca de 70 policiais envolvidos, os mandados são cumpridos desde a madrugada em Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Curitiba.

Segundo informações da Polícia Federal, o foco dessa nova fase da operação é o cumprimento de medidas cautelares contra um operador – no caso, Romano – que  teria a atribuição de arrecadar “valores ilícitos”, em um total de mais de R$ 50 milhões, por meio de contratos de crédito consignado junto aos Ministérios do Planejamento e Previdência. De acordo com a investigação, operadores de empresas de fachada confirmaram o recebimento de propina.

“O foco das investigações dessa fase é o cumprimento de medidas cautelares em relação ao operador identificado a partir da deflagração da fase anterior responsável por arrecadar valores relacionados a vantagens ilícitas que superam R$ 50 milhões”, informou a Polícia Federal.

Vaqueiros darão o “Grito da Vaquejada” no sábado (15) em Afonso Bezerra na vaquejada no Parque Chico Sousa

No momento que o Supremo Tribunal Federal discute a regulamentação das vaguejadas no Brasil, os vaqueiros, despotistas e simpatizantes vão promover uma manifestação de apoio à vaquejada no município de Afonso Bezerra onde será realizada a 34º Vaquejada do Parque Chico Sousa.

A manifestação pretende reunir todos os segmentos que estão envolvidos no esporte que gera empregos e movimenta a economia dos municípios do Nordeste.

Os vaqueiros querem a regulamentação das vaquejadas como um esporte e evento fomentador do turismo e da economia.

O ato será realizado às 16 horas do sábado onde os manifestantes estarão vestidos de branco com o velho chapel de couro.

 

IMG_0665