Deputada samba em plenário

Em meio a crise na saúde pública de Brasilia “Coloquei dinheiro na cultura e vou continuar colocando.” Foi o que disse em alto e bom som a deputada Luzia de Paula (Rede), na tarde desta terça-feira (16), no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). Contemplada por uma verdadeira sessão musical de desagravo, a deputada rebateu as reclamações sobre o fato de ter destinado R$ 1,1 milhão para a realização de shows e eventos culturais em Ceilândia, cidade satélite considerada reduto eleitoral da parlamentar. Segundo ela, “cultura também é saúde, também educação e segurança”. E, embalada pela demonstração de apreço rítmico, sambou em plenário (veja no vídeo abaixo)

Suspensos por liminar depoimentos de Lula e Marisa sobre triplex no Guarujá

Uma liminar do Conselho Nacional do Ministério Público suspendeu o depoimento que o ex-presidente Lula e sua mulher Marisa Letícia dariam nesta quarta-feira (17) à Justiça em São Paulo. Os dois seriam ouvidos sobre o apartamento triplex, no Condomínio Solaris, no Guarujá. A suspeita do Ministério Público Federal é de que houve tentativa de ocultar a identidade do dono do triplex, que seria do ex-presidente, o que pode caracterizar crime de lavagem de dinheiro.

A suspensão dos depoimentos, que estavam marcados para hoje de manhã, o de Lula, e à tarde, o de dona Marisa, atende a uma representação do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que acusa o promotor Cássio Cesarino de ter feito um prejulgamento de sua decisão ao dar entrevista a uma revista de circulação nacional antes mesmo de ouvir os depoimentos.

Segundo a representação, “o Reclamado ofereceu a primazia de suas conclusões antecipadas à revista Veja, veículo de imprensa notoriamente engajado na persecução pessoal e política do ex-presidente Lula e do Partido dos Trabalhadores”.

Além disso, Paulo Teixeira argumentou que o promotor extrapolou as suas prerrogativas funcionais e que o caso não poderia ter sido distribuído à segunda Promotoria Criminal, da qual Cesarino faz parte, e sim à Primeira Promotoria Criminal. Para o deputado, a notificação para que os dois fossem ouvidos “poderia ocasionar consequências de difícil ou impossível reparação”.

Segundo o conselheiro responsável pela decisão, Valter Shuenquener de Araújo, os depoimentos estão suspensos até que o plenário do Conselho Nacional do Ministério Público delibere sobre o assunto.

Rogério Marinho vai perder o bico

Rogério Marinho ficará sem bico

Já está acertada a queda do deputado federal saco preto Rogério Marinho  do comando do PSDB no RN.

O partido deverá ser entregue ao presidente da Assembléia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.

A dificuldade de Ezequiel é o fato dele ser aliado do Governo do Estado que tem também como aliado o PT.

Petistas não querem tucanos na base de Robinson.

Janot diz ao STF que Cunha é agressivo e pede abertura de ação

MÁRCIO FALCÃO
AGUIRRE TALENTO
DE BRASÍLIA

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou em manifestação ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), “sempre se mostrou (…) extremamente agressivo e dado a retaliações a todos aqueles que se colocam em seu caminho a contrariar seus interesses” e que há “robustos elementos” que comprovam o recebimento de propina pelo peemedebista.

Na peça, Janot rejeita os argumentos da defesa de Cunha para paralisar o inquérito e pede que o Supremo aceite a denúncia apresentada em agosto pela PGR (Procuradoria-Geral da República), na qual o peemedebista é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Ao defender a validade da delação premiada do lobista Julio Camargo, Janot classifica Cunha de “extremamente agressivo” e diz que era justificável que o delator tenha omitido o peemedebista, em um primeiro momento, por medo de retaliações. Só posteriormente é que Camargo confirmou ter pagado propina a Cunha.

“O medo demonstrado por Julio Camargo ressai de inúmeros e reiterados comportamentos ilícitos de Eduardo Cunha para a efetividade e garantia de suas atividades ilícitas. Não à toa, por intermédio de terceiros, Eduardo Cunha perseguiu Alberto Youssef, fazendo com que a CPI da Petrobras buscasse o afastamento do sigilo bancário e fiscal de sua esposa e filha, bem como passou a investigar a então advogada de Julio Camargo, Beatriz Catta Preta”, escreveu Janot.

Fonte: Folha de São Paulo

Tribunal Regional Eleitoral reprova contas de Henrique Eduardo Alves

As contas da campanha do candidato derrotado ao governo do estado, Henrique Alves foi reprovada agora de tarde em sessão do Tribunal Regional Eleitoral do RN.

O placar foi de 3 X 2.

Votaram pela desaprovação os juízes Almino Lemos, Alceu Cicco e Sérgio Maia.

Os juízes Herbert Motta e Gustavo Smith votaram pela aprovação, com ressalvas.

 

Doutor tarado: médico é preso e acusado de estuprar 14 pacientes

Aline Torres
Colaboração para o UOL

O médico Omar César Ferreira de Castro, 66, foi preso às 8h30 no seu consultório, na avenida Osmar Cunha, no centro de Florianópolis, acusado de estuprar 14 pacientes nos últimos três anos.

Castro é nutrólogo e pós-graduado em obesidade. As vítimas o procuraram com objetivo de emagrecer, mas relataram que foram assediadas sexualmente durante as consultas. O advogado do médico não quis falar com a imprensa.

Segundo o delegado Ricardo Lemos Thomé, que conduziu as investigações, as mulheres que prestaram queixas não se conhecem, mas têm histórias semelhantes. A coordenadora das Delegacias de Proteção à Mulher de Santa Catarina, Patrícia Zimmermann, disse acreditar que o número de vítimas vá aumentar após a prisão.

De acordo com os depoimentos anexados no inquérito, Castro tocava as costas e os seios das pacientes com argumento de examiná-las, mas, em seguida, forçava beijos e carícias. Algumas mulheres conseguiram escapar, outras foram dopadas e estupradas no consultório, segundo as informações da polícia.

O médico já compareceu à polícia outras vezes para depor, mas não ficava preso por falta de provas. A polícia diz que uma servidora pública de 30 anos mudou essa situação ao conseguir a evidência que transformou os boletins de ocorrência em um inquérito policial.

Em janeiro do ano passado, durante a consulta, Castro ofereceu um copo de água para a servidora e pediu para que ela bebesse tudo. A mulher, que não quis revelar seu nome, contou ao delegado que “apagou”. Ele se lembra apenas de alguns fragmentos do que teria acontecido. Segundo seu depoimento, o médico estava de calças abaixadas, com uma camisinha na mão, enquanto ele estava deitada na maca, sem conseguir pedir socorro.

Após o atendimento médico, a mulher foi levada para casa por uma amiga. Estava completamente dopada, não conseguia falar e dormiu um dia inteiro. Quando acordou, teve novas lembranças das cenas de estupro, segundo contou à polícia.

Foi ao consultório para confrontar Castro e diz que, chorando, perguntou o que aconteceu. O médico respondeu: “Você não lembra? Transamos duas vezes e foi bem gostoso”.

A conversa foi registrada pela paciente com um gravador que estava em sua bolsa. As provas que foram entregues à polícia deram início ao inquérito e foram anexados outros boletins de ocorrência. Todas as testemunhas foram ouvidas.

O inquérito foi concluído em janeiro deste ano e encaminhado à 3ª Vara Criminal de Florianópolis. Nesta manhã, o juiz Rafael Sandi expediu o mandado de prisão. A casa do médico também foi vasculhada e três computadores foram apreendidos no seu escritório.

Castro será transferido para a Central de Triagem. Responderá por estupro, considerado crime hediondo. A pena varia de seis a dez anos de prisão.

STF mantém carros de luxo em poder de Collor

Quatro carros de luxo apreendidos em julho do ano passado durante a Operação Politeia
Quatro carros de luxo apreendidos em julho do ano passado durante a Operação Politeia

André Richter
Da Agência Brasil

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta terça-feira (16) manter a decisão do ministro Teori Zavascki, que devolveu ao senador Fernando Collor (PTB-AL) quatro carros de luxo apreendidos em julho do ano passado, durante a Operação Politeia, um dos desdobramentos da Operação Lava Jato.

Os veículos foram apreendidos na Casa da Dinda, residência particular do senador. No entanto, em outubro do ano passado, Zavascki atendeu a pedido da defesa de Collor e determinou que a Polícia Federal devolva uma Ferrari, uma Lamborghini, um Land Rover e um Bentley ao parlamentar, que deverá guardá-los sob a condição de fiel depositário. Os advogados alegaram que os carros de luxo precisam de cuidados especiais e não podem ficar no depósito da PF.

A turma julgou um recurso no qual o Ministério Público Federal (MPF) pedia que os veículos fossem alienados e leiloados para ressarcir os cofres públicos. Por unanimidade, os ministros entenderam os bens devem continuar em poder de Collor para que os carros sejam preservados para futura venda, em caso de condenação do senador.

A apreensão dos carros foi requerida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O procurador acusa Collor de receber cerca de R$ 26 milhões de propina em contratos da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. Pelas acusações, o senador foi denunciado ao Supremo pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

UTI PARADA: Prefeito ‘AVON’ Carlos Eduardo Alves faz maquiagem até em hospital

 ‘UNIDADE DE TRAMBIQUE INTENSIVO’

O prefeito Carlos Eduardo Alves certamente pensa que o natalense é besta e palhaço.

Imagine que ele anunciou a inauguração do Hospital Municipal de Natal e até agora o que tem funcionado no prédio de um hospital privado alugado pela prefeitura é apenas um pequeno ambulatório super-lotado de pessoas sendo mal atendidos. A UTI nunca funcionou.

O vereador Mauricio Gurgel ao tomar conhecimento do desmantelo foi inspecionar o funcionamento do hospital, ao chegar verificou que a UTI estava sem pacientes, ou seja, não estava funcionando. É evidente que se um hospital não tem uma Unidade de Terapia Intensiva, seu centro cirúrgico não pode fazer cirurgia de alta complexidade.

Infelizmente o prefeito AVON tem maquiado até hospitais, e isso é desdenhar da boa vontade do povo de Natal.

Confira imagens do vereador Mauricio Gurgel visitando e constatando a UTI sem funcionar:

UTI parada
Vereador Mauricio Gurgel constatando a UTI parada

 

Governo do Estado inicia distribuição de sementes aos agricultores

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), inicia nesta terça-feira (16) a distribuição de 604 toneladas de sementes de arroz, feijão, milho e sorgo aos agricultores potiguares dentro do programa Bancos de Sementes. O secretário de Agricultura Haroldo Abuana fará uma entrega simbólica nesta terça em Pau dos Ferros, às 10h, no ginásio coberto da comunidade Perímetro Irrigado, na BR-226.

O volume é 18% maior do que o entregue em 2015, quando 39 mil agricultores foram beneficiados em 158 municípios com 509 toneladas de grãos. Dessa vez, 45.570 produtores receberão as sementes do Governo do Estado. Serão 204,8 toneladas de feijão, 252,8t de milho, 137,2t de sorgo Ponta Negra e 10 mil quilos de arroz BRS Tropical.

Segundo o secretário, este ano o Governo está investindo R$ 5,98 milhões na distribuição de sementes, R$ 1,2 milhão a mais do que o aplicado em 2015 (R$ 4,7 milhões).

“Esta é mais uma alternativa ao produtor, que tanto tem sofrido com a seca em nosso estado, e uma prova do compromisso do governador Robinson Faria com a agropecuária potiguar”, ressalta o secretário. Os grãos serão distribuídos em 159 municípios potiguares. Em 2015, o volume de sementes entregue superou em 188 toneladas o de 2014.

Blog do BG: http://blogdobg.com.br/#ixzz40KXghve3

Carlos Eduardo Alves fez Carnaval mesmo a Prefeitura de Natal sendo a maior devedora de precatórios do RN

As dez prefeituras que mais têm débitos em precatórios, no Rio Grande do Norte, são responsáveis por um montante de 137 milhões, o que equivale a 86% do total da dívida dos municípios com o pagamento dessas quantias oriundas de decisões judiciais.

Segundo informações da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça, esses municípios são Natal, com R$ 95,8 milhões; João Câmara, que soma R$ 15,7 milhões; Santa Cruz, corresponde a R$ 7,6 milhões; Caicó, com R$ 6.8 milhões; Parnamirim, cujo valor é de R$ 3,1 milhões e Jandaíra, com R$ 2 milhões.

A lista dos maiores devedores continua com Pau dos Ferros, que totaliza R$ 1,9 milhão; Mossoró, cuja dívida é de R$ 1,8 milhão; Assu, com valor de R$ 1,4 milhão e Rui Barbosa, que soma R$ 1,3 milhão.

Mesmo devendo o prefeito Carlos Eduardo Alves é o maior dançarino da metralhadora: