Arquivo mensais:maio 2016

Parnamirim pegando fogo e Naur com Maurício comendo baião de dois

A panela de pressão das articulações para escolher o candidato do sistema liderado pelo governador Robinson Faria em Parnamirim está em ponto de explodir com feijão e arroz compondo uma dobradinha.

Muitos candidatos a prefeito dizendo que são candidatos para negociarem esperando que Robinson diga quem é o seu candidato para comerem dobradinha em troca do apoio ao candidato do governador.

Na eleição passada quando Robinson contou com os apoios dos pré-candidatos a prefeito,  vereadores Ricardo Gurgel, Carlos Augusto Maia e Geovani Rodrigues.

Depois da eleição de 2012, surgiram os nomes do presidente da Câmara, Ricardo Gurgel e do atual deputado Carlos Maia como prováveis candidatos a prefeito.

O deputado Carlos Maia tem dito que abre sua candidatura desde que sua mãe seja à candidata a vice. Comenta-se que o deputado Carlos Augusto Maia quer berganhar com o governador, na verdade, garante um amigo do deputado, que ele quer indicar o diretor-geral do DETRAN para apoiar Ricardo Gurgel..

Depois que o deputado Carlos Maia admitiu retirar sua candidatura, surgiram mais dois nomes: o vereador Geovani Rodrigues e do vereador Gildásio Figueredo do PSDB.

Em Gildásio Figueredo, o governador diz claramente que não vota pelo fato dele ter votado em Henrique Alves na eleição passada, além de aparecer nas pesquisas com os nanicos 1.0%. O vereador Geovani Rodrigues tem a amizade de Robinson, mas, também não tem expressão eleitoral nas pesquisas, ele pontua nesta faixa de 1.0%.

Já o presidente da Câmara, Ricardo Gurgel, foi o primeiro a apoiar Robinson contando com a amizade e confiança do governador e aparece em pesquisas isentas que foram publicadas em primeiro lugar nas intenções de votos.

É notório que Ricardo está tendo dificuldades de unir o grupo que votou em Robinson, o deputado Carlos Maia quer o DETRAN, mas quem conhece Robinson sabe que ele jamais vai negociar um órgão importante como o DETRAN em troca de votos.

Neste imbróglio, o deputado Carlos Maia poderá ser candidato, com Robinson dispondo de três alternativas para resolver o problema: apoiar ele, não dar legenda do PSD para ele ser candidato,  negociar com ele o DETRAN outra ou indicação no governo.

Ricardo Gurgel também será candidato pelo PSB, ele tem o partido, não quer negociar indicação de ninguém com o governador, já tem um vice pronto, mas espera o apoio do governador e um entendimento com o grupo do deputado Maia.

O vereador Ricardo Gurgel já deu provas de que sempre foi destemido, em 2002 foi um dos primeiros do RN que apoiou à candidatura de Wilma quando ninguém acreditava na candidatura dela ao governo. Em 2012, Ricardo Gurgel também foi uns dos primeiros que acreditou na eleição de Robinson ao governo enfrentando o maior acordão da história política do RN. Então, ninguém duvide que ele será candidato. Ricardo Gurgel é osso duro!

Nestas condições, saindo dois candidatos do grupo do governador, o candidato do prefeito Maurício Marques, o secretário de Obras, Naur Ferreira, poderá ser eleito com a oposição pegando fogo e ele cozinhando um baião de dois. Nesta panela de pressão, o baião de dois pode ser substituído por uma buchada de bode, aí, em vez de dois comilões poderá ser três.