Arquivos mensais: setembro 2016

Chile propõe aumento de 10% na aposentadoria dos mais pobres no próximo ano

Estadão Conteúdo

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, disse nesta sexta-feira que seu governo vai aumentar em 10% a pensão mínima para os aposentados mais pobres em um programa subsidiado pelo Estado no próximo ano.

O anúncio foi feito durante a apresentação do orçamento do Chile para o ano de 2017, que terá o menor aumento nos gastos em 14 anos.

A decisão de aumentar a pensão mínima para cerca de 1,3 milhão de aposentados segue os recentes protestos contra o sistema de Previdência Privada do Chile. No mês passado, Bachelet propôs alterações ao sistema para aumentar as pensões consideradas muito baixas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Procurador da República quer ser mais que justiça Eleitoral expedindo recomendação besta que todos estão cientes

Resultado de imagem para Kleber Martins.
O procurador Kleber martins tem que inventar alguma coisa para aparecer – pronto desta vez ele apareceu no Blog do Primo

Desrespeitando e subjugando o presidente do TRE que é a maior autoridade e preside o pleito eleitoral, o procurador da republica do  Ministério Público Eleitoral emitiu uma recomendação a todos os eleitores do Rio Grande do Norte e uma instrução aos promotores eleitorais e aos órgãos policiais e demais forças de segurança pública que vão atuar nas Eleições, neste domingo, dia 2. A iniciativa é do procurador regional Eleitoral, o fotogênico Kleber Martins.

Com desejo enorme de aparecer, o procurador afirma que a recomendação tem por objetivo prevenir “determinadas condutas que, apesar de comuns na véspera e no dia do pleito eleitoral, configuram ilícitos eleitorais graves, alguns inclusive de natureza criminal”. O documento cita os chamados “voos da madrugada”, que consiste em espalhar material de propaganda próximo aos locais de votação; e a compra de venda de votos, detalhando, nos dois casos, a legislação e as diversas penas que podem ser aplicadas aos que praticarem essas ilegalidades.

A recomendação traz ainda alertas contra a chamada “boca de urna”, bem como com relação à realização – proibida no dia da eleição – de comícios, carreatas ou o uso de alto-falantes ou amplificadores de som. Outro ilícito comum, e que fere a legislação eleitoral, é o transporte de eleitores, só permitido aos veículos e condutores que estejam a serviço da Justiça Eleitoral; se tratem de transporte regular coletivo; tenham sido alugados sem finalidade eleitoral; ou que pertençam a quem o esteja dirigindo, juntamente com sua família.

Querendo passar por cima dos juízes eleitorais, a instrução alerta os promotores eleitorais e os órgãos policiais quanto às mesmas práticas citadas na recomendação, orientando-os como agir no momento do flagrante e após a ocorrência. No documento, solicita-se a tomada de todas medidas necessárias e possíveis ao registro adequado das irregularidades para futura análise do MP Eleitoral e da própria Justiça Eleitoral.

InterTV publicou pesquisa que o IBOPE coletou no meio desta semana

Resultado de imagem para pesquisa intertvNão sou especialista em avaliar pesquisas de intenções de votos nem muito menos quero desqualificar pesquisa do IBOPE. Mas bulindo nos dados que me chegaram, e curiando registros da pesquisa que o IBOPE fez e a INTERTV divulgou hoje (30), encontrei alguns dados interessantes:

A pesquisa foi registrada sábado 24 de setembro, embora sendo um sábado sabemos que o TRE está de plantão, nada demais e a pesquisa também poderia ser registrada pela Internet.

Segundo informou a INTERTV, os dados foram coletados nos dias 27, 28 e 29 de setembro, neste caso vem uma duvida: deste que me entendo de gente e vejo pesquisas sei que os dados são coletados sempre iniciando nos dias de sábado, seguindo do domingo e segunda-feira, ou na sexta-feira encerrando no domingo.

Como a pesquisa foi registrada no sábado (24), pensei que os dados teriam sido coletados durante o final de semana.

A pesquisa apresentou os seguintes números:

Carlos Eduardo (PDT) – 55%
Kelps Lima (SD) – 10%
Fernando Mineiro (PT) – 7%
Márcia Maia (PSDB) – 6%
Robério Paulino (PSOL) – 6%
Freitas Júnior (Rede) – 0%
Rosália Fernandes (PSTU) – 0%
Brancos e nulos: 12%
Não sabe: 4%

Confira o registro da pesquisa no TRE/RN

img_1773

 

 

PGR denuncia desembargador e mais nove suspeitos por venda de sentenças no Ceará

Resultado de imagem para desembargador afastado Carlos Rodrigues Feitosa
Desembargador afastado Carlos Rodrigues Feitosa

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) dez suspeitos de envolvimento no suposto esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça do Ceará (TJ/CE). Entre os denunciados está o desembargador afastado Carlos Rodrigues Feitosa, que já responde a uma outra ação penal na Corte.

A denúncia foi apresentada hoje (30), pelo vice-procurador geral da República, José Bonifácio de Andrada, e se refere à primeira fase da Operação Expresso 150, deflagrada em junho de 2015. Ele acusa os denunciados por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Além do desembargador afastado, Andrada também denunciou os advogados Fernando Feitosa (que é filho de Carlos Rodrigues Feitosa), Éverton Barbosa, Fábio Coutinho, Sérgio Felício, João Paulo Albuquerque, Marcos Sá, Michel Coutinho, Mauro Rios, e o comerciante Paulo Araújo.

Na denúncia, o vice-procurador sustenta que o advogado Fernando Feitosa comandava o esquema, recebendo e distribuindo o dinheiro pago pelos beneficiários de ao menos cinco sentenças. Segundo as investigações, os valores cobrados pelas sentenças variavam entre R$ 70 mil e R$ 150 mil.

Parte da atividade era organizada por meio de um grupo de Whatsapp. Mensagens e conversas telefônicas interceptadas com autorização da Justiça revelam que a intermediação das decisões judiciais era livremente tratada. No fim de 2012, o desembargador teria concedido duas liminares em habeas corpus, cada uma por pelo menos R$ 70 mil. Já em julho de 2013, Carlos Rodrigues Feitosa concedeu dez liminares em habeas corpus, obtendo R$ 150 mil no total.

A PGR também pede ao STJ que instaure um novo inquérito para apurar as suspeitas de participação de outros dois desembargadores, Francisco Pedrosa Teixeira e Sérgia Maria Miranda, em atos de corrupção ativa e passiva. Ontem (29) Pedrosa e Sérgia Maria foram afastados de suas funções por determinação do ministro Herman Benjamin, relator do inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Pedrosa e Sérgia Maria prestaram depoimento durante a segunda fase da operação Operação Expresso 150, deflagrada na última quarta-feira (28). À Agência Brasil, Pedrosa negou ter concedido qualquer decisão judicial mediante pagamento.

“A notícia me pegou de surpresa e, porque não dizer, me trouxe certa indignação. Eu desafio a quem quer que seja que comprove ou sequer afirme que eu, no meu exercício profissional, em algum momento, concedi habeas corpus em troca de pecúnia. Estou tranquilo”, disse Pedrosa, ontem (29).

Moro transforma prisão de Palocci em preventiva sem data para sair

G1 – O juiz federal Sérgio Moro converteu as prisões temporárias do ex-ministro Antônio Palocci e do ex-assessor dele Branislav Kontic, presos na 35ª fase da Operação Lava Jato, em preventivas. A prisão temporária de ambos venceu nesta sexta-feira (30) e diante desta decisão não há prazo para que deixem a prisão.

Moro não aceitou o argumento da defesa de que em período eleitoral não é possível fazer prisão preventiva. “Ocorre que os investigados Antônio Palocci Filho e Branislav Kontic já estão presos desde 26/09/2016. A decretação da preventiva na presente data apenas alterará o título prisional, sem alteração da situação de fato”, explicou o juiz federal.

Já ao ex-secretário da Casa Civil Juscelino Antônio, também preso na mais recente etapa da operação, foi concedida a liberdade. Todavia, ele deverá entregar o passaporte e está proibido de deixar o país ou mudar de endereço, sem informar a Justiça. Os três estão detidos na carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba. De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, eles são suspeitos de agir em favor da empresa Odebrecht junto ao governo federal.

Governos tucanos repassaram R$ 10,1 milhões a empresas de Doria desde 2010

Ricardo Marchesan, Vinicius Konchinski e Leandro Prazeres

Do UOL, em São Paulo e Brasília

Governos tucanos repassaram ao menos R$ 10,1 milhões a empresas do candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, João Doria, entre 2010 e 2016.

Foram pesquisados contratos de empresas de Doria em dez Estados que tiveram governos do PSDB no período. Em quatro deles, houve repasses: Goiás, Mato Grosso, Paraná e São Paulo.

O valor foi levantado a partir de pesquisa nos portais de transparência dos Estados. Pagamentos feitos pelo Estado de São Paulo, governado por Geraldo Alckmin (PSDB), foram apurados pelo jornal “Folha de S.Paulo” por meio da Lei de Acesso à Informação.

Os valores de todos os repasses foram corrigidos pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado).

Doria é dono de oito empresas no Brasil e tem um patrimônio declarado à Justiça eleitoral de R$ 180 milhões. Ele é o maior doador da própria campanha, com um repasse pessoal de R$ 2,9 milhões, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Doria é filiado ao PSDB desde 2001.

Em sua campanha, Doria enfatiza o discurso de não ser um “político”, mas um gestor. É também um crítico do tamanho do Estado.

No debate em Salvador candidato bateu boca com o primo Alexandre Garcia

O debate entre os candidatos a prefeito de Salvador, transmitido pela TV Bahia, na noite desta quinta-feira teve um momento tenso. O candidato Pastor Sargento Isidório (PDT) bateu boca com o mediador, o jornalista Alexandre Garcia, ao responder uma pergunta sobre Cultura formulada pela candidata Alice Portugal (PC do B).

O pastor iniciou sua resposta lendo um texto da Bíblia e foi interrompido por Garcia, que o alertou sobre a utilização de documentos durante o debate, proibida por regras estabelecidas antes do debate. “Minha cultura é ler a Bíblia. Porque na palavra de Deus no salmo…”, disse Isidório, rapidamente interrompido pelo jornalista. “Pastor, o senhor está descumprindo uma regra do debate sobre a utilização de documentos”, disse Garcia. “Você está mal-informado, isso aqui não é um documento”, respondeu Isidório. “Isso daqui não é documento, isso aqui é patrimônio imaterial do estado da Bahia, aprovado na Assembleia Legislativa pelos deputados”, disse ele.

 

Revista VEJA: Beber cerveja traz felicidade, diz estudo

Estudo suíço sugere que beber um copo de cerveja pode estimular o envolvimento com situações emocionais positivas

Garçonete carrega canecas de cervejas durante a "Oktoberfest" em Munique, AlemanhaDizem que o álcool prejudica o julgamento das pessoas. De acordo com um novo estudo publicado no periódico científico Psychopharmacology, tomar uma cerveja tem efeito contrário em relação a uma habilidade específica — e muito importante: a capacidade de reconhecer emoções, como felicidade.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade de Basel, na Suíça, realizaram um experimento com 60 pessoas com idade entre 18 e 50 anos. Os participantes foram divididos em dois grupos, o primeiro teve de consumir cerveja com álcool e o segundo cerveja sem álcool, durante 15 minutos. No entanto, nenhum dos grupos sabia qual estava bebendo.

Cerca de 30 minutos depois de terem consumido a bebida – tempo suficiente para começar a perceber seus efeitos no corpo – os pesquisadores começaram os experimentos. No primeiro deles, eles mostravam aos participantes fotos de rostos que expressavam uma das seguintes emoções: medo, tristeza, nojo, felicidade, raiva e surpresa. E os voluntários precisavam identificar qual emoção estava expressa em cada imagem.

Os resultados mostraram que as pessoas que receberam cerveja normal – elas beberam, em média, 500 ml. Quantidade suficiente para alterar sua habilidade de reconhecer emoções, mas alterar a execução das tarefas requeridas – tiveram melhor desempenho em reconhecer a expressão de felicidade do que aquelas que ingeriram a versão sem álcool.

“Nós descobrimos que tomar um copo de cerveja ajuda as pessoas a perceberem mais rápido a felicidade nas outras pessoas e isso aumenta o envolvimento com situações emocionais positivas”, disse Matthias Liechti, professor da psicofarmacologia na Universidade de Basel e coautor do estudo.

Por meio de outros experimentos, os pesquisadores concluíram também que as pessoas que ingeriram álcool tinham mais vontade de permanecer na companhia de outras pessoas e estavam mais interessados em ver imagens sexuais, em comparação com aquelas que beberam cerveja não alcoólica. Em ambos os casos, esse efeito foi maior nas mulheres do que nos homens.

Uma possível explicação para isso, segundo Wim van den Brink, professor de psiquiatria e vício na Universidade de Amsterdã que não participou do estudo, é que, embora homens e mulheres tenham ingerido a mesma quantidade de cerveja, a concentração de álcool no sangue de ambos é diferente – tende a ser maior nas mulheres – e isso causaria efeitos mais exacerbados, mais rapidamente.

Pelascaridades:vídeo mostra prefeito de Mossoró evitando oficial de justiça do TRE dentro de igreja

silveiraNada tem sido favorável para o primo Silveirinha em Mossoró, nem a missa de Ação de Graças pelo seu anivérsário prefeito assistiu sossegado.

O Blog do Primo recebeu um vídeo revelando que um oficial de justiça foi intima-lo dentro da igreja.

O prefeito pinotou de um lado para outro fugindo do servidor do TRE enquanto chegou um dos seus assessores e conversou com o representante da justiça.

O soldado Vasco está investigando a razão da intimação do prefeito. O primo Rosa Pinto, nosso correspondente em Mossoró, deverá remeter novas informações sobre o caso.

 

Já tem gente tirando carta de seguro: alto índice de indecisos pode contrariar tendências apontadas por pesquisas

Resultado de imagem para pesquisas falsas

A crise política e as mudanças nas regras das disputas eleitorais deste ano nos municípios provocaram impacto na vida dos candidatos e pode se refletir também nas intenções de votos dos eleitores. Embora favoritos de algumas capitais tenham se mantido em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de voto, cientistas políticos avaliam que o voto dos eleitores nesse pleito tende a ser mais volátil e, por isso, há uma tendência de que os resultados sejam surpreendentes em relação às pesquisas eleitorais.

A três dias do primeiro turno das eleições, o índice de desinteressados aparece alto em alguns municípios. Na última semana, um levantamento divulgado pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), no Recife, mostrou que 55% dos entrevistados responderam não ter interesse no pleito municipal deste ano

Polícia Federal flagrou compra de votos no município de Santo Antônio do Salto da Onça

Do G1 RN

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidas várias listas com relação de títulos de eleitores, além de 3 armas de fogo e dinheiro. A ação tem por objetivo colher provas da prática de crimes eleitorais e captação ilícita de votos, garantindo a lisura da eleição municipal.

O promotor eleitoral da cidade pede aos eleitores que continuem apresentando denúncias, principalmente por meio do aplicativo “Pardal”, já que a fiscalização vai ser intensificada no período final da eleição.

Tribunal Superior Eleitoral determinou total vigilância para evitar compra de votos em Parnamirim

Resultado de imagem para Compra de votosO Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade, na sessão administrativa o envio de forças federais para o municípios de Parnamirim, atendendo pedido do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN).

O ministro Herman Benjamin, aprovou o envio para Parnamirim .

Equipes da Polícia Federal com agentes da Força Aérea descaracterizados estão monitorando todas atividades dos candidatos no município onde existe suspeita de compra de votos com notas  R$ 50.

Um candidato a vereador com muita ligação com o prefeito Mauricio Marques já estaria em escuta autorizada pela Justiça e permanentemente seguido. O candidato investigado estaria comprando votos na região de Pium e na Praia de Pirangi.

 

Estabelecido ‘Toque de Recolher’ em Alexandria

O clima na eleição de Alexandria e demais municípios de região está muito acirrado e com muitas suspeitas de compra de votos. Em decorrência disso, foi estabelecido Toque de Recolher.

Veja post do blog barrigudanews:

O Ministério Público representado pela Exma. Promotora Eleitoral da 41ªZE, Ana Jovina de Oliveira Ferreira e representantes das Coligações Partidárias das Cidades de Alexandria, Pilões e João Dias assinam TAC que  determina TOQUE DE RECOLHER nos dias 30/09/2016 e 01/10/2016 na cidade e Zona Rural entre 23h00min e 05h00min.

 

Parabenizamos o Ministério Público e Coligações pela assinatura desse documento. Desta forma não teremos aqueles  “verdadeiros pegas” que ocorrem com frequência, em especial na Zona Rural, perturbando o sossego dos moradores.

No entanto pra que isso realmente ocorra, precisará de uma fiscalização intensa, sem exceção. Pois sempre tem aqueles se fazem de desinformados e tentam burlar a lei.

Debate e debatedores

O ultimo debate dos candidatos a prefeito de Natal, realizado ontem (29) na Intertv, por causa do horário, tarde da noite, certamente não deverá provocar grandes mudanças na tendência do eleitorado.

Mas, para quem assistiu, segundo redes sociais, verificou-se que a deputada Márcia Maia desapareceu, ela saiu menor que entrou no debate.

Os candidatos Kelps Lima e Fernando Mineiro tiveram bom desempenho.

Já o prefeito Carlos Eduardo Alves levou pancada de todos e saiu machucado.

Pelo que estamos verificando nas redes sociais, o debate foi bom para Mineiro e Kelps, e ruim para Márcia Maia e Carlos Eduardo.

O formato do debate deixa os debatedores amarrados nas regras sem provocar um confronto direto.

Festival de pesquisas compradas tumultuam eleições nos municípios do RN

Resultado de imagem para pesquisas falsasJamais permitiria que o Blog do Primo pudesse ser utilizado para favorecer alguma candidatura publicando pesquisas compradas com o claro objetivo de induzir pessoas a votarem nos favoritos. Fui procurado para publicar pesquisas e a remuneração era muito boa. Mas, como sou muito criticado pelas pessoas que contrario seus interesses, não dei o cabimento deles desmoralizarem nosso modesto e independente blog.

O Blog do Primo passou incólume nesta eleição no quesito pesquisa eleitoral.

Todos sabem que sempre tive opiniões, e elas são claras aqui no blog e assumo todas responsabilidades.

Um coisa sou eu emitir minha opinião pessoal sobre um determinado assunto, outro, é publicar uma pesquisa para enganar meus leitores.

Fui procurado por alguns candidatos para remuneradamente publicar pesquisas favoráveis às suas candidaturas, neguei e não aceitei.

Hoje, estamos constatando um verdadeiro festival de impedimentos pelos juízes eleitorais para publicar pesquisas.

Em Mossoró a justiça não permite publicações, em Assu, um instituto diz uma coisa e o outro diz completamente diferente, um dos dois está errado. Configura-se um verdadeiro desrespeito ao eleitor.

Nosso blog não publicou pesquisas, mas vai publicar o SPC da Pesquisas para deixar claro quem errou ou não, doa a quem doer..

 

Deu na Revista Veja: nem estagiária escapa de doar para o prefeito-candidato Carlos Eduardo Alves

veja-carlos-eduardo

O prefeito e candidato à reeleição em Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), tem recebido doações de servidores públicos para sua campanha. Alves, que pode ser eleito em primeiro turno, segundo a última pesquisa Ibope, recebeu doações de pelo menos 50 funcionários públicos, entre os quais seis guardas municipais, funcionários da controladoria geral do município, uma estagiária, pessoal da secretaria do gabinete do prefeito, chefe de gabinete da secretaria de saúde, funcionários da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte), chefe de assessoria jurídica, chefe da coordenadoria de administração financeira, secretário e secretário adjunto de comunicação social.

Alves já arrecadou mais de 900.000 reais para sua campanha. As doações mais altas foram feitas pelo diretório estadual do PDT, no valor de 80.000 reais, e pelo diretório nacional do partido – 50.000 reais. Com exceção de Heverton Santos Freitas, secretário de Comunicação que doou 2.200 reais e os seis guardas municipais que doaram 2.250 reais, todos os outros servidores contribuíram com a quantia exata de 200 reais – incluindo a estagiária do Ensino Médio cujo campo de salário aparece zerado no Portal da Transparência do município.

Ocupantes de cargos como professor, assessor jurídico da secretaria de saúde, técnico ambiental, secretário adjunto de gestão escolar, enfermeiro e auxiliar de serviços gerais também doaram. A lista completa de doadores conta com 1005 nomes de pessoas físicas e as contribuições variam de 200 a 31.000 reais.

A resolução 23.432 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), baixada em dezembro de 2014, proíbe doações eleitorais por autoridades públicas “que exerçam cargos de chefia ou direção na administração pública direta ou indireta”

 

Vídeo: ex-prefeito de Jucurutu correu de uma cantada de aposta

Resultado de imagem para junior queiroz
Correu da aposta

Um vídeo que está corrento nos grupos de WhatsApp revela uma cantada que o ex-prefeito de Jucurutu, o lorde jucurutuense Júnior Queiroz teria recebido para apostar.

Numa mesa do pano verde, jogando cartas, ele foi desafiado pela apostar.

Ninguém sabe se a aposta seria na parada do carteado ou na eleição para prefeito de Jucurutu.

Júnior Queiroz é tio do prefeito George Queiroz que disputa a eleição com o motorista da ambulância Valdir e o vice-prefeito, gari José Pedro.

Confira o vídeo do carteador Júnior Queiroz correndo da aposta:

 

 

Em busca de valorização, advogados lançam em Natal a campanha “#É De Lei” chega ao RN

e da leiRespeito e valorização às atividades advocatícias. Garantir estes direitos é o principal objetivo da campanha #É De Lei, promovida no Estado pela Associação dos Advogados do Rio Grande do Norte (AARN) e lançada oficialmente na noite desta quarta-feira (28). A ação também conta com painéis nos Juizados Especiais de Natal e no Fórum Miguel Seabra Fagundes. Os painéis servirão para colher adesões de advogados.

Criada originalmente pela Associação dos Advogados do Estado de São Paulo (AASP), a campanha de valorização dos profissionais da categoria tenta chamar a atenção da sociedade e, principalmente, dos demais agentes que formam o meio jurídico, como juízes e promotores. Segundo o vice-presidente da AASP, Fernando Whitaker, que participou do lançamento da campanha no RN, acentuou-se nos últimos anos a necessidade de reconhecer o papel desempenhado pelos advogados na garantia dos direitos. “Vemos a cada dia tentativas de diminuir a advocacia e seus profissionais. Há vários motivos para isso, como a intolerância ao direito à defesa até a soberba de profissionais em todas as áreas da Justiça, inclusive dos próprios advogados”, aponta o dirigente da Associação de São Paulo.

A presidente da Associação no Rio Grande do Norte, Rossana Fonseca, segue na mesma linha, ressaltando que a campanha #É De Lei estimula esse debate em torno da importância da atividade advocatícia e da necessidade do direito de defesa para todos. Em razão disso, ela celebra a parceria entre AARN e AASP para a deflagração da campanha no RN. “Já tínhamos o desejo de fazer uma ação mais efetiva em favor dos advogados. Com a campanha, estamos hoje aqui colocando esse plano em prática”, destacou ela, em pronunciamento no evento.

Além do lançamento oficial, que lotou o auditório da Procuradoria Geral do Estado, a campanha #É De Lei no Estado terá uma série de ações. Uma delas foi realizada já na manhã desta quinta-feira (29), com a instalação de painéis que servirão para a coleta de assinaturas de adesão à causa. Os painéis foram colocados na sede dos Juizados Especiais, no bairro de Potilândia, e no Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova.

Candidato a prefeito de Itumbiara assassinado, tinha patrimônio de R$ 100 milhões

Morto em um atentado nesta quarta-feira (28) em Itumbiara (GO), Zé Gomes, 58, candidato a prefeito da cidade pelo PTB, era um veterano político goiano. Duas vezes prefeito da cidade, José Gomes da Rocha, seu nome completo, era agropecuarista e dono ou com participação societária em várias fazendas. Neste ano, informou ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) um patrimônio de R$ 110.808.417,35.

Começou sua carreira política bem cedo, aos 18 anos, quando se tornou vereador em Itumbiara, sua cidade natal, e o mais jovem no cargo no Brasil. O candidato esteve na Câmara local por duas legislaturas, e depois ascendeu a outros cargos: foi deputado federal por quatro mandatos, entre 1989 e 2003, em seguida, elegeu-se deputado estadual. Zé Gomes ainda foi coordenador regional da campanha de Fernando Collor (então no PTC) em 1989.

A primeira passagem pela prefeitura da cidade goiana foi iniciada na eleição de 2004, quando, então no PMDB, foi eleito com pouco mais de 65% dos votos válidos. Já no PP, o político foi reeleito em 2008 para um novo mandato, com 84,4% dos votos.

Seu prestígio ainda foi suficiente para eleger seu então vice, o atual prefeito Chico Balla (PTB), com 59,32% dos votos. Nesta eleição, buscava retomar o comando da cidade e, segundo a imprensa goiana, despontava como favorito e fazia campanha de “carreata da vitória”. Pesquisas locais indicavam que tinha mais de 60% das intenções de voto.

“Salto” de R$ 109 milhões em patrimônio

De sua candidatura em 2008 para a deste ano, o político apresentou uma declaração de bens com um salto enorme: seu patrimônio passou de R$ 728.183,62 para R$ 110.808.417,35 no atual pleito. A atual declaração de bens levou o candidato a ser o maior doador da própria campanha, com um valor de R$ 180 mil cedidos. A outra única doação é de R$ 11 mil.

No período fora da prefeitura, Zé Gomes sonhava em ser candidato a vice-governador de Marconi Perillo (PSDB), mas ficou fora da disputa. O atual vice, José Eliton (PSDB), também foi baleado no atentado ocorrido no interior goiano.

Polemicas com MP 

A época fora da legislatura municipal também culminou com polêmicas à frente da Saneago (Companhia de Saneamento de Goiás). Nomeado presidente da empresa, Gomes teve o nome envolvido em escândalos que culminaram com o pedido de exoneração feito pelo Ministério Público – que também fez a alusões a irregularidades supostamente ocorridas no período em que era deputado federal e prefeito de Itumbiara.

O ex-prefeito chegou a ser condenado por improbidade administrativa pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região e pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) por mau uso do dinheiro público.

A polêmica fez Gomes ser alvo de duas ações de impugnação de sua candidatura por parte da coligação do adversário Álvaro Guimarães (PR) e pelo próprio MP estadual. No entanto, teve o direito de concorrer ao pleito assegurado.

Um dos processos contra o candidato impetrados pelo MP de Goiás era por improbidade administrativa da época em que era prefeito. Gomes foi acusado de utilizar a máquina pública e servidores municipais em seu benefício e do agropecuário Júlio Cezar Vaz de Melo. Zé Gomes foi absolvido pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO).

Envolvido com futebol

Folhapress

Zé Gomes tinha intensa ligação com equipe local

Presidente de honra do Itumbiara Esporte Clube, equipe local de futebol, o político também foi alvo de polêmicas na gestão esportiva. O MP pediu a abertura de um processo à Justiça acusando Gomes de usar recursos públicos destinados a seu gabinete como deputado federal para contratar jogadores ao time. Após várias apelações, Gomes foi absolvido da ação em 2015 pelo Tribunal Regional Federal (TRF), o que abriu caminho para a sua candidatura neste ano.

Mesmo no mandato de prefeito, Zé Gomes não se distanciou da equipe local. Em 2010, como prefeito, invadiu o gramado de um jogo do Itumbiara para reclamar da arbitragem e chegou até a tentar agredir o árbitro. Um ano antes, o ex-atacante Ronaldo fez sua estreia pelo Corinthians em jogo contra o Itumbiara pela Copa do Brasil. A equipe goiana havia montado, sob a batuta do prefeito, um elenco badalado para comemorar os 100 anos da cidade.

A quem interessa covardemente derrotar o primo Rochinha?

Sei perfeitamente bom como é disputar uma eleição para Câmara Municipal de Natal com candidatos medíocres, analfabetos políticos, maldosos e invejosos. São candidato que não tem competência para conquistar votos com propostas e partem covardemente para destruir a reputação dos seus concorrentes diretos.

Bastou o primo Rochinha despontar com totais possibilidades conquistar uma cadeira na Câmara de Natal para pessoas maldosas e covardes começarem a tentar destruir sua imagem.

Rochinha tem sido vitima de uma sórdida, anônima e covarde campanha do mais baixo nível nas redes sociais, inclusive envolvendo sua mãe e familiares. Rochinha pertence a uma família de bem e muito respeitada em Natal. Coisa asquerosa, tipica dos canalhas natalenses.

Conheço o primo Rochinha, vejo nele um jovem idealista, simpático, articulado, competente e vitorioso na sua vida privada e empresarial. Jamais ouvi o primo Rochinha sem motivos falar mal de alguém, nunca soube que ele não honrou um compromisso ou deixou de pagar uma dívida. jamais passou um cheque sem fundos ou acusado de fazer alguma trapaça.

O problema dele é pelo fato de ser uma pessoa humilde, mas com boa energia, vitorioso e carismático, capaz de conquistar a admiração de muitas pessoas.

Seus amigos estão torcendo para o povo não acreditar nesses falsos e covardes cometários nas redes sociais, e esperamos que o primo Rochinha, com humildade, não responda aos seus invejosos e responda com muito trabalho em favor do povo de Natal.

Quero deixar bem claro que não votarei em Rochinha, nem muito menos presto serviços à sua candidatura. Publico este post revoltado com a maldade desses covardes de Natal. Sempre fui vitima desses infelizes invejosos que não conseguem vencerem na vida fazendo o bem. Comigo eles comem dobrado, comigo é assim: bateu levou.

Fui vereador de Natal por três mandatos, inclusive o mais votado, jamais me elegi destruindo os concorrentes, sempre fui trabalhar para obter votos. Dou um conselho: não gastem energia para destruir os outros, procurem buscar votos, não existe outra maneira de se eleger.

Apenas uma pergunta: a quem interessa destruir a imagem e derrotar o primo Rochinha?