Arquivos mensais: outubro 2016

Vitória do Senado: ministro do STF suspende operação da PF no Senado

BRASILIA, DF, BRASIL, 21-10-2016, Movimentacao de policiais na sede da policia legislativa no Senado Federal. Delegados e agentes da Policia Ferderal, saindo com malotes de apreensao e aparelhos apreendidos dentro da Policia Legeslativa (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)GABRIEL MASCARENHAS
DE BRASÍLIA

O ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu nesta quinta (27) suspender a Operação Métis, deflagrada pela Polícia Federal no Senado na semana passada.

Na decisão, Teori remete o processo da 10ª Vara Federal do DF para o STF.

A operação havia prendido quatro policiais legislativos, entre eles o diretor da Polícia do Senado, Pedro Carvalho, sob a suspeita de obstruir as investigações da Lava Jato contra senadores e ex-senadores. Todos já foram liberados.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou que entraria com recursos no STF contra a ação, considerada por ele ilegal por não ter tido aval da Suprema Corte.

O despacho de ministro foi feito sobre a reclamação apresentada pelo policial legislativo Antônio Tavares, um dos alvos da ação da PF.

Ele pediu ao Supremo, na terça (25) a anulação da operação, sob argumento de que a Polícia Federal usou uma estratégia ilegal para investigar senadores sem o aval do STF.

Teori determina ainda a libertação de todos os suspeitos que eventualmente permanecem presos. Os quatro detidos, porém, já haviam sido soltos.

Deputado Federal Rafael Motta viabiliza mais de R$ 15 milhões em recursos federais para o RN

rafael_recursos
Rafael Motta acompanhando a prefeita de Santa Cruz, Dra. Fernanda e o deputado estadual Tomba Faria.

O deputado federal Rafael Motta (PSB) já conseguiu em menos de dois anos de mandato a liberação de mais de R$ 15 milhões de recursos federais para os municípios do Rio Grande do Norte. Os recursos foram destinados para construção e ampliação de unidades de saúde, construção de escolas, creches e quadras esportivas, além da conclusão de obras de pavimentação de vias municipais.

O calculo diz respeito a liberação de recursos por meio de emendas parlamentares e, também, da articulação do mandato de Rafael Motta em Brasília, apresentando, acompanhando e cobrando recursos para projetos e ações para o povo potiguar, sobretudo, nos ministérios da Saúde, Educação, Turismo e Cidades.

“Ao assumir o mandato na Câmara dos Deputados fiz questão de abrir o meu gabinete para os gestores do Estado e buscar junto com eles recursos federais para conclusão de obras na saúde, educação e geração de renda. Esses recursos foram liberados diante do nosso esforço junto aos ministérios, acompanhando e cobrando os pedidos. Há obras em andamento que necessitam da liberação de pagamentos para concluir, e estamos empenhados na luta por mais recursos para o nosso Estado”, afirmou o parlamentar.

Na marca da eficiência em época de crise, gestão de Claudio santos no TJRN paga R$ 150 milhões em precatórios

Claudio_Santos_TJRNUm avanço atrás do outro. A frase resume os resultados alcançados pelo Tribunal de Justiça no pagamento de precatórios neste biênio. De janeiro de 2015 a meados de outubro deste ano, a Divisão de Precatórios do TJRN pagou R$ 150 milhões em benefícios a 4829 credores neste período. A prioridade dada pela administração do desembargador Cláudio Santos ao maior pagamento possível de precatórios foi cumprida à risca. O volume de pagamentos em termos financeiros é 72% superior ao registrado no biênio passado (2013-2014), quando foram pagos R$ 87 milhões.

“Elegemos a área de precatórios como uma das mais importantes na prestação de serviço deste Tribunal e estamos avançando, pagando um maior número de pessoas, cidadãos que aguardam recursos aos quais fazem jus, e os resultados estão aparecendo”, destaca o presidente do TJ potiguar.

Gol pagou cem vezes mais para anunciar em sites de Cunha

CunhaPropinas disfarçadas de anúncios publicitários da Gol Linhas Aéreas em dois sites do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) custaram cem vezes mais do que os preços praticados para este tipo de publicidade.

Segundo a Folha de S. Paulo, os anúncios superfaturados teriam sido usados para disfarçar o pagamento de propinas em troca da defesa no Congresso de medidas que beneficiassem empresas da família Constantino, dona da Gol.

Por quatro banners divulgados, a empresa pagou 11 parcelas de R$ 200 mil em 2012 e 2013, desembolsando um total de R$ 2,2 milhões, como consta em documentos fornecidos para a PF pela agência de publicidade que mantém a conta da Gol, a AlmapBBDO.

As publicidades foram publicados no site evangélico Fé em Jesus e no comércio online Bom Mercatto.

A Gol informou que a empresa está passando por uma auditoria para verificar o caso. A Almap disse que as publicidades faziam parte de uma campanha divulgada em mais de 50 websites e que comprou os anúncios a pedido do seu cliente, a Gol.

Como o Blog do Primo antecipou, viaturas da PF estão em Parnamirim

img_1931Como o Blog do Primo antecipou na semana passada, viaturas da Polícia Federal foram abastecidas para dar suporte a mandados de busca e apreensão em Parnamirim.

Inicialmente a Polícia Federal visitou, hoje (27),o gabinete do vereador Paulo Miranda.

Mas, o soldado Vasco conversou com o Perneta da Federal e ele disse que outra viatura está levando um polimento para visitar gabinetes da Prefeitura de Parnamirim.

No próximo passeio da frota da PF está escalado um camburão climatizado.  O Perneta Federal disse que uma viatura vai visitar Parnamirim, outra Macau e uma terceira vem de Recife.

Vamos aguardar!

Foto: Fernandes Fernandes

 

 

 

Gilmar Mendes defende “diálogo institucional”

Resultado de imagem para gilmar mendesO ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes defendeu hoje (26) “diálogo institucional” para acabar com a crise institucional entre o Legislativo e o Judiciário, provocada pela deflagração da Operação Métis, da Polícia Federal, que prendeu policiais do Senado, acusados de cumprir ordens para obstruir as investigações da Operação Lava Jato.

Segundo Mendes, “é preciso que todos assumam” suas responsabilidades para não agravar a situação. O ministro participou nesta noite de abertura de um seminário de Direito Constitucional em Brasília.

“Tenho a impressão que, em algum momento, a gente tem essa situação de estresse, mas é fundamental também que voltemos a dialogar, que haja diálogo institucional e, se houver provocação, certamente o STF, nos casos devidos, dará a devida resposta. Mas é fundamental que assumamos nossas responsabilidades e dialoguemos com tranquilidade para não criarmos falsas crises ou não agravarmos o estado de crise já existente”, disse o ministro.

Presidente do Senado Renan Calheiros botou quente na Polícia Federal

renan livroO presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou hoje (26) novas medidas em resposta à ação da Polícia Federal da última semana, que resultou na prisão de quatro policiais legislativos pela Polícia Federal, entre eles o diretor da Polícia do Senado, Pedro Ricardo Carvalho.

Como já tinha sido anunciado pelo senador, será encaminhado pela Advocacia do Senado uma arguição de descumprimento de preceito fundamental ao Supremo Tribunal Federal (STF), que visa anular os atos da Operação Métis e pede uma medida liminar para a devolução imediata de todos os equipamentos e documentos que tenham sido apreendidos pela Polícia Federal nas dependências do Senado. Os advogados da Casa argumentam ainda que a operação constitui intimidação e constrangimento ao trabalho do Poder Legislativo e fere o princípio de separação dos Poderes, uma vez que a PF é órgão do Poder Executivo.

Lava Jato: PF prende empresário em Guarulhos por corrupção e lavagem de dinheiro

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) prendeu preventivamente na tarde de hoje (26) o empresário Mariano Marcondes Ferraz, executivo do Grupo Trafigura e representante da Decal do Brasil. A prisão ocorreu no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), de onde Ferraz embarcaria para Londres à noite. Ele é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. A determinação da prisão foi expedida pelo juiz federal Sérgio Moro, no âmbito da operação Lava Jato.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF),  autor do pedido de prisão, o empresário efetuou, entre os anos de 2011 e 2014, o pagamento de propinas acima de US$ 800 mil ao então diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em razão de contratos firmados com a estatal. Os depósitos foram feitos em uma conta offshore, mantida no exterior, por um dos genros do ex-diretor.

“Os documentos comprobatórios dos pagamentos confirmam o depoimento prestado por Costa em acordo de colaboração premiada, que afirma ter recebido propina de Ferraz pelos contratos firmados com a estatal. O pagamento de propina, conforme apontam as investigações, ocorreram por vários anos, até ao menos 2014”, disse o MPF em nota.

Segundo o MPF, o empresário tem cidadania brasileira e italiana, trabalha e reside no exterior, e possui vultosos recursos depositados fora do Brasil. De acordo com o órgão, desde a deflagração da Lava Jato, Ferraz mudou o padrão de viagens internacionais, “o que é indicativo de que receava eventual prisão e responsabilização”. “O empresário poderia facilmente não mais retornar ao território nacional, atrapalhando, com isso, a efetividade do processo e de futura sanção penal em caso de condenação”, destacou o MPF.

Ligações interurbanas ficarão mais baratas em 587 municípios

As ligações entre 587 municípios vizinhos deixarão de ser consideradas interurbanos e passarão a ter o custo de ligação local a partir do próximo domingo (30). Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), essa mudança deverá proporcionar uma redução de cerca de 60% no custo da ligação.

A mudança vale para 281 municípios do Sul do Brasil; 199, na região Nordeste; 69, no Sudeste; e 38, na região Norte. A alteração faz parte do novo regulamento sobre áreas locais aprovado pela Anatel e publicado pela agência reguladora em maio deste ano.

De acordo com a Anatel, a economia real com a alteração depende do plano contratado pelo cliente da empresa de telefonia, mas no plano básico o custo médio do minuto passará de R$ 0,20 para R$ 0,08. Dados da Anatel de junho deste ano apontam que 25,30% dos assinantes da Oi; 9,64% da Telefônica; 8,60%  da CTBC Telecom, e 7,87% da Sercomtel utilizam os planos básicos de serviço.

Em setembro Carlos Eduardo disse na propaganda eleitoral que Natal estava ótima, depois da eleição ele disse que Natal quebrou, acreditar em quê?

Carlos Eduardo Alves disse:”o que está bom vai ficar melhor!”

Nós natalenses e quem escolheu Natal para morar temos que sofrer para pagar nosso pecados eleitorais.

Na eleição que reelegeu o prefeito Carlos Eduardo Alves vimos na sua propaganda eleitoral que nossa cidade estava uma maravilha e tudo estava tranquilo.

A eleição foi no dia 2 deste mês de outubro, hoje, dia 26 de outubro, o prefeito reuniu os vereadores e imprensa para dizer que Natal está quebrada.  Qual o Carlos Eduardo Alves devemos acreditar?

Segundo foi dito na reunião, a 5 dias de terminar o mês de outubro, a equipe econômica não disse quando pagaria os vencimentos de setembro dessa faixa salarial onde estão incluídos prefeito, vice, secretários….e uma parcela dos servidores.
“As nossas receitas, ISS e ITIV, por exemplo, cresceram. Mas as receitas da crise sofreram um golpe drástico. Para se ter uma ideia, de janeiro a setembro o município de Natal perdeu cerca de R$ 95 milhões de receita, sobretudo de ICMS e FPM. E isso dificulta o bom funcionamento da máquina pública. Mas nós não desistimos. Estamos insistindo e persistindo para fazer com que essa cidade sofra o menos possível, por isso vamos adotar mais medidas de economia. Além disso, continuaremos fiéis ao que dissemos anteriormente: não vamos aumentar impostos. Vamos agir no corte das nossas despesas”, disse o prefeito.
A equipe econômica quer economizar pouco mais de 5 milhões por mês (R$ 5.416.613,00) e quase 65 milhões (R$ 64.999.360,00) por ano.
Entre as novas medidas estão:
-Implantação da Central de Veículos, que vai otimizar os recursos e agilizar os serviços de deslocamentos – e a devolução de 73 automóveis alugados
-Devolução de imóveis alugados para ocupar preferencialmente prédios próprios, através da junção com outras secretarias
-Comparação da documentação comprobatória das promoções, reajustes, aumentos salariais dos servidores ativos e inativos da PMN com os valores pagos, individualmente
-Não renovação dos contratos de estagiários
-Redução dos gastos em função do volume de compras centralizada
-Redução de 15% nas cotas de combustíveis
-Avaliação dos preços dos alugueis de todos os contratos da Prefeitura
-Aumento da carga horária dos servidores para 8 horas diárias

Veja o que disse o prefeito:

URGENTE: Cunha e Henrique Alves viram réus por esquema milionário na Caixa

Por Estadão Conteúdo

2016-10-26-photo-00000218O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal, em Brasília, aceitou nesta quarta-feira, 26, denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o operador do mercado financeiro Lúcio Funaro e mais duas pessoas por esquema de desvio de recursos na Caixa. Os envolvidos agora passam à condição de réus e responderão a ação penal por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, prevaricação e violação de sigilo funcional.

Cunha e os demais réus são acusados de cobrar propina de empresas para liberar investimentos do FGTS pleiteados por elas. A denúncia foi originalmente oferecida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF). Com a cassação, o ex-presidente da Câmara perdeu o foro privilegiado e o caso foi enviado à Justiça de primeiro grau. Também são réus Alexandre Margotto, apontado como parceiro de Funaro em negócios, e Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa que fez acordo de delação premiada e detalhou o suposto esquema de desvios.

Na decisão, o magistrado explica que a peça de acusação está “jurídica e perfeitamente íntegra”, merecendo ser recebida, pois cumpre os requisitos do Código do Processo Penal (CPP). Ele afirma que o MPF detalha os crimes atribuídos a cada acusado e contextualiza as operações financeiras no exterior, “a fim de que os valores da propina chegassem aos denunciados por meio de mecanismos variados”.

“A presente denúncia faz referência e traz como prova a farta documentação que relata com precisão de detalhes as operações junto à Caixa e os dados bancários de contas no exterior, planilhas, recibos e anotações feitas por alguns dos acusados”, escreveu o juiz. Ele registrou também que a acusação se lastreia “em depoimentos, a título de colaboração premiada, do codenunciado Fábio Cleto e depoimentos de outros investigados e testemunhas, tais como Ricardo Pernambuco (também delator) e outros, que tiveram intensa atividade no acobertamento e entrega do dinheiro indicado como ilícito a seus destinatários aqui denunciados”.

Oliveira determinou a citação, com urgência, dos réus, para que respondam à acusação em até dez dias, apresentando documentos e indicando testemunhas. Ele destacou a necessidade de tramitação célere da ação, pelo fato de haver réu preso. O juiz marcou audiência de custódia para avaliar a pertinência de mantê-lo na Penitenciária da Papuda.

Cunha está preso em Curitiba, mas por causa de inquérito que apura seu envolvimento em corrupção na Petrobras.

“Hillary vai causar Terceira Guerra Mundial”, diz o primo Trump

Trump afirmou que os planos da adversária Hillary Clinton para a Síria vão causar a "Terceira Guerra Mundial"O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nessa terça-feira (25) que os planos da adversária Hillary Clinton para a Síria vão causar a “Terceira Guerra Mundial”, devido ao potencial de conflito com as forças militares da Rússia.

Hillary defende a criação de zonas de proteção aérea e zonas livres de conflitos em solo para proteger civis na Síria. Alguns analistas avaliam que esta demanda pode colocar o país diretamente conflito com Moscou.

“Temos que focar no EI (Estado Islâmico). Não devemos focar na Síria”, destacou Trump, para quem a prioridade, no momento, não deveria ser a tentativa de derrubar o regime de Bashar al-Assad, mas combater o grupo terrorista. “Se escutarmos Hillary, vamos acabar numa Terceira Guerra Mundial.”

Trump questionou ainda como a candidata democrata negociaria com o presidente russo, Vladimir Putin, depois de tê-lo demonizado. E culpou Barack Obama pelo estremecimento das relações com as Filipinas após a eleição de Rodrigo Duterte como presidente.

Na entrevista focada na política externa, o candidato também argumentou que a falta de apoio de líderes republicano à sua candidatura dificulta a vitória na eleição. “Se houvesse uma unidade no partido, não perderíamos essa eleição para Hillary Clinton”, destacou.

Ministro da Integração assina ordem de serviço para adutora de Caicó

helderbarbalhoO ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, cumprirá agenda administrativa no Rio Grande do Norte na próxima semana. Ele assina a ordem de serviço da adutora emergencial para Caicó, mas não tem agenda confirmada para o Seridó.

Ontem (25), o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), responsável pela obra, já assinou contrato com a empresa Saint-Gobain, para a aquisição da tubulação em ferro fundido.

Do blog do primo Robson Pires

Deputados tentam pela terceira vez instalar CPI da UNE

 

Resultado de imagem para Marco Feliciano
Marco Feliciano

Carolina Gonçalves – Repórter da Agência Brasil

Pela terceira vez, deputados que querem investigar suspeitas de irregularidades na administração da União Nacional dos Estudantes (UNE) tentam emplacar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara. Marco Feliciano (PSC-SP) anunciou hoje (26) que conseguiu reunir mais de 200 assinaturas de parlamentares, sendo 182 já autentificadas, para um novo pedido. A medida vai substituir a estratégia que tinha sido adotada com a apresentação de três recursos à Mesa da Câmara para tentar reverter as anulações anteriores. O documento foi protocolado no início da tarde de hoje.

Feliciano baseia o pedido em reportagens que apontam suspeitas sobre convênios firmados pela instituição com o governo federal entre os anos de 2011 e 2014. Um dos alvos dos parlamentares será o pagamento de R$ 44,6 milhões à entidade para a construção de uma sede no Rio de Janeiro. Segundo Feliciano, dois anos depois do repasse a obra ainda não foi finalizada e a UNE ficou com a posse de apenas duas salas.

Não estamos afrontando para destruir a UNE. Não é perseguição política. Quem tem sofrido perseguição são os parlamentares pela UNE que é comandada por um partido político, é um puxadinho da esquerda. A UNE tem que ser apartidária”, afirmou.

A CPI chegou a ser criada em maio pelo ex-presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pouco antes do seu afastamento. Mas, em julho, no comando interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA) anulou a criação do colegiado, atendendo uma questão de ordem de deputados de partidos da esquerda que afirmavam não haver justificativa para a CPI.

PSDB, PTB e PSC tentaram recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a instalação da comissão, mas o ministro Ricardo Lewandowski, que presidia a Corte, negou o pedido afirmando que a questão deveria ser resolvida politicamente pela Casa e não cabia intervenção do Judiciário.

Deputado acusa ‘Perua Global’ de ser preconceituosa com o Nordeste

 

Resultado de imagem para alexia dechamps 2015
Feia, usada, ultrapassada e decadente a atris foi preconceituosa e sua carreira ficou manchada pela declaração que deu.

“Calem a boca que nós já pagamos o Bolsa Família de vocês”, a frase desrespeitosa direcionada a nordestinos foi dita pela atriz Alexia Dechamps durante uma audiência pública sobre a proibição da vaquejada no Brasil.

A declaração causou revolta na bancada nordestina na Câmara dos Deputados nessa terça-feira. Segundo relatos, a atriz afirmou que ela financiava o pagamento do programa Bolsa Família para os nordestinos.

“A convidada se virou para os vaqueiros que ali estavam e disse para que eles calassem a boca porque ela pagava o Bolsa Família do nordestino. Esse ato de preconceito não é apenas contra os vaqueiros, mas contra nós da bancada do Nordeste”, reclamou no plenário o deputado Domingos Neto (PSD-CE), que pediu à Procuradoria da Câmara que tome providências contra a atriz.

Outro deputado a se indignar com a convidada foi Pedro Vilela (PSDB-AL), que chamou a postura de Alexia de “repulsiva” e “inaceitável”.

A socialite e modelo Maria Paula Maia, que também estava presente na sessão, criticou a postura da atriz e relatou o ocorrido em uma rede social:

“Vocês conhecem essa atriz Alexia Dechamps? Se sim, preciso contar o que acabei de presenciar aqui na audiência pública sobre a vaquejada no Plenário em Brasília. Estava prestes a iniciar a audiência, e com a sala cheia de ativistas e defensores da vaquejada, ficou um pouco tumultuado. Pois bem, essa moça, que veio até aqui a convite de um deputado, virou-se para os nordestinos que estavam sentados na fileira de trás, e disse: ‘Calem a boca, que nós já pagamos o Bolsa Família de vocês!’”, escreveu a modelo.

O criador Tuca Feitosa, depois da agressão da atriz, disse:”uma vaca merece muito mais respeito e carinho que ‘essa perua global decadente como ela”. Não é feio nem humilhante uma pessoa que vive numa região pobre receber Bolsa Família, feio é a arrogância, falta de humildade, prepotência e pré-conceito.
Confira o bate boca com a feia baranga global:

 

Operação Métis: diretor da Polícia do Senado deixa a prisão

Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil

Polícia Federal (PF) confirmou que o diretor da Polícia do Senado, Pedro Ricardo Araújo de Carvalho, foi solto no início da madrugada de hoje (26), após o prazo de prisão temporária ter vencido. Ele foi preso na sexta-feira (21) junto com outros três policiais legislativos, suspeitos de prestar serviço de contrainteligência para ajudar senadores investigados na Operação Lava Jato e em outros casos envolvendo políticos.

Na operação denominada Métis, a PF aponta o diretor da Polícia do Senado como líder do grupo que utilizava a estrutura de inteligência da Polícia Legislativa para atrapalhar investigações contra senadores e ex-senadores. Carvalho foi preso temporariamente, junto com os agentes Everton Taborda, Geraldo Cézar e Antônio Tavares. Todos foram levados para a Superintendência da PF em Brasília. Entre sexta-feira e sábado (22), os três policias legislativos foram soltos.

Ontem (25), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse vai entrar hoje (26) com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para questionar a ação da Polícia Federal que resultou na prisão dos quatro policiais legislativos. Renan argumentou que a ação feriu o princípio da separação de poderes e que provavelmente vai ingressar na Corte com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF)

Hacker que clonou celular de Marcela Temer é condenado a 5 anos de prisão

O hacker que clonou o celular da primeira-dama Marcela Temer foi condenado em primeira instância a cinco anos, 10 meses e 25 dias de prisão em regime fechado por estelionato e extorsão. Cabe recurso.

Silvonei José de Jesus Souza pediu R$ 300 mil para não vazar fotos íntimas e áudios de Marcela. Réu primário, Souza cumprirá pena no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo.

O processo foi aberto em abril, ganhou classificação “prioritária” e foi concluído 6 meses depois.

O advogado de Silvonei, Valter Bettencort Albuquerque, se disse “chocado” com a decisão de colocar um réu primário em regime fechado por cinco anos. “Por ele ser de baixa periculosidade, deveria ser regime aberto ou semi-aberto”, disse Albuquerque.

Retaliação: Cármen marca julgamento de ação que pede veto a réu na Presidência

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, marcou para dia 3 de novembro o julgamento de uma ação que pede ao tribunal considerar inconstitucional que políticos réus em ações penais admitidas pela própria Corte estejam na linha de sucessão do presidente da República.

Fazem parte da linha de sucessão do presidente da República, na ordem: o vice-presidente da República, presidente da Câmara, o presidente do Senado e o presidente do STF. Quando a Rede protocolou a ação, em maio, o partido pedia o afastamento de Eduardo Cunha, que era, na época, presidente da Câmara e réu no Supremo.

Na ação, o partido citava que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também está na linha sucessória e é alvo de denúncia em um dos processos da Lava Jato. Ao todo, Renan é alvo de 11 inquéritos e um pedido de investigação no Supremo. Se algum desses inquéritos virar denúncia e ela for aceita pelos ministros, o senador se tornaria réu.

Corpo do ex-jogador Carlos Alberto Torres é enterrado no Rio

O corpo do ex-jogador e capitão da seleção brasileira no tricampeonato mundial de futebol de 1970, Carlos Alberto Torres, foi sepultado hoje (26) no Cemitério de Irajá, na zona norte do Rio. “Capita”, como ele era conhecido, morreu ontem (25), aos 72 anos, de um infarto fulminante. O velório foi realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CNF), na Barra, também na manhã de hoje.

Mais de 200 pessoas participaram da cerimônia, que teve muitas homenagens ao ex-craque.