Agora é o primo Padilha

Declarações de Yunes são vistas como “fogo amigo” contra Padilha, dizem fontes

Estadão Conteúdo

As declarações do ex-assessor especial da Presidência e amigo do presidente Michel Temer, José Yunes, que implicam o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, trazem um problema adicional interno ao governo. Yunes esteve com o presidente nesta quinta-feira (23) no Alvorada, enquanto Padilha está afastado para se tratar de um problema urinário.

Fontes próximas a Yunes e Temer disseram terem sido “surpreendidos” com as declarações do ex-assessor. Auxiliares de Padilha afirmam, em caráter reservado, que a declaração de Yunes parece ser uma estratégia de “fogo amigo” para tirar o ministro da Casa Civil.

Yunes disse que intermediou o recebimento e a entrega de um “envelope” para Padilha. A encomenda, segundo ele, foi entregue em setembro de 2014, pouco antes da eleição presidencial na qual a chapa Dilma-Temer foi reeleita, pelo doleiro Lúcio Funaro, apontado por investigadores da Operação Lava Jato como operador do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Além disso, a divulgação da capa da revista Veja com a informação de que Yunes afirma ter sido “mula” de Padilha também alimentou, no início da noite desta quinta-feira, as teorias de que o ministro da Casa Civil pode estar sendo “rifado”.

Apesar do longo tempo de amizade entre Yunes e Temer, o que para algumas fontes seria um indicativo de que a declaração do ex-assessor possa ter sido combinada com o presidente, auxiliares do Planalto dizem não acreditar que Yunes acertaria esse tipo de declaração com Temer.
Yunes afirmou que resolveu falar sobre o assunto para contestar a versão do engenheiro da Odebrecht, Cláudio Melo, que, em delação premiada, disse que Yunes recebeu em seu escritório a quantia de R$ 1 milhão para ser repassado para campanhas peemedebistas, via caixa 2.

Em dezembro, a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S.Paulo, revelou que o lobista Lúcio Funaro foi quem entregou a Yunes dinheiro vivo oriundo da Odebrecht. A quantia foi de R$ 1 milhão. Yunes deixou o governo após vir à tona delação do ex-executivo da companhia Claudio Melo.

Ele narrou no depoimento para a Lava Jato reunião em 2014 em que Temer teria pedido dinheiro a Marcelo Odebrecht para o PMDB. Dos R$ 10 milhões, R$ 6 milhões foram para campanha de Paulo Skaf e R$ 4 milhões para o ministro Eliseu Padilha distribuir.

Padilha foi quem pediu que Lúcio Funaro fizesse a entrega de R$ 1 milhão a Yunes. O ex-assessor, que esperava receber o dinheiro de um desconhecido, foi surpreendido com o lobista no seu escritório em São Paulo. Os dois não se conheciam pessoalmente, mas Yunes sabia de quem se tratava.

Na ocasião, via assessoria, Padilha disse que “não pediu” nada a Lúcio Funaro. Funaro está preso desde julho pela Lava Jato sob suspeita de comandar com o ex-deputado Eduardo Cunha esquema de arrecadação de propinas de grandes empresas.

Cachorrinha pinta quadro, toca piano, faz ioga e conquista fãs na web

Reprodução/InstagramDo UOL

 Aos dois anos, Secret já surge como uma celebridade canina. Apesar de fofa como seus colegas famosos, o que chama mesmo atenção é a sua inteligência. Representante da raça pastor australiano, ela domina truques comuns, como andar em duas patas e pular obstáculos.

O que faz seus 77 mil seguidores se apaixonarem são façanhas como tocar piano e tambor, além de ioga, pintura, pingue-pongue e muito mais.

Desde 2014, Secret (“Segredo”, em inglês) e sua dona Mary de 16 anos estrelam o perfil @my_aussie_gal no Instagram. Em um dos posts, Mary revela que elas moram no noroeste dos Estados Unidos e que o brinquedo favorito da pet é uma ovelha de pelúcia.

Para o treinamento – feito por Mary mesmo -, o petisco favorito de Secret é queijo, “mas só cheddar”. Exigente e muito esperta, não tem fã de bichos que não se derreta.

 

Uso de smartphones cresce 3,5 vezes no Brasil em quatro anos

Resultado de imagem para smartphoneDo UOL, em São Paulo

Se você não desgruda do smartphone para nada, saiba que não está sozinho. Em 4 anos, o número de pessoas que usam esse tipo de celular no Brasil subiu 3,5 vezes, passando de 14% em 2012 para 62% em 2016.

No mundo, o aumento foi de 33,3% em 2012 para 70% em 2016. Ou seja, em apenas 4 anos, a utilização de smartphones dobrou de tamanho em todo o planeta. Os dados são da pesquisa Google Consumer Barometer, encomendada pelo Google.

As entrevistas foram feitas pela consultoria Kantar TNS com consumidores do mundo todo para conhecer melhor sua relação com a internet.

Você está dentro da tendência dos smarphones no Brasil se…

Todo dia

Usa o celular para tirar fotos pelo menos uma vez (= 64% dos entrevistados)
Ouve música no celular (= 60% dos entrevistados)
Como despertador (= 65% dos entrevistados)

Toda semana

Acessa redes sociais (= 65% dos entrevistados)
Assiste a vídeos online (=50% dos entrevistados)
Faz buscas (= 44% dos entrevistados)
Busca informação sobre compras (=20% dos entrevistados)

De que forma nos conectamos à internet?

Aquilo que a gente vê no dia a dia – todo mundo com celular na mão – foi comprovado por dados concretos nesta pesquisa. Houve queda do uso de computadores desktop e laptop em favor dos celulares.

Outra coisa que aumentou foi a média de dispositivos usados pelas pessoas no mundo: em 2012, o número médio conectados por pessoa era de 0,6. Em 2016, esse índice subiu para quase dois dispositivos conectados por pessoa.

Graças aos celulares, o mundo está mais conectado à internet do que nunca: 80% das pessoas entrevistadas em 40 países tinham acesso em 2016, contra 72% em 2012.

Você lembra quando comprou seu primeiro smartphone? 27% das pessoas adquiriu no ano passado. Com toda essa conectividade disponível, 90% dos entrevistados disseram que acessam a internet todos os dias nos 40 países onde a pesquisa foi feita.

Casal faz sexo em terminal de banco e clientes têm que esperar

Reprodução/TwitterUma cena chocou clientes do HSBC em Oaxaca, no México. Na semana passada, um casal foi flagrado fazendo sexo em um terminal de caixas eletrônicos do banco.

Segundo o jornal “Metro”, um grande grupo de clientes ficou do lado de fora esperando. O casal, nada constrangido, continuou o ato, sem se importar. A cena foi filmada e viralizou na web.

Os envolvidos ainda não foram identificados. No entanto, acreditam que sejam professores, que estavam participando de uma manifestação grevista nas proximidades.

Veja o vídeo. ATENÇÃO: CENAS FORTES!

Bandido bom visita o Blog do Primo

Cição bandido

Neste Carnaval o Blog do Primo foi instalado na Ilha do Mocó nas margens do Rio Carnaúba no município de São João de Sabugi.

No sábado recebemos as visitas ilustre de Cição Bandido que foi o candidato a deputado federal mais votado de Caicó na eleição passada recebendo uma modesta assessoria deste modesto titular do blog, também recebemos o primo Tuca Feitosa, ex-presidente da Câmara Municipal de São João do Sabugi.

Na foto também o coordenador do Procon da Assembléia Legislativa do RN, Dary Dantas Filho.

Caicó fez e faz o maior Carnaval do RN

Não existe duvidas, o maior Carnaval do RN é o de Caicó.

O carnaval tem raiz e tradição, musicas e estilo próprio, não imita o carnavais  de Olinda, Rio de Janeiro nem Salvador.

Quem vai gosta e volta..

O Carnaval de Natal é uma invenção do prefeito Carlos Eduardo Alves para fazer palanque e o locutor chapa-branca gritar seu nome.

O Carnaval é tanta forçação de barra de Carlos Eduardo que até o vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias não suportou e foi para Caicó.

16924188_964737486995935_1499717688_n-3
Vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias em Caicó

Jogadores argentinos cogitam greve caso não recebam salários

AFP

Os campeonatos argentinos poderão ser vítima de uma greve generalizada, caso o governo do país não transferir o dinheiro que deve à Federação Argentina de Futebol (AFA) para que a entidade pague os salários atrasados dos jogadores, confirmou nesta terça-feira o líder do sindicato dos jogadores, Sergio Marchi.

A AFA anunciou na semana passada ter chegado a um acordo para superar a pior crise institucional e de luta pelo poder de sua história. O dinheiro, porém, é peça fundamental para resolver a situação.

O campeonato da primeira divisão e de outras quatro categorias estão programados para começar nesta sexta-feira, mas correm o risco de serem paralisados por uma greve de jogadores.

“A maneira mais eficiente para evitar esta greve e para que os jogadores possam receber seus salários é fazer uma operação razoável: quando entrar na conta da AFA o dinheiro que o governo deve, tem que ser transferido aos jogadores”, declarou Marchi à emissora TyC Sports.

A greve dos jogadores é outra derivação da crise. O governo deve à AFA 33 milhões de dólares pela rescisão do contrato de transmissão gratuita dos jogos na televisão.

A dívida dos clubes com os jogadores, porém, também é milionária. Há clubes que estão com quatro meses de salários atrasados. O sindicato dos jogadores argentinos (FAA), liderado por Marchi, exige que o dinheiro do governo seja transferido nesta quarta-feira às contas dos jogadores.

“Nunca vimos uma situação assim. Estamos sobrevivendo. Não há dinheiro nem para treinar. Se a FAA entrar em greve, será de grande ajuda para nós”, declarou nesta terça-feira Santiago Davio, jogador do Argentino de Merlo, da quarta divisão.

“Não queremos aumento de salário, não queremos regalias. Para que esta atividade seja sustentável, os jogadores precisam receber seus salários”, afirmou Marchi.

Os membros da AFA aprovaram na última sexta-feira um estatuto novo para a federação e devem anunciar nesta semana a empresa internacional que será responsável por transmitir os jogos na televisão.

Ainda há, porém, divergências na AFA na forma de eleger o presidente e a nova cúpula diretora da entidade.

Difícil entender nossa justiça

Resultado de imagem para fernando freireO ex-governador Fernando Freire passou mais um Carnaval preso, como passou o natal, réveillon, dia dos pais e seus aniversários.

Difícil entender a justiça, Fernando Freire está sendo acusado de beneficiar pessoas com gratificações quando foi vice-governador.

Ele como presidente de um partido no RN disponibilizou gratificações para deputados estaduais, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores indicassem os nomes. Se isso for crime é de pequeno potencial, pessoas que cometerem crimes de assalto, tráfico, assassinato estão monitorados por tornozeleiras eletrônicas.

Não precisa entender de direito para saber que Fernando Freire não oferece risco nenhum para sociedade.  Nossa justiça não leva em consideração o que ele e sua família fizeram de bom para o RN, a começar pelo seu pai, senador Jessé Freire, que muito fez pelo RN e pelo Brasil como presidente da Confederação Nacional do Comercio.  Todos sabem que Fernando Freire era um homem milionário, hoje é um homem pobre. Caso receba o benefício de prisão domiciliar ele não tem uma casa para morar. Ele está impedido de exercer cargo público, então sendo solto não poderá cometer ‘crimes’ do qual ele responde, nada justifica sua prisão.

O fato é que a justiça potiguar concedeu prisão domiciliar para um chefe de uma facção criminosa de Alcaçuz que hoje está em seu apartamento e nega ao ex-governador o mesmo regime.

Na justiça nenhum magistrado se lembra que essa prisão não retira a liberdade apenas de Fernando Freire, ela penaliza sua esposa, filhos, netos e os poucos amigos que ele ainda tem.

Deus ilumine nossos magistrados com sensibilidade e razoabilidade para entender Fernando Freire e seu pai Jessé Freire fizeram muito mais bem ao RN que as vinte ou trinta gratificações que ele deu para os deputados e seus correligionários que por sinal estão todos soltos.

Está cansado o tempo todo? Saiba que doenças você pode ter

Diego Toledo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

O cansaço é uma das reclamações mais comuns entre os pacientes que procuram clínicos gerais. Estudos apontam que entre 20% e 50% da população mundial relata sofrer de fadiga, em níveis variados de intensidade, frequência e duração.

“Em geral, quem tem um cansaço não tem só esse problema, ele vem acompanhado de outros sintomas associados”, afirma o psiquiatra Mario Juruena, professor do King’s College, da Universidade de Londres, na Inglaterra. “Podemos ter duas vertentes: uma mais ligada a sintomas psicológicos e outra à parte orgânica. Em geral, o indivíduo primeiro passa por uma revisão física, que identifica se ele tem alguma doença, anemia ou algum tipo de infecção, como uma gripe, por exemplo.”

Continue lendo

Bancos só reabrem para atendimento ao público na Quarta-feira de Cinzas

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que as agências bancárias em todo o país permanecem fechadas para atendimento ao público durante os dias de hoje (27) e amanhã (28). Elas reabrem na Quarta-feira de Cinzas (1º) às 12h.

A orientação da entidade é para que a população utilize os canais eletrônicos e correspondentes para o pagamento das contas. Os tributos que têm código de barras podem ter o pagamento agendado nos caixas eletrônicos, no internet banking e pelo atendimento telefônico do banco.

Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos por meio de Débito Direto Autorizado.

Ainda de acordo com a Febraban, contas de consumo como água, energia e telefone e carnês que tiverem os dias 27 ou 28 de fevereiro como data de vencimento poderão ser pagas sem acréscimo na próxima quarta-feira

Campanha estimula união de mulheres contra assédio no carnaval

Da Agência Brasil

Pelo segundo ano consecutivo, a campanha da revista AzMina #Carnavalsemassédio está nas ruas. Neste carnaval, o tema é #UmaMinaAjudaAOutra, que estimula mulheres a ficar atentas caso vejam que alguma outra “mina” está sofrendo assédio. No ano passado, o foco da campanha eram os homens, público-alvo do Guia Prático e Didático da Diferença entre Paquera e Assédio.

A diretora da revista, a brasiliense Nana Queiroz, diz que se uma mulher ajudar a outra, todo mundo curte a festa com mais segurança e liberdade.

A campanha sugere, entre outras ações, oferecer água caso veja uma mulher vomitando na festa; fazer um escândalo se perceber que um homem está tentando forçar o beijo ou segurando uma menina pelo braço; e telefonar para os amigos ou chamar um táxi se encontrar uma mulher inconsciente, evitando que ela seja vítima de abusos.

A edição deste ano da campanha tem até marchinha de carnaval cantada por Bruna Caram e Chico César. A música, composta por Pedro Abramovay e Gustavo Moura, diz que o carnaval só é bom se todo mundo quiser curtir junto. A marchinha ganhou o título de Se você quiser – e o clipe pode ser ouvido aqui:

Robinson atraiu empresa gigante da energia solar para o RN

O Governador Robinson Faria informou que Rio Grande do Norte ganhará um pólo da empresa Chint, uma das maiores indústrias energéticas do mundo, especialista em energia solar.

Ao lado do presidente da indústria energética Chint, Zhu Xinmin, explico a importância do acordo que assinamos hoje na China.

Procuradoria e PF brigam na Justiça por dados de inteligência

RUBENS VALENTE
DE BRASÍLIA

Em outro capítulo da relação cada vez mais delicada entre Polícia Federal e Ministério Público Federal, parceiros na Lava Jato, a Procuradoria Geral da República tenta na Justiça ter acesso a todos os relatórios de inteligência produzidos pela PF e que estão sob sigilo. Os procuradores querem cópias dos chamados “Relints (Relatórios de Inteligência) Avulsos”.

Atualmente, eles têm acesso aos que são anexados aos inquéritos policiais, mas alegam que há milhares de outros armazenados em bancos de dados da corporação e que têm sido mantidos fora do alcance.

Para obter os documentos, a Procuradoria cita o controle externo das atividades policiais pelo Ministério Público, previsto na Constituição e em lei complementar.

Por meio da AGU (Advocacia Geral da União), a PF argumenta que esses relatórios de inteligência não se incluem na atividade policial que pode ser fiscalizada pelo Ministério Público porque estão relacionados ao sistema brasileiro de inteligência, do qual a PF faz parte.

Até aqui, os tribunais têm dado razão a PF e AGU. Na terça (21), o STJ (Superior Tribunal de Justiça) não acolheu recursos do Ministério Público e o caso pode ir ao STF.

A disputa começou no Rio de Janeiro ainda em 2010, quando o Ministério Público Federal pediu cópias de todos os relatórios de inteligência policial produzidos pela Superintendência Regional da PF em um período de dois anos e que não tivessem sido “difundidos ao MPF”.

A PF negou, e a Procuradoria deu entrada a um mandado de segurança.

Em 2012, a Justiça Federal determinou que a polícia informasse o número de relatórios que se encaixariam no pedido. A União recorreu, dando início a uma longa discussão no Tribunal Regional Federal.

Em 2014, o caso foi enviado ao STJ. Em novembro do mesmo ano, já na primeira gestão do atual procurador-geral, Rodrigo Janot, a PGR apresentou contestação.

PETIÇÃO

Segundo a petição do subprocurador-geral da República Brasilino Pereira dos Santos, sem acesso aos relatórios da PF, é “impossível verificar a ocorrência de eventuais irregularidades nos procedimentos empregados no exercício da atividade policial”.

Para a AGU, no entanto, “a atuação da Polícia Federal não se reduz à função de polícia judiciária da União e a atuação, em consequência, do Ministério Público Federal, em muitos casos não ocorrerá”.

“A única destinatária dos Relints gerados pela PF é a Abin [Agência Brasileira de Inteligência], que, com as informações colhidas dos demais órgãos, elaborará planos de atuação no âmbito de suas atribuições”, diz a AGU.

Em voto favorável aos argumentos da AGU e acolhido pela maioria dos colegas no tribunal, o ministro do STJ Gurgel de Faria disse que cabe ao Ministério Público Federal apenas “acesso aos relatórios de inteligência emitidos pela Polícia Federal de natureza persecutório-penal, ou seja, que guardem relação com a atividade da investigação criminal”.

Trabalhador brasileiro já ganha menos do que um chinês, aponta estudo

O salário médio pago pela indústria chinesa já supera os valores pagos aos trabalhadores de países como Brasil e México e está se aproximando rapidamente aos recebidos em Grécia e Portugal.

Esse avanço é resultado de uma década de forte crescimento, em que os salários chineses triplicaram.

Considerando todo o mercado de trabalho chinês, o salário por hora já supera o pago em todos os países da América Latina, com exceção do Chile, e representa cerca de 70% do pago nas economias mais fracas da zona do euro, segundo a consultoria Euromonitor International.

Os dados mostram o progresso que a China fez para melhorar os padrões de vida de sua população de 1,4 bilhão de pessoas.

Veja matéria na Folha de São Paulo