Ministro do Supremo nega pedido para soltar Eduardo Cunha

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou hoje (6) pedido de liberdade feito pela defesa do ex-deputado federal Eduardo Cunha, preso desde outubro do ano passado em Curitiba pela Operação Lava Jato.

Na semana passada, Cunha foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a mais de 15 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Na ação penal, Cunha foi acusado de receber mais de 1,3 milhão de francos suíços em propina por um contrato de exploração da Petrobras em um campo de petróleo no Benin, na África. O contrato levou a um prejuízo de US$ 77,5 milhões para a estatal, segundo o Ministério Público Federal (MPF).

Presidente do IPERN pode estar com os dias contatos no governo

José Marlúcio

Alvo de denúncias de perseguições, assédio moral e abuso de autoridade junto aos servidores do órgão, o diretor-geral do IPERN, José Marlúcio, pode estar com os seus dias contados como auxiliar do governo Robinson Faria. Segundo uma fonte confidenciou ao BLOG DO FM.

O descontentamento com a gestão de José Marlúcio envolve também os servidores médicos do órgão, que contestam a sua decisão de colocar uma assistente social para coordenar a Junta Médica do Estado.

Para uma fonte ligada ao governo do Estado, o fato de o dirigente do IPERN ser pai do promotor de Justiça,  Giovanni Rosado, vem fazendo com que o próprio governo o mantenha no cargo, embora, segundo a mesma  fonte, o governador Robinson Faria aceitaria sem pestanejar um eventual pedido de exoneração que lhe fosse apresentado.

No âmbito da Assembleia Legislativa, a conduta do diretor-geral do IPERN também já chegou ao conhecimento de alguns deputados ligados ao governo, que prometem atuar no sentido de convencer ao governador  sobre a necessidade de substituição imediata do gestor.

Consta ainda que profissionais que foram vítimas do assédio moral entrarão com uma representação de queixa-crime contra o presidente do IPERN. A OAB Mulher, departamento da Ordem dos Advogados do Brasil, também já recebeu as denúncias e deve se pronunciar em breve.

Recentemente, a atuação de José Marlúcio ganhou repercussão negativa nas redes sociais. “Entendemos que esse tipo de prática não tem mais nenhum espaço no mundo atual”, dizia um trecho de nota publicada por servidores, ao convocar colegas para participar de um protesto que teria sido realizado no último dia 27 de março.

Fonte: Blog do FM

Sérgio Moro cobra registros de visitas de Lula à cobertura no Guarujá

O juiz federal Sérgio Moro mandou ofícios ao síndico do condomínio Solaris e a um diretor da Tallento Construtora solicitando provas de que o ex-presidente Lula esteve neste prédio localizado no Guarujá, litoral paulista. O Ministério Público Federal (MPF) acusa o petista de ser o proprietário de um apartamento triplex comprado e reformado pela empreiteira OAS.

Ao síndico do prédio, Moro pede que sejam encaminhados em cinco dias qualquer registro de entrada e saída de Lula e da ex-primeira-dama Marisa Letícia. O juiz responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância também solicita imagens das câmaras de segurança, lista de moradores e prestadores de serviços desde 2009, além de eventuais cobranças movidas pelo condomínio contra a empreiteira OAS.

Temer nega recuo do governo na reforma da Previdência

O presidente Michel Temer negou que o governo tenha recuado ao aceitar negociar pontos da reforma da Previdência com o Congresso Nacional. Ele falou brevemente com a imprensa hoje (6) após almoço com os reis da Suécia, Carlos Gustavo e Sílvia, no Palácio do Itamaraty.

“Eu autorizei o nosso relator, deputado Arthur Maia [PPS-BA], a fazer as negociações que fossem necessárias e depois, ao final, nós anunciaríamos o que tivesse sido ajustado. Vai levar uns dias aí, mas já está autorizado. Prestar obediência ao que o Congresso Nacional sugere, não pode ser considerado recuo. Nós estamos trabalhando

Procon na cola da Unimed

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/RN) abriu um procedimento em desfavor da Unimed para apurar uma série de denúncias feitas por consumidores relacionados a demora no atendimento no centro pediátrico da instituição.

Nesta quarta-feira (05), a equipe do Procon/RN se reuniu com o Presidente da Unimed, Fernando Pinto, e parte de sua equipe técnica. Na ocasião o gestor da cooperativa ressaltou que a média de atendimentos mensais em 2016 foram de 3 mil atendimentos no centro pediátrico e agora no mês de março esse número elevou-se para 6.292, o que veio a gerar uma insatisfação pelo tempo de espera.

Henrique Alves será investigados por Moro, Walter Alves e Felipe Maia são suspeitos de receberem propinas

O relator da lava-jato no STF, ministro Edson Fachin atendeu pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que sejam encaminhadas ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba, as citações ao ex-deputado e ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB).

Além dos senadores, quatro deputados que receberam doações de campanhas passarão a ser investigados: Walter Alves (PMD), Felipe Maia (DEM), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Luiz Sergio (PT).

Quem são os beneficiados?

Existe uma grande curiosidade em ralação do leitores do Blog do Primo para saber  quem são os ex-vereadores de Natal que foram favorecidos com recebimento de propinas relatada na delação premiada do sobrinho do ex-deputado João Maia.

Quem são os edis?

Deputado Rogério Marinho está escondido

O deputado Rogério Marinho, conhecido como ‘deputado saco preto’ não quer declarar seu voto na famosa Reforma da Previdência.

Ele começou à escamotear tendo em vista o grande desgaste que é detentor em relação as  suas posições sempre contra os interesses dos trabalhadores. 

Receita libera consulta a lote de restituição do Imposto de Renda

Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil

A Receita Federal vai abrir, a partir das 9h de amanhã (7), consulta ao lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física referente aos exercícios de 2008 a 2016.

O crédito bancário para 104.963 contribuintes será realizado no dia 17 de abril, totalizando R$ 216,9 milhões. Desse total, R$ 84,2 milhões são contribuintes que tem preferência para receber: 19.043 idosos e 1.812 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. Os montantes de restituição são corrigidos pela taxa básica de juros, a Selic.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com o aplicativo é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, ainda poderá fazer um requerimento por meio da Internet, no Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.