Até o fim do ano, carros brasileiros terão etiqueta sobre consumo

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, lançado há nove anos no País, deverá ser concluído até o final deste ano. O selo tem como objetivo informar aos compradores o grau de eficiência energética de cada veículo, cumprindo as determinações do Novo Ciclo de Política Automotiva, o Rota 2030.

 Com as novas adesões, 100% dos veículos comercializados no País serão incluídos no programa, abrangendo mais de 100 modelos e versões. Assim como hoje estabelecido para produtos como eletrodomésticos, a etiqueta do Inmetro informa o nível de eficiência dos carros com faixas coloridas que vão de A a E. Além disso, o adesivo também trará dados sobre a emissão de gases poluentes, como hidrocarbonetos e monóxido de carbono.

As metas foram reforçadas na última quarta-feira (26) durante o lançamento do 9º Ciclo do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, pelo ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. No ano passado, a inclusão de novas categorias já havia alcançado todos os fabricantes.

Eike Batista deixa a cadeia e vai para prisão domiciliar

Eike Batista (de branco e óculos escuros) deixa presídio na manhã deste domingo

Do UOL, em São Paulo

O ex-bilionário Eike Batista deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio, por volta das 9h25 deste domingo (30), após o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, atender a um pedido de liberdade apresentado pela defesa. O juiz federal Gustavo Arruda Macedo determinou nesse sábado (29) que Eike Batista deixe Bangu 9 e passe a cumprir prisão domiciliar.

Eike terá que ficar em sua casa no Jardim Botânico, onde poderá receber visitas da Polícia Federal sem aviso prévio.

RN sem polícia: depois de fazerem assalto em velório, assaltantes fizeram arrastão em festa de aniversário

Resultado de imagem para Bolo de aniversárioDois bandidos encapuzados e usando armas de fogo invadiram por volta das 20 horas desta noite de sábado,fazendo um arrastão, numa festa de aniversário que estava ocorrendo em uma residência situada no Bairro Novo Horizonte próximo ao Ginásio esportivo na entrada da cidade de Jaçanã/RN, os meliantes causaram um verdadeiro terror aos convidados.

Levaram até o bolo.

Nenhum policial apareceu para evitar o assalto.

Mais imagens do casamento do deputado Fábio Faria com Patrícia Abravanel

 

Imagens do casamento do deputado Fábio Faria com Patrícia Abravanel – cerimônia em São Paulo para pessoas da total intimidade do casal.

fabio faria casamento 3
Fotos- Primo Rochunha e seu parceiro deputado Fufuca; Marcelo, companheiro e colaborador de todas às horas do deputado Fábio; Blogueiro Bruno Geovanni com Silvio Santos: Ronaldo (fenômeno) com sua nova gata; Natália Faria irmã de Fábio.

 

Silvio Santos no casamento de Patricia Abravanel, a 'filha número 4' (Foto: Reprodução/Instagram)
Silvio Santos no casamento de Patricia Abravanel, a ‘filha número 4’ (Foto: Reprodução/Instagram)

 

Justiça proíbe CUT de fazer ‘Dia do Trabalho’ na Avenida Paulista

Agência Estado

A Justiça de São Paulo determinou na noite deste sábado, 29, que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) não poderá fazer o evento em comemoração do Dia do Trabalho na Avenida Paulista, na segunda-feira (1º), como vinha divulgando. A ação foi protocolada pela Prefeitura de São Paulo na última quinta-feira.

Na decisão, o juiz Emanuel Brandão Filho afirma que a CUT não tem autorização prévia para realização do evento e que a determinação está por “zelar o cumprimento das normas municipais”. Além disso, estabelece multa de R$ 10 milhões, se houver descumprimento da ordem judicial.

Lula diz estar ‘pedindo a Deus’ para depor e que PF levantou colchão atrás de dinheiro

Do UOL, em São Paulo

Em ato realizado neste sábado (29), em Rio Grande (RS), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou as investigações da Operação Lava Jato contra ele, afirmando que elas não se dão por conta de corrupção, e sim “pelo seu jeito de governar”. Citando uma frase do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, Lula afirmou ainda que “a história me absolverá”.

Ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff, do ex-governador do Rio Grande do Sul Olívio Dutra (PT), da senadora Gleisi Hoffman (PT-PR), além de deputados petistas, dirigentes da CUT e de sindicatos, Lula afirmou que seu depoimento ao juiz Sergio Moro, marcado para o dia 10 de maio, será “a primeira chance” que terá para “falar sobre o que estão fazendo comigo”.

Ele também criticou a atuação da Polícia Federal na ocasião em que foi realizada uma condução coercitiva para que ele depusesse aos investigadores da Lava Jato. “A PF até levantou meu colchão atrás de dinheiro”, disse o ex-presidente.

As declarações de Lula, que é réu em cinco ações judiciais –sendo três no âmbito da Lava Jato– ocorreram durante o Ato em Defesa do Polo Naval do Rio Grande, realizado no largo Engenheiro João Fernandes Moreira, em frente à sede da prefeitura local.

O ato se deu em protesto à redução de investimento do governo federal ao Polo Naval existente na cidade gaúcha

Reformas propostas pelo governo Temer

Leia Mais

Temer defenderá reformas em pronunciamento

O presidente Michel Temer gravou um pronunciamento para o 1º de maio em que fez uma defesa das reformas trabalhista e da Previdência. Na fala que será divulgada nas redes sociais, Temer afirma que a reforma trabalhista ajuda a gerar emprego, modernizar a economia e colocar o Brasil nos trilhos.

Temer também ressalta que o governo não está intimidado por ter recebido um país com quase 13 milhões de desempregados. E que a reforma trabalhista modernizou uma legislação para se adequar as condições atuais. No pronunciamento, Temer argumentará que as mudanças são necessárias para ajudar na recuperação dos postos de trabalho.

Ministra do TST diz que reforma trabalhista de Rogério Marinho trará precarização e não empregos

Resultado de imagem para ministra Delaíde Alves Miranda ArantesEm nova audiência pública da comissão especial da Câmara que trata da reforma trabalhista, hoje (16), a ministra Delaíde Alves Miranda Arantes, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), afirmou que a proposta do governo trará precarização em vez de postos de trabalho. “Em lugar nenhum do mundo, as reformas geraram empregos; ao contrário, geraram a precarização de empregos”, disse a magistrada, para quem os argumentos do governo contêm “grandes inverdades”.