Arquivos diários: 15/06/2017

Moro manda Lula pagar custo de tradutor

ulia Affonso e Luiz Vassallo, colaboraram Ricardo Brandt, Isadora Peron e Breno Pires

São Paulo e Brasília

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá de arcar com custos de tradução para duas de suas testemunhas que serão ouvidas em ação penal sobre suposto recebimento da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato. A determinação é do juiz federal Sérgio Moro. O magistrado autorizou anteontem a vinda de um tradutor para Curitiba desde que a defesa pague por estas despesas.

As duas testemunhas, Jonathan Kellner e Juan Giraldez, fazem parte de um rol de 87 pessoas convocadas pela defesa. O advogado Cristiano Zanin Martins, que representa Lula, havia informado a Moro sobre a “imprescindibilidade” de um profissional “com expertise na tradução da língua inglesa para a língua portuguesa e vice-versa” para acompanhar as audiências.

“Em que pese as referidas testemunhas residirem no Brasil, devendo possuir certo conhecimento de nosso idioma, é prudente que seja designado tradutor para acompanhar o ato”, requereu o advogado de Lula.

Moro autorizou o uso de um tradutor. “Sendo prova de interesse da defesa, deve ela providenciar a vinda de tradutor para Curitiba ou para São Paulo para realizar a tradução e arcar com os custos decorrentes.”

BOMBA: Revista IstoÉ revela jogo político de Janot e envolve procuradora da República do RN

Gravações obtidas com exclusividade pela IstoÉ mostram dois procuradores da República reclamando das perseguições do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a adversários e políticos. As gravações colocam em suspeição as denúncias recentes do procurador Janot, que rejeita a preferência do planalto por sua adversária na PGR, Raquel Dodge.

Nas gravações são captadas conversas envolvendo a procuradora da República do RN Caroline Maciel revelando o esquema político de Janot para destruir seus adversários.

Confira a matéria na íntegra (AQUI)

capa CM

C M 4

tales CM

CM 2

CM 3

Vergonha potiguar: 1.114 cruzes em nosso maior cartão-postal demostra que o Estado perdeu o controle e o RN sucumbiu à violência

Praia de Ponta Negra virou 'cemitério' em protesto por número de homicídios no RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)São 17:30, nós que fazemos o Blog do Primo esperamos que os chamados ‘blogs dos contra-cheques’ dessem importância e publicassem um dos fatos mais relevantes dos ocorridos que demostra bem a situação de desgraça e degradação por que passa o RN.

Como os famosos “contra-cheques” não publicaram nada de nadica, como sempre é dito, nosso modesto Blog do Primo não poderia deixar de publicar..

Hoje pela manhã, quem foi à praia de Ponta Negra pode verificar 1.114 cruzes pretas, cada uma representando uma pessoa morta por crimes violentos no RN apenas este ano de 2017.

O Morro do Careca, nosso maior cartão-postal, fez parte deste cenário macabro que destroça nossa industria do turismo.

O RN sucumbiu ao processo de infecção generalizada de incompetência, nosso Governo do Estado não tem forças para enfrentar a criminalidade, os crimes por homicídios no atual governo aumentou em 200%.  Até policiais militares estão sendo assassinados nas ruas, nesta semana já foram dois. O governador Robinson Faria tenta desesperadamente fazer alguma coisa, mas não tem conseguido reverter o quadro ou pelo menos controlar a situação. Robinson é o governador que reuniu o secretário mais incompetente dos últimos anos, com destaque para sua secretaria-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha que segundo pessoas da intimidade do governador só faz atrapalhar..

A manifestação, que está obtendo mais destaque em veículos de comunicação de outros estados que os potiguares foi organizado por entidades não governamentais levando em consideração os dados do Observatório da Violência (OBVIO), instituto que contabiliza e analisa os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) registrados no RN.

De 1º de janeiro até esta quinta-feira, pelo menos 1.114 pessoas já haviam sido vitimadas pela violência no RN – um crescimento superior a 26% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Palocci pede absolvição a Moro e cita “ex-deputado flagrado com mala de R$ 500 mil”

Julia Affonso e Ricardo Brandt

O ex-ministro Antonio Palocci (governos Lula e Dilma/Casa Civil e Fazenda) pediu, em alegações finais, absolvição ao juiz federal Sérgio Moro na Operação Lava Jato. O petista é acusado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionados à obtenção, pela Odebrecht, de contratos de afretamento de sondas com a Petrobras.

Neste processo, também são acusados Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci, o empreiteiro Marcelo Odebrecht e outros 12 investigados por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. A força-tarefa da Lava Jato afirma que Palocci tinha uma “conta corrente” de propinas com a Odebrecht. O ex-ministro foi preso na Operação Omertà, 35ª fase da Lava Jato, em 26 de setembro de 2016.

Nas alegações, a defesa de Palocci faz referência a um “ex-deputado flagrado com mala de R$ 500 mil” para confrontar uma declaração do executivo Fernando Migliaccio, um dos delatores da Odebrecht na Lava Jato.

Os advogados Alessandro Silverio, Bruno Augusto Gonçalves Vianna e Sylvio Lourenço da Silveira Filho não citam nominalmente o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). O ex-assessor especial do presidente Michel Temer foi gravado em vídeo pela Polícia Federal, em 28 de abril, saindo apressado de um estacionamento com mala estufada de propinas da JBS.

Fernando Migliaccio afirmou em depoimento que Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci, pegava dinheiro em espécie, “nunca menos do que um milhão”, com o próprio delator, “botava na mochila e ia embora”. Segundo o executivo, “dependendo das notas, cabe até uns R$ 2 milhões, R$ 3 milhões numa mochila”.

A defesa do ex-ministro afirma nas alegações finais que se trata da “mentira perfeita”.

Bradesco, Itaú, Santander, BB e Caixa formalizam birô de crédito

Valor Econômico.

SÃO PAULO  –  Os cinco maiores bancos brasileiros comunicaram na noite desta quarta-feira que foram assinados os documentos definitivos para a constituição da empresa Gestora de Inteligência de Crédito S.A., um birô de crédito que vai concorrer com Serasa, Boa Vista e SPC Brasil.

O birô será uma sociedade entre Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Banco do Brasil e Caixa, cada qual com 20% do negócio.

De acordo com o comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o birô de crédito estará integralmente operacional em 2019.

Estima-se que a nova empresa vai brigar por um mercado amplo de dados de crédito que fatura perto de R$ 3 bilhões anuais e que pode, segundo estimativas conservadoras, dobrar em alguns anos.

O novo birô tem potencial para causar mudanças que envolvem não só informações que dão suporte às decisões de crédito de bancos e varejistas, como o perfil das concessões de crédito de modo geral, com consequências importantes para o consumidor. Mas pode ir além disso e avançar também sobre o que é possível, dentro da lei, de acumular informações sobre qualquer um.

Com Crivella cortando verba, escolas de samba do RJ ameaçam não desfilar em 2018

Resultado de imagem para Crivella
Crivella quer reduzir ajuda para escolas de samba

Estadão Conteúdo

Diante do anúncio de que, em 2018, a Prefeitura do Rio cortará pela metade a subvenção de R$ 24 milhões oferecida às escolas de samba do carnaval carioca, dirigentes das agremiações decidiram em reunião encerrada na noite de quarta-feira que, dessa forma, não será possível realizar o tradicional desfile anual.

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) promoveu a reunião para debater o tema e anunciou que, “a prevalecer a decisão” do prefeito Marcelo Crivella (PRB), “as apresentações das escolas de samba no carnaval de 2018 ficarão inviabilizadas”. Em nota divulgada após a reunião, os dirigentes da Liesa cobram uma reunião dos presidentes das 13 escolas do Grupo Especial com o prefeito.

Crivella é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), que tradicionalmente condena os festejos do carnaval entre seus fiéis. Apesar disso, os dirigentes das principais agremiações da Liesa apoiaram a candidatura de Crivella no segundo turno das eleições do ano passado, quando o atual prefeito venceu o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL).

Na nota, a Liesa argumenta que o desfile das escolas de samba, como principal evento do carnaval carioca, gera empregos e renda, traz benefícios econômicos para a cidade e valoriza a imagem do Rio. Com isso, contribui para a elevação da arrecadação de impostos da prefeitura.

“Tal medida anunciada trará graves consequências para a produção do espetáculo, tornando inviável a realização do mesmo, nos moldes em que é anualmente apresentado”, diz a nota.

Ana Maria confunde Corpus Christi com Finados e agita web

Resultado de imagem para Ana maria braga em Natal RN
Ana Maria e a prima Dilma

Ana Maria Braga voltou a trocar as bolas no “Mais Você” desta quinta-feira (15), feriado de Corpus Christi. Ao chamar uma reportagem sobre os tradicionais tapetes de sal usados nas procissões, a apresentadora se confundiu. “Hoje é dia de feriado, dia de Finados e tudo mais”, disparou a namorada do empresário Ruy Gregolim, com quem reatou a relação recentemente. Como de costume, Ana Maria foi corrigida pelo Louro José. “Corpus Christi”, disse o mascote.

A gafe não passou em branco pelos telespectadores no Twitter. “Segundo a Ana Maria Braga, hoje é feriado de Finados”, escreveu um acrescentando o emoticons de risada. “De acordo com ela”, brincou um segundo internauta. “Acorda, menina”, pediu um terceiro telespectador, lembrando o bordão da comandante do matinal.

Marcha para Jesus reúne milhares e tem oração contra corrupção

Movimentação durante a 25ª edição da Marcha para Jesus em São Paulo, durante feriado de Corpus Christi, na região da Luz

Milhares de evangélicos saíram às ruas de São Paulo nesta quinta-feira, feriado de Corpus Christi, para fazer a tradicional “Marcha para Jesus”, organizada pela igreja Renascer em Cristo desde 1993.

O evento começou na Praça da Luz, centro de São Paulo, e segue por um percurso de três quilômetros pela Av. Tiradentes em direção à Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira (FAB), na Zona Norte, onde deve ser realizado mais de doze horas de shows e pregações gospel. No início da caminhada guiada por trios elétricos, fieis se ajoelharam no asfalto e oraram pelo fim da corrupção.

Fonte: Revista Veja

DETRAN RN sob suspeita de tranquibérnia

Denúncias sobre marmotas do DETRAN-RN estão chegando de montão no Blog do Primo.

Segundo o soldado Vasco um saco azul  misterioso que foi jogado no lixo causou pânico e aperreio numa galera, nunca se viu três pessoas tão agoniadas procurando o tal saco preto nos depósitos que guardam o lixo nas dependências do órgão.

Imagem relacionada
Que danado tinha no saco de lixo que deixou algumas pessoas desesperadas quando a pessoa da limpeza levou?

Outro caso que está sendo denunciado por algumas fontes do soldado Vasco é a contratação de uma empresa para disponibilizar carros e motos monitorados para os aspirantes a carteira de motorista fazerem o teste de volante. Segundo uma fonte, o negócio está muito perecido com a Operação Sinal Fechado.

Todos querem saber a quem pertence essa empresa.. com essa empresa contratada pelo DETRAN ninguém pode mais fazer o teste de volante no seu próprio veículo ou um emprestado. Agora pessoas que estão tirando carteira de motorista são obrigadas a pagarem  R$ 80,00 para fazer o teste de volante nos carros e motos da sortuda empresa, caso seja em ambos(carros e motos) a pessoa para fazer o teste caro que antes era de graça tem que pagar R$ 180,00 a empresa.

Os blogs que recebem propaganda do DETRAN estão calados, o Blog do Primo como é independente e não recebe e nunca quis receber propaganda do DETRAN está investigando e vai denunciar se tiver mutreta no baú..

Tem gente garantindo que a empresa pertence a um tubarão da política potiguar em sociedade com outras pessoas.. Só uma investigação do MPRN pode revelar..

Resultado de imagem para teste de volante detran rn
Frota da empresa que o DETRAN contratou

Rinaldo Reis deixa o cargo de Procurador-Geral desgastado em meio de outro ‘tiroteio’ dos seus colegas

Resultado de imagem para Rinaldo Reis
Rinaldo Reis

A passagem do procurador Rinaldo Reis no exercício do cargo de Procurador-Geral de Justiça do RN foi a mais desastrosas de todos os seus antecessores.

Numa gestão em que ele virou réu num processo de pagamento de diárias a ele mesmo para viajar as custas do MPRN com finalidades privadas e o festival de vantagens pagas aos seus colegas na ordem de R$ 19 milhões levou sua atuação ser considerada desastrosa.

Até tiroteio e atentado de morte ocorreu dentro do seu gabinete motivado por um servidor revoltado e doente com problemas psicológico.

Agora, procuradores membros do Conselho do MPRN estão se negando a participarem da solenidade de transmissão de cargo para o novo Procurador-Geral, Eudo Rodrigues Leite numa total demostração de desapreço ao atual procurador-geral Rinaldo Reis.

Rinaldo numa derradeira demostração desesperada de recuperar sua reputação passou neste último mês do seu mandato a atirar em todos os sentidos denunciando o governador Robinson Faria, o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves e o deputado estadual Ricardo Motta.

Rinaldo vai deixar o cargo de Procurador-Geral sem receber nenhuma homenagem seja interna de seus colegas ou dos diversos setores da sociedade.

Confira o ato hostil de desapreço e rejeição dos membros do Colégio de Procuradores de Justiça do MPRN.

19105835_1681283441899135_2726098858712186184_n

Governo Lula não tentou obstruir Justiça, dizem ex-procuradores a Moro

Resultado de imagem para Claudio Fonteles
Claudio Fonteles

Por Agência O Globo

SÃO PAULO  –  Os ex-procuradores-gerais da República Claudio Fonteles e Antônio Fernando de Souza, além do ex-diretor geral da Polícia Federal Luiz Fernando Corrêa, negaram qualquer tentativa de obstrução de investigações realizadas durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010).

Em depoimento concedido ao juiz Sergio Moro na manhã desta quarta-feira (14), por meio de videoconferência, eles afirmaram desconhecer, à época em que ocupavam os respectivos cargos, os nomes de Nestor Cerveró, Paulo Roberto da Costa e Renato Duque.

Os três foram testemunhas de defesa no processo em que o petista é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de pedir propina à Odebrecht, como um apartamento vizinho ao que mora atualmente, em São Bernardo do Campo (SP), e um prédio que sediaria o Instituto Lula, em São Paulo.

“De 2003 a 2005 eu fui vice-procurador-geral eleitoral e o procurador-geral era o Claudio Fonteles. Nesse período, e depois dele, jamais tive qualquer conhecimento sobre esse homem”, respondeu Antônio Fernando de Souza quando indagado sobre Nestor Cerveró.

A fala de Souza corrobora a versão dada por Fonteles sobre o ex-diretor da Petrobras: “Não, nem conhecia esse nome. Nunca o vi. Soube quem era apenas agora, recentemente.”

Questionado sobre ter tomado conhecimento de fatos que “indicassem prática de ato ilícito” de Renato Duque, Fonteles afirmou que, além de desconhecer o ocorrido, qualquer atitude seria além de sua competência. “Não, até porque não me competeria tomar conhecimento disso. São pessoas destituídas de prerrogativa de função. Uma coisa que sempre preservei é a independência funcional. Essas pessoas citadas pelo senhor não dependem do controle de função, então não caberia ao procurador-geral qualquer atitude.”

Resultado de imagem para Antônio Fernando de Souza,
Antônio Fernando de Souza

Ex-diretor geral da Polícia, Luiz Fernando Corrêa detalhou como governo teria contribuído para aprimorar o combate à criminalidade, ampliando os recursos em crimes de lavagem de dinheiro. “A polícia vinha num processo evolutivo e o que fizemos foi potencializar essa evolução da Polícia Federal otimizando todo o legado da gestão do doutor Paulo Lacerda [ex-diretor da PF]. Um dos primeiros atos nossos foi tranferir para o âmbito interno da PF, descentralizar uma capacidade que estava nos órgãos centrais em Brasília.”

As três testemunhas confirmaram o que já haviam declarado em depoimentos anteriores ao juiz Sergio Moro, ainda este ano, em processo que investiga o caso do tríplex do Guarujá.

Lula defende mudança no modo de escolha de ministros do STF

Resultado de imagem para Lula Fátima Bezerra
Lula e sua amiga senadora Fátima Bezerra

Em meio aos debates sobre os limites de atuação dos Poderes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quarta-feira (14/6) mudanças no critério de escolha dos ministros do Superior Tribunal Federal (STF). Em entrevista à Rádio Difusora, de São Luís (MA), o petista ainda defendeu a “harmonia” entre as instituições do País.

Embora negue que os presidentes tenham influência sobre os ministros que indicam ao STF, Lula acredita que “o critério está errado” e sugeriu que seja criado um colegiado responsável pela formação do tribunal e seja debatido o tempo de mandato. “Não pode uma pessoa entrar com 35 anos e ficar até os 75 exercendo o cargo na Suprema Corte”, disse.

Deu em Josias de Souza: ‘Não há menor hipótese de ação contra Temer passar na Câmara’, afirma aliado

Resultado de imagem para temerJosias de Souza

Depois que o Tribunal Superior Eleitoral enterrou o processo contra a chapa Dilma-Temer e o PSDB congelou a ideia de desembarcar do governo, reina no Palácio do Planalto a tranquilidade. A calma do presidente e dos ministros palacianos contrasta com a ebulição do noticiário. Temer e seu staff avaliam que o mandato presidencial já não corre riscos. Um auxiliar do presidente declarou ao blog: “Pode anotar para me cobrar depois: não há a menor hipótese de o Rodrigo Janot [procurador-geral da República] conseguir na Câmara os 342 votos de que precisa para abrir uma ação penal contra o presidente da República no Supermo Tribunal Federal”.

Para enterrar a denúncia de Janot na Câmara, os articuladores do Planalto recorrem a uma tática ofídica. Assim como o soro que anula os efeitos da picada de cobra é extraído do veneno da própria serpente, também o antídoto utilizado para livrar Temer da Lava Jato é fornecido pela operação anticorrupção. Há na Câmara cerca de 150 deputados que respondem a inquéritos ou ações penais no Supremo. Destes, 58 foram pilhados na Lava Jato. O governo apela para o instintito de sobrevivência de sua turma.

O repórter testemunhou a conversa telefônica de um ministro de Temer com um congressista do Partido Progressista, campeão no ranking da Lava Jato, com 21 deputados encalacrados. “Se a Procuradoria e o Supremo querem derrubar o presidente da República, imagine o que não farão com os parlamentares!”, disse o ministro ao interlocutor. Com esse tipo de abordagem o Planalto transforma a batalha pessoal de Temer numa guerra entre investigados e investigadores. E estimula os deputados a escolherem sua turma.

O esforço de Temer é menor que o de Janot. Para evitar que a denúncia do procurador-geral obtenha 342 votos, como exige a Constituição, o governo só precisa seduzir 172 dos 513 deputados. E eles nem precisam aparecer no plenário. Subtraídos os votos contrários, as abstenções e as ausências, se a acusação do procurador-geral arrastar 341 votos, estará derrotada. Sem novas delações e com as ruas vazias, disse o articulador do presidente, essa encrenca é ”página virada”.

Nos próximos dias, fingindo não notar que o doleiro Lúcio Funaro, um dos operadores de Eduardo Cunha, negocia sua delação, o governo tentará devolver às manchetes a pauta de reformas. A proposta trabalhista, que mexe na CLT, está avançada no Senado. Mas a emenda constitucional que altera as regras da aposentadoria subiu no telhado e o governo não dispõe de votos para retirá-la de lá. Temer amarga um paradoxo: embora fragilizado, ainda reúne forças para evitar que Janot cave 342 votos na Câmara. Mas não tem musculatura para levar ao painel eletrônico os 308 votos necessárioa à aprovação da emenda da Previdência.

RN sangrando: protestando contra o governo por total insegurança, 1.082 cruzes serão fincadas na praia de Ponta Negra

RN sangrando VIOLENCIA 1Protestando contra o Governo do Estado que está sendo vencido pela violência, nesta quinta-feira 15, o “RN de Paz” (movimento composto por igrejas e organizações cristãs da cidade de Natal, como a Ordem dos Pastores Evangélicos de Natal, Missão ALEF, Nativa, Pais Project e Jesus Warriors, e também pelo Obvio – Observatório da Violência Letal no RN, órgão ligado a Ufersa) irá promover manifestação pública em que mil cruzes pretas serão fincadas na praia de Ponta Negra, próximo ao Morro do Careca, para cobrar o direito das famílias do RN de poderem viver livres da violência com armas de fogo.

De acordo com o contador de homicídios no Rio Grande do Norte no site do Sinpol – Sindicato da Policia Civil até o dia 11 de junho de 2017 foram registrados 1.082 casos de assassinatos no RN, um número equivalente a mais de 50 atentados de Manchester, a mais de 15 ônibus completamente lotados, mais de quatro salas de cinema completamente cheias em um dia de estreia. Um número triste inédito na história do estado potigua