Homem é preso enquanto fazia uma sopa com fígado de pastor

“Sou uma pessoa de Deus”, diz canibal preso após fazer sopa de intestino humano

Resultado de imagem para Samuel Okpara

 Roland Peter (foto acima), de 47 anos, foi preso nas últimas semanas enquanto preparava uma sopa com o fígado e intestino do pastor Samuel Okpara. Identificado como um suspeito canibal, ele seria membro de uma famosa gangue nigeriana e, segundo informações do The Sun , foi detido na região de Ahoada East, no sul do país africano.

Imagem relacionadaDe acordo com o policial Zaki Ahmed, durante o preparo da refeição. Usando órgãos do corpo humano, sua intenção era servir o jantar para seus colegas, também membros da gangue, após a morte de um líder religioso local. “Eles sequestraram, mataram e decapitaram a vítima, para depois usar partes de seu corpo em uma receita tradicional da Nigéria”, Ahmed contou ao The Sun .

Detido sob as acusações de assassinato, agora Peter também deve enfrentar problemas com a justiça por manter, em sua casa, armas utilizadas pela quadrilha – liderada por um homem conhecido como “Alta Tensão”.

Entretanto, mesmo após a divulgação do caso que abalou o país, o suspeito tem ajudado a polícia durante todas as etapas das investigações.

Roland Peter, de 47 anos, foi preso nas últimas semanas enquanto preparava uma sopa com o fígado e intestino do pastor Samuel Okpara. Identificado como um suspeito canibal, ele seria membro de uma famosa gangue nigeriana e, segundo informações do The Sun , foi detido na região de Ahoada East, no sul do país africano.

Bancado por empresários, Rogério Marinho estará em Mossoró, sexta-feira (15) para falar sobre Reforma Trabalhista

Resultado de imagem para Rogério Marinho Reforma Trabalhista

Na próxima sexta-feira, 15 de setembro, Mossoró recebe seminário sobre a Reforma Trabalhista. Com o tema “Modernização das Leis Trabalhistas – O que mudou? Por que mudou”, o evento terá palestra da consultora e especialista em relações do trabalho e Direito Constitucional, Sylvia Lorena de Teixeira Sousa, e do deputado federal Rogério Marinho, relator da reforma na Câmara.

O seminário será realizado pelas entidades representativas das empresas, FIERN, FECOMÉRCIO, FAERN, FETRONOR, SEBARE, FCL E FACERN e terá início às 8h no Hotel Garbos, localizado na Avenida Lauro Monte, nº1301.

A consultora que será palestrante no evento, Sylvia Lorena, é advogada, gerente de Relações do Trabalho da Confederação Nacional da Indústria e conselheira do Conselho de Administração da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Flórida ordena maior retirada de moradores de sua história

 

Resultado de imagem para furação arquipélago de CamagueyDW

Após voltar à categoria 5, furacão Irma atinge Cuba e se dirige ao estado do sudeste americano, onde cerca de 5,6 milhões de pessoas receberam ordem de evacuação. Ciclone é o mais poderoso já registrado no Atlântico.

O furacão Irma voltou à categoria 5, a mais alta na escala Saffir-Simpson, e está avançando neste sábado (09/09) pelo arquipélago de Camaguey, no norte de Cuba, onde a tocou terra na noite de sexta-feira, com ventos de até 260km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Segundo o NHC, o Irma seguirá avançando durante o sábado pelo norte de Cuba até fazer um giro para Noroeste, em direção à Flórida, nos Estados Unidos, onde poderá chegar entre a noite de sábado e manhã do domingo.

O governo da Flórida ordenou na sexta-feira a maior retirada de pessoas da história do estado americano. De acordo com o responsável do programa de furacões da Flórida, Andrew Sussman, perto de 5,6 milhões de moradores receberam ordem de evacuação devido aos perigos mortais do furacão.

“Não esta noite, não em uma hora. Agora”, afirmou o governador do estado, Rick Scott, a partir da capital Tallahassee, sobre a urgência que as pessoas, que receberam uma ordem de evacuação, abandonem suas residências e vão para abrigos em todo o estado.

Não pergunte por Saud da Friboi ao deputado Fábio Faria

Resultado de imagem para Capoeirista gifSe alguém quiser deixar o deputado federal Fábio Faria roxo de raiva, basta perguntar por Ricardo Saud da Friboi..

O Blog do Primo tomou conhecimento que o deputado potiguar ‘pegou ar’ num restaurante de Brasília quando uma pessoa perguntou se ele sabia como estava o executivo da J&F.

Fábio com sua altura de atleta, ensaiou uns prováveis golpes de capoeira..

Saud acusou Fábio e Robinson de receberem R$ 10 milhões em “propinas” da J&F para garantir a privatização da CAERN. Na elação Saud disse: “Foi um jantar muito elegante até. Foi o Fábio Faria com a noiva dele, a Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos. Foi o Robinson Faria com a esposa dele, nós todos com as esposas, tal, para tratar de propina. Até bacana, né? Todo mundo com as esposas para tratar de propina”, disse Saud, em tom irônico.

Irma, de novo um furacão de categoria 5, atinge a costa Norte de Cuba

Irma voltou a aumentar de intensidade e é novamente um furacão de categoria 5, a máxima na escala de Saffir-Simpson. A tempestade atinge agora a costa norte de Cuba, de onde milhares de turistas foram retirados e se teme que repita a devastação que causou noutras ilhas das Caraíbas, provocando pelo menos 23 mortos. No seu rasto segue o Jose, que já é furacão de categoria 4 e começará a atingir as ilhas já devastadas neste sábado, enquanto o Katia perdeu alguma intensidade antes de atingir o estado mexicano de Vera Cruz na última noite.

“Há rajadas muito fortes de vento. A chuva vai e vem com grande intensidade, não temos electricidade”, contou Anaida Gonzalez à agência Reuters, uma enfermeira reformada que reside na província de Camaguey, no centro de Cuba.

Janot pede prisão de Joesley, Saud e ex-procurador Miller

Resultado de imagem para Joesley saud MillerEstadão Conteúdo

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido para prender o empresário e dono do grupo J&F, Joesley Batista, segundo apurou o jornal “O Estado de S. Paulo”. O pedido ainda precisa ser analisado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte.

Segundo apurou o jornal, Janot também pediu a prisão do diretor do J&F, Ricardo Saud, e do ex-procurador Marcello Miller.

Em conversa entregue pela própria defesa da JBS, Saud e Joesley conversam sobre a suposta interferência de Miller para ajudar nas tratativas de delação premiada. O ex-procurador ainda fazia parte do Ministério Público quando começou a conversar com os executivos, no final de fevereiro. Ele foi exonerado da instituição apenas em abril.

Na segunda-feira, Janot abriu um procedimento de revisão do acordo de delação dos empresários. Ele vai pedir a revogação do benefício de imunidade penal concedido aos delatores.

A prisão preventiva já vinha sendo analisada por Janot nos últimos dias. Na quinta-feira, 7, os executivos prestaram esclarecimentos à PGR, mas não convenceram. A avaliação na instituição é de que o discurso era somente para manter a validade do acordo, mas os fatos narrados foram graves.

No caso de Miller, há auxiliares de Janot que avaliam que ele atuou junto à JBS com uso de informações privilegiadas que possui por ter integrado a equipe de Janot e pode ter incorrido no crime de obstrução de justiça e exploração de prestígio.

ABUSO: 40% dos planos ‘falsos coletivos’ têm reajuste acima do teto fixado pela ANS

Resultado de imagem para Plano de saúdeEstadão Conteúdo

Levantamento com base em dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostra que planos de saúde empresariais com menos de 30 pessoas – os chamados “falsos coletivos” – já são quase 10% do mercado. Em 2016, essa modalidade atraiu 4,54 milhões de clientes no País. O fenômeno vem acompanhado do aumento do valor pago pelos usuários. De 520 empresas que oferecem a modalidade, 206 (40%) tiveram em 2016 reajuste acima do teto fixado pela ANS para planos individuais, o que atingiu mais de 3,5 milhões de clientes.

A análise foi conduzida pelo professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Mário Scheffer. “Os números deixam claro que a estratégia adotada pela ANS para tentar evitar os abusos nos aumentos de coletivos com menos de 30 pessoas não deu em nada”, afirma Scheffer. No levantamento, duas empresas apresentaram média de reajuste da mensalidade de 50,7%.

Leia Mais

José Dirceu”Prefiro morrer que rastejar e perder a dignidade”.

Resultado de imagem para José Dirceu

José Dirceu, condenado na Operação Lava Jato, diz que prefere “morrer” antes de delatar, como tenta fazer o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci.

O próprio Dirceu, questionado sobre o depoimento em que Palocci envolve Lula diretamente com o recolhimento de propinas para o PT, respondeu a interlocutores: “Só luta por uma causa quem tem valor. Os que brigam por interesse têm preço. Não que não me custe dor, sofrimento, medo e às vezes pânico. Mas prefiro morrer que rastejar e perder a dignidade”.

O depoimento do ex-ministro da Fazenda ao juiz Sergio Moro levou a uma comparação entre o comportamento dele e de condenados como Dirceu e João Vaccari, ex-tesoureiro do PT. Os dois suportariam tudo em nome de uma “causa”. Já Palocci jamais teria tido qualquer compromisso com ela.

MÔNICA BERGAMO