Geraldo Melo envia carta ao senador Garibaldi Alves manifestando sua disposição de disputar uma cedeira do Senado e fica sem resposta

Resultado de imagem para Geraldo meloVeja carta do ex-governador e ex-senador Geraldo Melo enviada ao senador Garibaldi Alves publicada em sua página do facebook comunicando sua disposição de disputar uma cadeira no Senado Federal. 

SINTO-ME NO DEVER de dar conhecimento a todos vocês do seguinte:
1. há poucos dias enviei carta ao Senador Garibaldi Filho, presidente estadual do PMDB colocando-me à disposição para disputar o Senado em 2018;
2. o Senador telefonou-me para confirmar o recebimento e dizer que precisávamos conversar. Depois disso, não tive mais qualquer notícia de S. Exa.
3. como muita coisa está acontecendo ou parece que está acontecendo, quero hoje, como um passo necessário, que todos conheçam o inteiro teor dessa carta.
O que vem depois, bem… vem depois.

Carta ao Senador Garibaldi Alves Filho:
NATAL,
21 de Outubro de 2017

Prezado amigo
Senador Garibaldi Alves Filho
Desejando-lhe o mais completo êxito em sua nova e difícil missão de comandar o PMDB do Rio Grande do Norte em momento tão difícil,, venho à sua presença para colocar o meu nome à disposição do partido como candidato a Senador.
Em 2018, como sabemos, serão renovados dois terços do Senado Federal, com a eleição de dois Senadores em cada Estado e no Distrito Federal.
Vale dizer que cada partido ou coligação poderá apresentar dois candidatos ao Senado.
No caso do PMDB, uma das candidaturas será a sua, que postula a renovação do mandato que ora exerce. Apresento-me como postulante à segunda candidatura, disputando o pleito como seu companheiro de chapa.
Não estou procurando um emprego de Senador, como você muito bem sabe. .Estou pedindo a oportunidade de voltar a servir ao Rio Grande do Norte e ao país.
Sinto-me preparado para participar intensamente da grande obra de construção de um novo país, que seja moderno e eficiente, intolerante com a corrupção e a insegurança, e em que passe a existir uma democracia ágil, capaz de garantir que se cumpra sempre a vontade da maioria, preservando os direitos de expressão e manifestação das minorias, dentro da lei.
Apesar de ainda estarmos a um ano do pleito, considero imperativa a discussão do assunto. Isso irá permitir que, até o final deste ano, possa eu saber qual a participação que devo ter em 2018, ano em que será realizado o pleito eleitoral mais importante para o povo brasileiro, desde a redemocratização.
Pedindo, desde já, o seu apoio, cumprimento-o com a mesma e velha estima.
O amigo
GERALDO MELO

Facebook Comments
Facebook