Deputado e secretário de Cultura do RJ confunde Bertold Brecht com personagem humorístico

Um deputado estadual do Rio de Janeiro chamou a atenção durante a votação pela libertação ou permanência na prisão do presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), e mais dois colegas de partido após confundir Bertold Brecht com o Bertoldo Brecha.

O deputado André Lazaroni (PMDB) deu seu voto e resolveu finalizar o discurso com uma citação de Bertold Brecht, dramaturgo alemão. No entanto, ao dar o crédito para a frase, disse que era de Bertoldo Brecha, personagem da “Escolinha do Professor Raimundo”, da TV Globo.

“Finalizo, como diria Bertoldo Brecha, ai do povo… Brecha… Brecht… Bertoldo Brestes… ai do povo que precisa de heróis”. A citação correta do dramaturgo alemão é: “infeliz a nação que precisa de heróis.”

Ainda de acordo com o secretário estadual, o voto pela prisão dos três parlamentares seria “político”. “Não estou aqui para julgar colega. O que decidiremos é se respeitamos a Constituição Federal”, afirmou o deputado.

O deputado estadual havia sido exonerado da Secretaria Estadual de Cultura pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) na segunda-feira (13), com o objetivo de garantir a aprovação da indicação de Albertassi para o TCE (Tribunal de Contas do Estado). A votação, que estava marcada para a terça (14), foi suspensa pela Justiça.

 

Facebook Comments
Facebook