Arquivo diários:24/11/2017

Metade dos produtos na Black Friday tem promoção ‘falsa’, diz Folha de São Paulo

DANIEL MARIANI
FÁBIO TAKAHASHI
ANAÏS FERNANDES
DE SÃO PAULO

Num universo de mais de 700 itens apresentados como participantes da Black Friday, 48% já foram até mais baratos antes desta sexta-feira (24) ou ao menos apresentaram o mesmo valor anteriormente.

Folha de São Paulo acompanha desde o mês passado a variação dos preços de 719 itens que receberam o selo de “Black Friday” ou que constaram em páginas especiais feitas pelas lojas para a data. Os produtos estão espalhados por sete dos maiores varejistas do país (foram considerados os preços on-line).

Pontofrio e Extra foram as lojas em que mais produtos apresentados como em promoção já tiveram o mesmo valor nos últimos 24 dias, ou ficaram até mais caros. No primeiro, 68% dos itens analisados se encaixam nesse perfil, no segundo, 65%.

Um caso simbólico é o da geladeira duas portas da Electrolux, 475 litros, no Walmart. Nesta sexta-feira, ela era vendida como produto na Black Friday a R$ 2.908. No último dia 12, ela estava a R$ 1.900.

No Submarino, uma lavadora de roupas da Electrolux, de 16 kg, custava na quinta-feira (23) R$ 1.530. Um dia depois ficou mais cara (R$ 1.597) e ainda ganhou um selo “freak out” (loucura).

O Magazine Luiza foi a loja com mais produtos analisados cujo preço na Black Friday é o mais baixo do período (92% dos itens monitorados).

O item foi considerado como com desconto se ele estava nesta sexta ao menos 5% mais barato do que o menor valor verificado nos dias anteriores.