Democracia será testada, diz comandante da Força Aérea após polêmica com general

Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Rossato é o comandante da Força Aérea Brasileira (FAB)O comandante máximo da Força Aérea Brasileira (FAB), tenente-brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, divulgou nota na esteira da polêmica manifestação do general Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército , acerca do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) que definirá se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ou não ser preso.

Federal (STF) que definirá se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ou não ser preso.

“O Brasil amanhece hoje prestes a viver um dos momentos mais importantes da sua história. Hoje serão testados valores que nos são muito caros, como a democracia e a integridade de nossas instituições. Instituições essas que têm seus papéis muito bem definidos no arcabouço legal da Nação”, disse o comandante da Força Aérea Brasileira em sua nota.

Rossato não se refere diretamente ao julgamento do habeas corpus de Lula e diz ser importante que os militares da ativa ou da reserva integrantes das Forças Armadas “sigam fielmente à Constituição, sem nos empolgarmos a ponto de colocar nossas convicções pessoais acima daquelas das instituições”.

“Seremos sempre um extremo recurso não apenas para a guarda da nossa soberania, como também para mantermos a paz entre irmãos que somos. Acima de tudo, o momento mostra que devemos nos manter unidos, atentos e focados em nossa missão”, finaliza a nota do tenente-brigadeiro.

Facebook Comments
Facebook