Legalista, Gilmar Mendes diz que condenação de Lula ‘mancha imagem do País’ e HC causará ‘incompreensão’

Gilmar MendesCélia Froufe, enviada especial / Lisboa, O Estado de S.Paulo

LISBOA – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, tido como legalista, afirmou em Lisboa que a decisão da Corte sobre o pedido de habeas corpus (HC) da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser conhecida amanhã mesmo ou na quinta-feira e poderá gerar incompreensão. Ele disse ainda que a condenação de Lula “mancha a imagem do Brasil” e alertou: “Se alguém torce para prisão de A, precisa lembrar que depois vêm B e C”.

O ministro falou com a imprensa na capital portuguesa, onde participa do VI Fórum Jurídico de Lisboa – Reforma do Estado Social no Contexto da Globalização, organizado pelo seu Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).”Ter candidato condenado, mas que lidera as pesquisas é fator mais grave para coquetel (de violência).

Tenho a impressão de que mancha a imagem do Brasil no curto prazo”, afirmou o ministro, explicando que “conceder HC para alguém irrita muitas pessoas, mas estamos protegendo essas pessoas.

Facebook Comments
Facebook