Arquivo diários:13/04/2018

“Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal”, diz deputado do Rio de Janeiro

Gustavo Maia
Do UOL, em Brasília
O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) disse em vídeo publicado nesta sexta-feira (13) que “tem que fechar o Supremo Tribunal Federal”. Em quase dois minutos, ele afirmou que é preciso “redesenhar” o Poder Judiciário e fez diversas críticas ao ministro Luís Roberto Barroso, que segundo ele “ajudou a colocar o presidente Lula atrás das grades”.

Barroso foi um dos seis ministros que votaram para negar o pedido de liberdade (habeas corpus) preventivo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no plenário do STF, na semana passada. O petista foi preso no último sábado (7).

“Nós temos que redesenhar o Poder Judiciário e o papel do Supremo Tribunal Federal. Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal. Nós temos que criar uma Corte constitucional, de guarda exclusiva da Constituição, com seus membros detentores de mandato”, declarou. O vídeo foi publicado na página de Facebook do parlamentar.

“[Barroso] é, seguramente, o pior ministro do Supremo Tribunal Federal dos últimos tempos. É um mal para a democracia, é um mal para o direito, é um mal para o Supremo, é um mal para o povo brasileiro”, disse Damous, que foi presidente da presidente da OAB-RJ (Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro) e da Comissão da Verdade do Rio.

“A última do Luís Roberto Barroso, entre tantas idiotices que ele é capaz de produzir, é de que é papel do Supremo corrigir as escolhas do povo. O que ele disse literalmente? ‘Bom, o Supremo já está separando o trigo, mas tem gente que insiste no joio’. Então que é papel do Supremo separar o joio do trigo e escolher pelo povo brasileiro. É com base nesse tipo de sentimento e de entendimento que ele ajudou a colocar o presidente Lula atrás das grades”, criticou.

O parlamentar encerrou o vídeo dizendo que é preciso “evitar que gente como Roberto Barroso tenha o poder de ditar os rumos do processo eleitoral, da escolha popular e da democracia brasileira”. “Não foi para isso que essa turma foi colocada lá. Eu tenho alertado lá na Câmara dos Deputados: ou nós enquadramos essa turma ou essa turma vai enterrar de vez a democracia brasileira”, concluiu.

Durante discurso de Lula horas antes de se entregar à Polícia Federal, em São Bernardo do Campo (SP), no sábado, Damous foi saudado pelo ex-presidente como “o companheiro que mais briga e mais denuncia a [Operação] Lava Jato”.

A reportagem procurou a assessoria de comunicação do STF, mas não obteve resposta até o momento.

Procurado pela reportagem, o gabinete de Barroso informou que o ministro “jamais fez qualquer referência depreciativa ao ex-presidente Lula”.

Ele viajou nesta quinta (12) para os Estados Unidos, onde dará uma palestra na universidade de Harvard. O retorno para o Brasil está previsto para a próxima segunda (16).

 

Fracassos de Carlos Eduardo Alves: Monumento ao descaso e degradação em plena Orla Marítima de Natal

Imagem relacionadaNatal é a unica capital do Nordeste que dispõe de um monumento ao descaso, degradação e destruição em plena Orla Marítima que sempre é o lugar mais bem cuidado e valorizado de uma cidade que disputa o mercado do turismo.

Natal é diferente, temos um prédio lindo e histórico que foi transformado no monumento da incompetência e inapetência da gestão do prefeito Carlos Eduardo Alves.

O Hotel dos Reis Magos é o que podemos chamar de cartão postal da incapacidade empreendedora de Carlos Eduardo Alves.

Carlos Alves passou 14 anos administrando Natal e não conseguiu resolver o problema do Hotel dos Reis Magos..  Aliais, além de deixar um prédio desocupado e degradado Carlos Alves  favelou a nossa Orla Marítima construindo um verdadeiro camelódromo no precário calçadão que ele construiu..

Um prefeito competente e empreendedor certamente teria baixado um decreto considerando o prédio do Reis Magos como de interesse público social, econômico e turístico de Natal. Com o decreto o prefeito Alves poderia desapropriá-lo  dando uma destinação decente como instalar no prédio depois de recuperado o Palácio dos Reis Magos onde poderiam funcionar o Gabinete do Prefeito, vice-prefeito, Secretaria de Turismo, Secretaria de Cultura, Procon Municipal e outros órgãos que demanda pagamento de alugueis..

Na área da piscina seria construído um parque de convivência de multiuso com anfiteatro, galeria de exposição e lançamentos literários e audiovisuais.

Mas, durante 15 anos, apesar do ex-prefeito ser enaltecido como uma pessoa com  cabeça privilegiada, ele não conseguiu elaborar nenhuma solução para o problema.. Infelizmente, Natal continua com seu monumento a degradação em nossa orla marítima urbana enfeiando nossas praias tão embelezadas pela natureza..

Alguém pode alegar que o imóvel é privado e foge a responsabilidade da Prefeitura, isso não é verdade, cabe à Prefeitura intervir quando a questão é de interesse social, econômico e público. Assim como ele intempestivamente impediu a construção do Hotel da BRA na Via Costeira, depois de licenciar a obra, ele pode e deveria intervir para acabar com o monumento ao descaso e degradação que está ‘enfeitando’ nossa linda Praia do Meio.

O problema do abandono do Hotel dos Reis Magos é uma questão econômica, social, cultural, turística, segurança, saúde e paisagístico.. e durante 14 anos o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, tido com eficiente, não fez nada de nadica..

Esse Carlos Eduardo Alves ainda quer ser governador, vote nele!!  Imagem relacionada

Novo presidente da Riachuelo toma posse em São Paulo

Por Cibelle Bouças | Valor

SÃO PAULO  –  Flávio Rocha, pré-candidato à presidência da República pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), fez evento de despedida no fim da tarde desta sexta-feira (13) para cerca de 1.500 pessoas que trabalham na matriz da Riachuelo, na zona norte de São Paulo.

Após dez anos à frente da varejista de moda, Rocha passou o cargo de presidente da Riachuelo para Oswaldo Nunes, eleito em assembleia geral ordinária em 29 de março.

Flávio Rocha deixou o cargo na Riachuelo para se dedicar exclusivamente à campanha da sua candidatura à Presidência da República.

Em nota, a Riachuelo, controlada da Guararapes Confecções, informou que, na gestão de Rocha, foram inauguradas 209 lojas, dois Teatros Riachuelo (em Natal e no Rio de Janeiro), um escritório na China, uma confecção no Paraguai, o comércio eletrônico da marca, a Midway Financeiro e um centro de distribuição em Guarulhos (SP).

Cármen Lúcia marca para dia 2 de maio julgamento de foro privilegiado

Felipe Pontes – Rep
órter da Agência Brasil

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, marcou para quarta-feira, dia 2 de maio, o julgamento da ação que pode resultar na restrição do foro privilegiado.

O julgamento foi iniciado em plenário, em novembro do ano passado, mas foi interrompido por pedido de vista do ministro Dias Toffoli, que devolveu o processo, no fim do mês passado, para inclusão na pauta.

Antes da interrupção do julgamento, oito integrantes da Corte manifestaram-se a favor de algum tipo de restrição na competência da Corte Suprema para julgar crimes praticados por deputados e senadores. No entanto, há divergências sobre a situação dos processos que já estão em andamento.

De acordo com a maioria formada, deputados federais e senadores somente devem responder a processos no STF se o crime for praticado no exercício do mandato. No caso de delitos praticados antes do exercício do mandato, o parlamentar seria processado pela primeira instância da Justiça, como qualquer cidadão.

Coincidência, mas quem se aproxima do deputado Rogério Marinho pode enfrentar problema na Justiça

Tomara que o prefeito de Macaíba não seja mais um a enfrentar problemas na Justiça – o deputado também responde vários processos 

Pode ser mera coincidência, sabemos que o deputado não tem responsabilidade, mas muitas pessoas que se aproximam do deputado federal Rogério Marinho passam a sofrerem problemas na justiça.. Imagine que até o empresário Flávio Rocha depois de sua aproximação com Rogério Marinho já responde dos processos.. Flávio Rocha responde um na Justiça Federal e outro na Justiça do Trabalho..

Quem deverá entrar no grupo do deputado ‘Saco Preto’ e o prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, que acompanhado o deputado federal Rogério Marinho (PSDB), assinando nesta sexta-feira (13) ordens de serviço para pavimentação de vias da cidade. Os eventos foram realizados no Campo das Magueiras e em Lagoa de Pedras. .

Prefeito Taveira faz firula e não cumpre o que prometeu na campanha

Resultado de imagem para Prefeito taveira
Taveira está sendo chamado como o Rei do Blá Blá Blá ou o Rolando Lero de Parnamirim

Desses prefeitos novos, o Taveira de Parnamirim está sendo conhecido como o ‘Rolando Lero’, personagem da Escolinha do Professor Raimundo que pensa levar todas pessoas n bico e na conversa..

Taveira está soltando nota para os blogs que ele paga propaganda da Prefeitura com uma história de assinar um convênio Campus Party para instalar um laboratório do programa Include em Parnamirim.. Para isso a Prefeitura só vai gastar papel..

Mas, instalar a Guarda Municipal que ele prometeu na campanha nem tham.. ninguém sabe de nada..  O que o povo de Parnamirim está vendo são os bandidos fazerem o que querem e o prefeito Taveira acuado com medo e desmoralizado pelos criminosos.. Isso por que Taveira é coronel da Polícia Militar..

Segundo o soldado Vasco,com o prefeito-coronel Taveira a violência aumentou em Parnamirim – parece que com coronel a coisa piora..

Carlos Eduardo Alves não pagou obrigações previdenciárias para pagar a folha em dia; bomba vai estourar no colo de Álvaro Dias

Resultado de imagem para Carlos Eduardo Alves Álvaro Dias
Carlos Eduardo Alves deixou a bomba com Álvaro Dias nem comparecendo a posse do seu sucessor

Informações que chegam ao Blog do Primo dão conta que o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves deixou de cumprir com suas obrigações com a Previdência Social para efetuar o pagamento dos servidores da Prefeitura de Natal dentro do mês.

Segundo uma fonte do Blog do Primo, Caros Eduardo Alves recolheu a contribuição dos empregados e não repassou para os cofres do INSS, e também não pagou a parte patronal, ou seja, a contribuição da Prefeitura..

Não recolher e deixar de pagar  obrigações previdenciárias é crime..

Caso o atual prefeito Álvaro Dias não tome providências, poderá também ser responsabilizado..

Ameaça de conflito entre EUA e Rússia paira sobre Síria

Reuters

BEIRUTE – A perspectiva de uma ação militar do Ocidente na Síria que possa levar à confrontação com a Rússia pairava sobre o Oriente Médio nesta sexta-feira, mas não estava claro se um ataque dos Estados Unidos era iminente.

Especialistas internacionais em armas químicas estavam viajando para a Síria para investigar o alegado ataque a gás por forças do governo na cidade de Douma, que matou dezenas de pessoas. Há dois dias o presidente dos EUA, Donald Trump, alertou que os mísseis “estão a caminho” em resposta a este ataque.

Os aliados do presidente sírio, Bashar al-Assad, estavam ansiosos nesta sexta em colocar a culpa da crise não nele, mas em Trump.

O vice-primeiro-ministro russo, Arkady Dvorkovich, disse que as relações internacionais não devem depender do humor de uma pessoa pela manhã, numa aparente referência às declarações de Trump pelo Twitter.

“Não podemos depender do que uma pessoa do outro lado do oceano coloca na cabeça pela manhã. Não podemos assumir tais riscos”, disse Dvorkovich durante um fórum.

A Rússia alertou o Ocidente contra atacar Assad, que também é apoiado pelo Irã, e afirma que não há evidência de um ataque químico em Douma, cidade próxima a Damasco que era controlada por rebeldes até este mês.

Vassily Nebenzia, embaixador russo na Organização das Nações Unidas (ONU), disse que “não posso excluir” uma guerra entre os Estados Unidos e a Rússia.

“A prioridade imediata é evitar o perigo da guerra”, disse ele a jornalistas. “Esperamos que não chegue a um ponto sem retorno.”

O xeque Naim Qassem, vice-líder do grupo Hezbollah, apoiado pelo Irã, disse ao jornal libanês al-Joumhouria: “As condições não apontam para a ocorrência de uma guerra total… a não ser que Trump e (o primeiro-ministro de Israel Benjamin) Netanyahu percam completamente a cabeça”.

Aliados dos EUA ofereceram palavras enfáticas de apoio a Washington, mas nenhum plano militar claro emergiu ainda.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, obteve apoio de seus principais ministros na quinta-feira para tomar ações não especificadas com os Estados Unidos e a França para impedir uma nova utilização de armas químicas por Assad.

Trump também deve conversar com o presidente francês, Emmanuel Macron, que disse na quinta que a França tem provas que o governo sírio realizou o ataque em Douma e decidirá sobre um eventual ataque quando todas as informações necessárias tiverem sido coletadas.

Candidatos ao Enem têm até domingo para pedir isenção da taxa de inscrição

Sabrina Craide – Repórter da Agência Brasil

Termina no próximo domingo (15) o prazo para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano.

Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa é feito antes do período de inscrição. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril. A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.

Cármen Lúcia assume a presidência do Brasil nessa sexta-feira 13

Resultado de imagem para Supremo Tribunal Federal, Cármen LúciaBR 18

Com a viagem de Michel Temer para o Peru, onde participa da Cúpula das Américas, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, passa ser a presidente em exercício do Brasil.

 Isso só é possível por causa das regras eleitorais. Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, que têm precedência na linha sucessória, não podem assumir o lugar de Temer ou se tornarão inelegíveis, já que disputarão as eleições. Assim, cabe a presidente do Supremo comandar o Planalto na ausência do presidente. Cármen, que ficará dois dias na função, promete ser discretíssima.