Arquivo diários:16/04/2018

Justiça potiguar coloca mais uma vez o RN nacionalmente em mídia negativa

Presidente da OAB condena pagamento retroativo a juízes do RN

ESTADÃO

O presidente da OAB, Claudio Lamachia, criticou nesta segunda-feira a decisão dos magistrados do Rio Grande do Norte de se concederam licença-prêmio retroativa aos últimos 22 anos. O caso foi revelado pela Coluna do Estadão. Um juiz que exerce a atividade desde 1996, por exemplo, pode ganhar cerca de R$ 300 mil, segundo cálculos iniciais. A medida ocorre no momento em que o RN enfrenta uma severa crise fiscal.

Leia a manifestação do presidente da OAB:

“Chama atenção, de forma negativa, a decisão da Justiça do Rio Grande do Norte de liberar o pagamento, para seus próprios integrantes, da verba de licença-prêmio acumulada nos últimos 22 anos. O Brasil passa por forte crise econômica e moral que tem prejudicado a maioria esmagadora dos brasileiros. Uma das medidas necessárias para a superação dessa crise é o fim imediato dos privilégios ilegais, como os auxílios e salários acima do teto do funcionalismo público. A existência dessas regalias contrariam os valores da República e não servem ao interesse público. Essa é uma questão urgente e prioritária em que o Poder Judiciário precisa dar uma resposta para a sociedade.

Cícero Martins desiste da candidatura a deputado federal para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa

Resultado de imagem para vereador cícero martins

O vereador Cícero Martins disse ao Blog do Primo que reavaliou seu projeto político e decidiu desistir da sua candidatura a deputado federal para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Cícero avaliou percebendo que existem dois fortes e estruturados candidatos a deputado federal, eles são o ex-deputado federal Cipriano Correia e o ex-prefeito de Lajes do Cabugi e Presidente da Federação dos Municípios do RN, Benes Leocádio que tem o apoio do Presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza. Na conta de Cícero, Benes e Cipriano disputarão uma vaga, e o resto dos candidatos serão apenas buchas..

 

Homem invisível tenta instalar um gato no sistema de informação do RN

Imagem relacionadaO soldado Vasco está intrigado com o major JotaDanado que tem tentado plugar suas astúcias no sistema de informações do RN. Segundo o soldado Vasco,  o major JotaDeon é um mágico que tem andado quase invisivelmente  nos corredores do Governo do Estado tentando emplacar uma empresa minuscula e mimosa com sede numa conhecida avenida da capital.. O major JotaDanado tem funcionando como um fio condutor de alta tensão capaz de conduzir uma corrente de 380 volts que no caso de levar um shock ficará pretinho..

Jota Danado é um memino é traquino, diz o nosso Vasco. Imagine que ele chega a vender o metro quadrado mais caro e nobre da zona sul e circulando com um carango de alto luxo com um documento cabrito no porta-luva..

Um agente da empresa de espionagem Kroll está tendo dificuldade para espiar o rapaz, está chegando reforço da terra de Trump..

Celular escondido da Operação Cidade Luz

Imagem relacionadaUm aparelho de celular que foi escondido dentro de uma caixa de ar-condicionado de parede na hora que estava ocorrendo uma busca e apreensão na Operação Cidade Luz clareou muitas dúvidas sobre uma suspeita participação do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves no esquema criminoso que desviou dinheiro da Prefeitura de Natal.

O celular que estava escondido foi entregue como comprovação de uma delação premiada.. A bateria do celular ainda estava carregada e sua memória completamente cheia e reveladora..

Prefeito de Macaíba fechou com o deputado ‘saco preto’

O prefeito de Macaíba anunciou que vai votar no deputado saco preto Rogério Marinho, que foi relator da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados.

Rogério Marinho que recebe o apoio do prefeito Fernando Cunha é o deputado mais querido dos megas empresários paulistas que vibraram com a aprovação da reforma trabalhista que retirou vários direitos dos trabalhadores brasileiros..

Um grupo grande de empresários de São Paulo estão mobilizando recursos financeiros para bancar à reeleição de Rogério Marinho.

Dinheiro não vai faltar, vem em sacos pretos, diz o soldado Vasco..

MTST e Frente Povo sem Medo ocupam triplex atribuído a Lula

Manifestantes ocupam triplex em Guarujá

Da Agência Brasil

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e a Frente Povo sem Medo ocuparam na manhã de hoje (16) o apartamento triplex, no Condomínio Solaris, em Guarujá (SP). O imóvel é o foco das investigações que levaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Lula foi condenado a 12 anos e um mês. De acordo com as investigações, o imóvel e a reforma, estimados em R$ 2,4 milhões, foram feitos pela empreiteira OAS em favorecimento da empresa em contratos na Petrobras.

A ocupação foi divulgada nas redes sociais da Frente Povo Sem Medo e pelo pré-candidato à Presidência pelo PSOL, Guilherme Boulos, coordenador do MTST. Os manifestantes colocaram a bandeira do movimento e faixas na fachada do prédio com mensagens “Povo sem medo” e “Se é do Lula, é nosso”.

O ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7. Até o momento, a Justiça Federal e o Ministério Público Federal não se pronunciaram sobre a ocupação do triplex.

Caixa ultrapassa Santander e lidera ranking de reclamações do BC

Por Eduardo Campos | Valor

BRASÍLIA  –  O Banco Central (BC) computou 9.306 reclamações contra bancos e financeiras no primeiro trimestre de 2018, em comparação com 11.087 reclamações no quarto trimestre de 2017. No primeiro trimestre de 2017, foram 9.346 queixas. Esse volume de reclamações considera apenas queixas tidas como procedentes, que infringem normas do BC ou do Conselho Monetário Nacional (CMN).

Colocando na conta reclamações reguladas que não ferem normas e as reclamações não reguladas que ferem, por exemplo, normas fora da alçada do BC, o total de queixas sobe para 55.481 no primeiro trimestre, em comparação com 56.950 no trimestre anterior. Uma reclamação pode infringir mais de duas normas ao mesmo tempo.

Para fazer o ranking de reclamações, o BC divide as instituições entre aquelas com mais e menos de 4 milhões de clientes. Entre as instituições com mais de 4 milhões de clientes, a Caixa Econômica Federal assumiu a liderança, que era do Santander, com índice de 27,62, resultado de 2.444 reclamações procedentes para um universo de 88,470 milhões de clientes.

O Santander caiu para o segundo lugar, com índice de 25,66. O banco teve 1.038 queixas para 40,442 milhões de clientes. O Banco do Brasil ficou na terceira colocação. Com 1.504 reclamações para 62,141 milhões de clientes, o índice ficou em 24,20. O Bradesco ocupa a quarta colocação com índice de 20,05. Foram 1.886 reclamações para 94,058 milhões de clientes. Encerrando o “Top Five” está o Itaú, com índice de 14,58, que capta 1.091 reclamações dentre 74,816 milhões de clientes.

Para construir o ranking, são considerados clientes aqueles com depósitos (contas correntes e poupanças) cobertos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC), com operações de crédito e outros tipos de depósitos não cobertos pelo FGC. Para chegar ao índice que define a posição no ranking de reclamações, o BC considera o número de reclamações procedentes, divide pelo número de clientes e multiplica por um milhão.

Entre bancos e financeiras com menos de quatro milhões de clientes, BRB lidera, com índice de 311,77, que capta 262 reclamações para 840.363 clientes. Na sequência aparecem Safra, Intermedium, PAN e Banco do Estado de Sergipe.

No ranking geral de reclamações, as queixas envolvendo integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, exceto as relacionadas a cartão de crédito, lideram com 1.300 ocorrências. A Caixa respondeu por 500 delas.

A oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada aparece em segundo lugar, com 1.259 queixas. Bradesco respondeu por 412 deles. As irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito tiveram 1.111 reclamações. Caixa respondeu por 316 delas.

Eleição muda mapa do poder: PSB cresce nos estados, PSDB encolhe e PT perde sua única capital

Márcio França governador de São Paulo

Congresso em Foco

POR EDSON SARDINHA E LUCIO BATISTA

A mudança no controle de seis estados por causa do calendário eleitoral redesenhou o mapa do poder. Com o fim do prazo para que chefes do Executivo renunciem ao mandato para concorrer a outros cargos, no último dia 7, dois partidos ampliaram suas fronteiras: o PP, que herdou o Paraná, e o PSB, que ganhou São Paulo e Rondônia. Já o PSDB, com duas baixas, inclusive o maior colégio eleitoral do país, e o MDB, com uma, encolheram.

A paranaense Cida Borghetti e o paulista Márcio França assumiram o comando estadual graças à saída dos tucanos Beto Richa e Geraldo Alckmin, pré-candidatos ao Senado e à Presidência, respectivamente. Os novos titulares são candidatos à reeleição. Embora não tenha herdado qualquer governo, o PSDB preservou Goiás, mesmo com a saída de Marconi Perillo, já que o seu vice e candidato à sucessão, José Eliton, também é do partido.

No saldo final nos estados, o MDB, do presidente Michel Temer, ficou com uma unidade federativa a menos. Herdou Santa Catarina, com a ascensão de Eduardo Pinho Moreira, mas perdeu Rondônia e Sergipe com as renúncias de Confúcio Moura e Jackson Barreto. Assim como o ex-governador Raimundo Colombo (PSD-SC), Confúcio e Jackson renunciaram ao governo para disputar o Senado.

Em quatro capitais também houve dança das cadeiras. Com pouco mais de um ano de mandato, João Doria (PSDB) renunciou à prefeitura da maior cidade do país para tentar o governo paulista. Em seu lugar ficou o também tucano Bruno Covas.

Sem capital

Pela primeira vez desde 1988, o PT não administra uma capital estadual. O petista Marcus Alexandre abriu mão da prefeitura de Rio Branco para disputar o governo do Acre. O partido do ex-presidente Lula foi o grande derrotado das últimas eleições municipais. No lugar de Marcus entrou Socorro Nery, do PSB. Carlos Eduardo (PDT) passou o comando de Natal para Alvaro Dias (MDB). Carlos Amastha (PSB) cedeu a vaga à tucana Cinthia Ribeiro. Os dois também vão disputar o governo de seus estados.

Com Cinthia, o PSDB subiu seu domínio para oito capitais e se consolidou como a sigla que mais controla cidades desse porte. O MDB vem atrás com cinco. PSB tem três e o PSD, duas. DEM, PCdoB, PDT, PHS, PMN, PPS, PRB e Rede comandam uma capital cada. Na Câmara, após o troca-troca da janela partidária, o PT retomou do MDB o posto de maior bancada, segundo levantamento do Congresso em Foco. O partido do presidente Michel Temer foi o maior perdedor com as mudanças.

Veja quem saiu e quem entrou no comando dos estados:

 

Caixa reduz juros da casa própria após 17 meses sem mexer em taxa

Do UOL, em São Paulo

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta segunda-feira (16), uma redução nas taxas de juros para quem pretende financiar a casa própria utilizando recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). Esse é o primeiro corte nos juros do crédito imobiliário do banco desde novembro de 2016, ou seja, em 17 meses.

As taxas mínimas passaram de 10,25% ao ano para 9% ao ano para imóveis dentro do SFH (Sistema Financeiro de Habitação), e de 11,25% ao ano para 10% ano para imóveis enquadrados no SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário). As novas taxas começas a valer a partir desta segunda-feira.

Além da redução de juros, a Caixa também diz ter melhorado as condições no financiamento de imóveis para pessoa física.

O limite de cota de financiamento de imóveis usados sobe de 50% para 70%. O banco também retomou o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%.

A Caixa informou, ainda, que possui R$ 82,1 bilhões para o crédito habitacional para 2018.

Barragem da Carnaúba em São João do Sabugi com um bom volume de água

Blog do Robson Pires

O município de São João do Sabugi, em meio a tantos outros, tem um patrimônio em seu território que vale ouro, é a barragem da Carnaúba, que enfrentou seis anos de seca sem chegar perto do volume morto.

As recentes chuvas próximo da sua bacia fizeram com que o grande reservatório iniciasse sua recarga, automaticamente. Dados do governo do Estado apontam para uma capacidade total de 25.710.900,00 m³.
Atualmente o reservatório tem 3.734.400,00 de metros cúbicos (m³), de acordo com o governo, a última medição foi feita no dia 12 de abril, ou seja, de lá pra cá, muita chuva já caiu na região do Seridó.