Arquivo diários:19/04/2018

O mistério da ‘Arca Milionária’

Imagem relacionadaUma ‘arca milionária’  foi adquirida por meninos peraltas do RN.. A Arca foi comprada pelo dobro do preço, e apenas para fazer a base de concreto foram gastos R$ 400 pilas..

A Arca é tão poderosa que nem o Exército Brasileiro teve condições de comprá-la, mas os meninos peraltas do RN arranjaram a grana.

O governador Robinson Faria não está sabendo nada dessa arca, que por sinal foi comprada superfaturada e jamais foi usada..

A arca é tão sofisticada, superdimensionada e inapropriada que nossa COSERN não tem como fornecer energia para seu funcionamento.. O que deveria servir para acomodar um servidor, está sem serventia, mas os efeitos milionários da ‘arca valiosa’ já foram sentidos nos bolsos dos meninos peraltas.. Tem um peralta do RN  que de tanto afinar o pelo ficou careca..

O governador Robinson tem que ficar atendo, prepare a caneta para exonerar..

Justiça Brasileira: insultada por juiz em audiência, advogada tenta dar a volta por cima

A advogada Sabrina Veras, 26, que foi ofendida por juiz de vara de família em FortalezaMarcel Rizzo/Folha de São Paulo
FORTALEZA

Ainda impactada pelo susto com a repercussão nacional de seu nome, a advogada Sabrina Veras, 26, quer continuar atuando na vara de família —apesar do episódio vivido em audiência no Ceará.

No último dia 21 de fevereiro, ela ligou o gravador de seu celular na 2ª Vara de Família de Fortaleza —segundo ela conta, ao perceber que o clima estava tenso.

No áudio, de nove minutos, divulgado pela seção da OAB no Ceará, o juiz Joaquim Solon Mota Junior chama Veras de desqualificada, imatura e ingênua e afirma que ela se “queimou com ele e com tantos quanto ele fale a história”.

Mota Junior questionava a advogada sobre a possibilidade de ela ter dito no fórum que ele e duas funcionárias do Judiciário foram os responsáveis indiretos pela morte de uma criança de um ano, por demora na análise de um processo de guarda.

“Como é que a OAB dá um título a uma pessoa que não está qualificada para exercer a profissão?”, afirmou o juiz Mota Junior, já com a audiência encerrada.

Veras nega ter feito as acusações ao juiz.

Em nota, a ACM (Associação Cearense de Magistrados) afirmou que a gravação é indevida por se tratar de um caso em segredo de Justiça. O magistrado alegou não poder dar entrevista devido à lei da magistratura, já que o processo está pendente de julgamento.

“Eu saí dali me sentindo humilhada e bastante constrangida. A atitude foi de diminuir meu trabalho, me diminuir. Ele me ameaçou ao dizer que estaria queimada.”

Veras, num primeiro momento, se assustou com a repercussão. Nos primeiros dias desligou o telefone ao receber diversos pedidos de entrevista, mas recebeu apoio de colegas.

Ela atua como advogada desde julho de 2017, é autônoma e tem parceria com advogados especializados em direito criminal que repassam a ela casos cíveis, como os de família.

É nessa área que pretende continuar. Passado o susto de sua história ter viralizado país afora, a advogada acredita que o fato pode não prejudicá-la na profissão. Ela continua recebendo novos casos normalmente.

A OAB fez um desagravo público a ela, no dia 22 de março, em Fortaleza. Alegando violação das prerrogativas, acionou o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a corregedoria do Tribunal de Justiça pedindo punição ao juiz —há um processo aberto.

Para ela, o fato de ser iniciante pode ter pesado no episódio. “Outros colegas mais experientes dizem que não sabem como reagiriam naquela situação. Eu temi até receber voz de prisão por desacato. O que quero agora é só seguir trabalhando, não vou desistir da advocacia.”

Após a divulgação do áudio, Mota Junior se declarou suspeito para o processo, que foi repassado a outro magistrado. O TJ-CE informou que o caso está sendo analisado pela corregedoria.

GUARDA

Em novembro do ano passado a advogada aceitou o caso de um pai que queria a guarda das filhas, de quatro e um ano. Havia a preocupação dele sobre uma possível negligência da mãe.

“Fui ao menos dez vezes ao fórum, tentar falar com o juiz sobre a urgência, e não fui recebida.” A criança mais nova morreu de engasgo com alimento em dezembro —o caso é apurado pela polícia.

Após a morte, conta, ela voltou ao fórum, pedindo urgência com relação à mais velha, mas novamente foi
ignorada. Uma outra juíza, para quem o caso foi levado com as férias de Mota Junior, acabou dando a guarda da criança ao pai.

Espírito Tranca Rua: Rogério Marinho tentou impedir presença de Alckmin no jantar de Fábio Faria

Resultado de imagem para Jantar Fábio faria Alckmin
Alckmin pediu calma ao deputado Rogério Marinho

O deputado saco preto Rogério Marinho tentou de todas as maneiras impedir que o ex-governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin comparecesse ao jantar oferecido pelo deputado federal Fábio Faria em seu apartamento de Brasília..

Segundo fonte do Blog do Primo, Rogério Marinho falou até com Fernando Henrique Cardoso para convencer Alckmin a não comparecer..  Rogério é afeito essas coisas pequenas, no governo de Wilma ele tinha a mania de patrulhar os compromissos sociais e políticos da governadora.. O negócio dele é mostrar força e prestígio, mas, nessa, ele se deu mal..

Rogério Marinho não quer uma aliança do PSDB com o governador Robinson Faria, ele trabalha para o PSDB apoiar à candidatura do vice-governador Fábio Dantas.

 

Ezequiel estrutura candidatura de Benes Leocádio para Câmara dos Deputados

Resultado de imagem para Benes Leocádio Ezequiel Ferreira de Souza
Para o soldado Vasco, o primo Benes já mandou fazer o paletó da posse

O soldado Vasco recebeu uma informação que o bem articulado e competente presidente da Assembleia Legislativa e do PSDB do RN Ezequiel Ferreira de Souza está bem arrumadinho com seu projeto para eleger um deputado federal.

Segundo fonte do Blog do Primo, Ezequiel está estruturando e apoiando com descrição, mas decisivamente à candidatura a deputado federal do ex-prefeito de Lages e presidente licenciado da FEMURN, Benés Leocádio pelo PTC.  Após eleito, Benes Leocádio pega o beco saindo do PTC ingressando do PSDB, para isso, o PTC não vai apresentar outro candidato para não exigir na Justiça Eleitoral a vaga de Benés alegando infidelidade partidária..

 

Amadorismo de articuladores prejudica Robinson

O governador Robinson Faria não sofre apenas com as sucessivas crises que seu governo tem enfrentado que são frutos de um passado desastrosos do seus antecessores, o governador tem que enfrentar o amadorismo dos seus poucos articuladores políticos..

Os articuladores políticos de Robinson ainda não aprenderam que reunião política só deve ser divulgada que ocorrerá quando já se sabe o resultado positivo.  Anunciar reunião sem saber o resultado é um erro..

Reunião para discutir alianças, acertos e formação de chapa tem que ser secretas e os resultados são devem ser divulgados se forem bons, mas, tem gente no governo que faz reunião para gerar frustrações e desgaste.. ..

Isso é o que se chama de amadores..

Propina apimentada na Operação Cidade Luz

Imagem relacionada No processo da Operação Cidade Luz consta uma delação de um dos empresários que um determinado vereador apimentado teria recebido uma propina de R$ 100 mil para deixar de fazer denúncias sobre a iluminação pública de Natal..  A propina era para o vereador deixar de fazer discursos apimentados..

O vereador apimentado estaria sendo orientado pelo chefe da organização supostamente criminosa para criar dificuldades e com isso aumentar o valor das propinas pagas..

Como diz o ditado: “pimenta no olhos dos outros, é refresco.”

Entra em vigor lei que aumenta pena para motorista embriagado

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Entra em vigorar nesta quinta-feira (19) a Lei 13.546/2017, que ampliou as penas mínimas e máximas para o condutor de veículo automotor que provocar, sob efeito de álcool e outras drogas, acidentes de trânsito que resultarem em homicídio culposo (quanto não há a intenção de matar) ou lesão corporal grave ou gravíssima.

Antes, a pena de prisão para o motorista que cometesse homicídio culposo no trânsito estando sob efeito de álcool ou outras drogas psicoativas variava de 2 a 5 anos. Com a mudança, a pena aumenta para entre 5 e 8 anos de prisão. Além disso, a lei também proíbe o motorista de obter permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente. Já no caso de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de prisão, que variava de seis meses a 2 anos, agora foi ampliada para prisão de 2 a 5 anos, incluindo também a possibilidade de suspensão ou perda do direito de dirigir.

As alterações no Código Brasileiro de Trânsito (CBT) também incluem a tipificação como crime de trânsito a participação em corridas em vias públicas, os chamados rachas ou pegas. Para reforçar o cumprimento das penas, foi acrescentada à legislação um parágrafo que determina que “o juiz fixará a pena-base segundo as diretrizes previstas no Artigo 59 do Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal), dando especial atenção à culpabilidade do agente e às circunstâncias e consequências do crime”.

Ex-presos da Lava Jato acreditam que Lula não suportará a solidão na prisão

Mônica Bergamo

Ex-presos da Operação Lava Jato acreditam que em pouco tempo Lula não suportará a solidão, consequência de seu isolamento em uma sala especial da Superintendência da Polícia Federal do Paraná

Uma das pessoas diz que, ao chegar à prisão, entrou em depressão. Até que outros presos começaram a comentar a novela e a oferecer chocolates. “Com isso, a cabeça até aguenta”, afirma o ex-detento.

Na opinião dos mesmos condenados, Lula demorará a entender que talvez fique um bom tempo preso. Segundo eles, é a fase mais dura da prisão pois todos os que entram no sistema acreditam que podem sair dele em curto espaço de tempo.

Deputado saco preto Rogério Marinho bate o pé e declara apoio à candidatura de Fábio Dantas

O pré-candidato a governador Fábio Dantas arranjou uma mala sem alças, diz um analista político ao Blog do Primo. A declaração de apoio foi dada ontem no jantar na casa do deputado Fábio Faria em Brasília onde foi oferecido um jantar ao pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB Geraldo Alckmin..

A declaração de apoio do deputado Rogério Marinho coloca o vice-governador Fábio Dantas ao lado do político mais rejeitado do RN.

Rogério Marinho é rejeitado pelos estudantes, professores, servidores públicos, empregados e sindicalistas, ele no palanque de Fábio Júnior é um repelente popular..