Prefeito Álvaro Dias expõe irresponsabilidade perdulária do ex-prefeito, demitindo 182 cargos nomeados sem concurso por Carlos Eduardo Alves

Resultado de imagem para prefeito álvaro Dias
Prefeito Álvaro Dias acabou com a politicagem do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias demitiu hoje 182 cargos comissionados nomeados pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves indicados pelos vereadores em troca de apoio político na Câmara municipal de Natal.

Álvaro Dias que tem confessado que não aceita sinecuras em sua gestão, não admitindo que cargos comissionados não trabalhem ou que não sejam capacitados para o exercício das funções, não admitiu manter os protegidos pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves montou silenciosamente uma grande trem da alegria com cabos eleitorais indicados pelos vereadores da sua bancada para trabalharem na sua campanha quando disputará o Governo do Estado. Preocupado com a situação precária que está passando a Prefeitura de Natal, o prefeito Álvaro Dias não titubeou, determinou um levantamento nas secretarias e demais órgãos e a imediata demissão dos cargos exercidos até por pessoas que supostamente não davam expediente.

Álvaro Dias tem dito sem reserva que não quer ‘fantasmas’ na sua gestão enquanto for prefeito de Natal.

Segundo uma fonte do Blog do Primo, a folha dos cabos eleitorais de Carlos Eduardo Alves indicados pelos vereadores amigos chaga ao valor de aproximadamente R$ 450 mil por mês, o equivalente a R$ 5.8 milhões por ano, levando em consideração as obrigações previdenciárias nas 13 folhas do ano.

Esses cargos comissionados já estavam sendo treinados para trabalharem na campanha dos senadores Garibaldi Alves e José Agripino e na candidatura da vereadora Nina Souza do PDT para deputada estadual que tem o total apoio do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

Com esse ato do prefeito Álvaro Dias foi revelado como o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves mantinha sua estrutura politica incestuosa com os vereadores de Natal, o vereador Cícero Martins já tinha denunciado o esquema espúrio praticado pelo ex-prefeito para manter o apoio dos vereadores que rezavam na sua cartilha.. Troca de apoio político por vantagens indevidas como nomeações para o serviço público tem sido considerada improbidade administrativa..

Confira  demissões publicadas na Edição Especial Nº 3919 do Diário Oficial de 31/05/18 (CLIQUE AQUI)
Facebook Comments
Facebook