Arquivo diários:04/06/2018

Voltaria pra Natal RN? Depoimento horrível no YouTube revela usura dos que fazem o turismo em Natal

Temos que mudar essa situação, muitos que fazem isso são pessoas que exploram nosso potencial turístico, quando nossa cidade estiver desgastada elas vão explorar outro polo receptor do turismo. Ele elogia nossas belezas naturais, mas faz severas críticas aos agente de turismo – Se faz necessário criar um código de conduta e procedimentos para preservar nossa imagem.
O vídeo de Diogo Elzinga já atingiu 23 mil visualizações..

PGR publica ‘manual da delação premiada’ para orientar procuradores e promotores

Imagem relacionada

Por iG São Paulo 

Procuradoria-Geral da República (PGR) publicou neste domingo (3) uma espécie de “manual da delação premiada” no Brasil, reunindo orientações e procedimentos que devem ser adotados pelos membros do Ministério Público que venham a fechar e a assinar acordos de colaboração premiada.

Depois de um ano trabalhando na criação do “ manual da delação premiada ”, a PGR traz 47 pontos a serem observados pelos procuradores na hora de elaborar o acordo com potenciais delatores.

 No documento chamado “Orientação Conjunta sobre Acordos de Colaboração Premiada”, está previsto, por exemplo, a previsão de imunidade total, quando o acusador abre mão de denunciar o delator. Contudo, esse recurso só deverá ser usado em “situações extraordinárias”, segundo aponta o manual – precisando ser consideradas a qualidade das provas e a gravidade dos crimes narrados.

À reportagem da Agência Brasil , advogados criminalistas comentaram o documento da procuradoria. Em geral, receberam bem as orientações, mas algumas ressalvas foram feitas por críticos da colaboração.

Para o advogado André Luis Callegari, atualmente responsável pela delação de Joesley Batista, da frigorífica JBS, a presença da imunidade no documento é motivo de enaltecimento. Segundo ele, o benefício “vem sendo contestado e agora é reconhecido pela Orientação Conjunta do MPF”, e de que “só o reconhecimento disso pode dar segurança ao delator em determinados casos”.

Callegari defende que “há situações excepcionais em que o colaborador, além de colocar sua vida em risco, revela fatos de extrema gravidade e entrega um material de colaboração de qualidade em conjunto com suas declarações”.

Quem também comemora a publicação do documento é o criminalista Daniel Gerber, que classificou o manual como “boa prática que sem dúvida alguma veio em boa hora”, apesar de as orientações “não trazerem nada de novo”.

Gerber foi um dos primeiros advogados a abrir negociações com Lúcio Funaro, quem fechou o acordo depois com outro representante. Para ele, dois pontos trazidos pelo documento da PGR devem ser destacados: a menção expressa à possibilidade de imunidade total, mesmo que apenas nos casos considerados ‘extraordinários’; e também a afirmação de que os acordos podem ser negociados somente pelo MP, e não pela Polícia Federal.

Vale destacar que a prerrogativa de que o delegado da PF também pode negociar a delação é alvo de contestação da própria procuradoria-geral no Supremo Tribunal Federal (STF). Essa ação está sendo analisada em plenário, mas o julgamento foi interrompido e não tem previsão para ser retomado.

A exclusividade do procurador para negociar a delação está expressa no manual. E a subprocuradora-geral da República e coordenadora da Câmara Criminal do Ministério Público Federal ( MPF ), Luiz Cristina Frischeisen, defende que seja “natural” a menção. “É essa a posição institucional do Ministério Público”, explica.

De acordo com ela, o documento é feito há um ano e tem como objetivo servir como um guia para promotores e procuradores que “não trabalham todos os dias com a colaboração”, especialmente para as delações que não sejam corrupção.  Por focar nas instâncias inferiores, o documento não abrange as colaborações firmadas pela própria PGR.

Críticas ao manual da delação premiada

Não é de hoje que o advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, é contrário ao instituto da delação premiada conforme é praticada no Brasil. Sobre o documento publicado, ele considera que existem alguns pontos de lacuna nas orientações da PGR.

Para Kakay, seria necessário falar sobre a previsão de rescisão sem prejuízo ao delator se ficar comprovado que o procurador tenha feito “insinuações sobre quem deveria ser delatado”. Ainda cita que o ” manual da delação premiada ” deveria prever condutas para os advogados dos delatores, proibindo que atuem ao mesmo tempo em nome de delatados. Por fim, criticou aquilo a que chama de “autonomia exagerada do MP no momento de estabelecer o benefício de colaboração”.

 *Com informações e reportagem da Agência Brasil

Luana Piovani fala sobre experiência com outra mulher: “para mim foi incrível!”

Luana Piovani abriu o jogo para Matheus Mazzafera e fez algumas revelações, inclusive sobre o uso de lança durante o carnaval; confira

Em entrevista para o canal de Matheus Mazzafera no YouTube , Luana Piovani abriu o jogo e revelou coisas da intimidade.

Luana Piovani e Matheus Mazzafera
Reprodução/ YouTube

Luana Piovani e Matheus Mazzafera

Em uma brincadeira de perguntas e respostas, Luana Piovani , que é casada com o surfista Pedro Scooby , foi questionada se já beijou alguém do mesmo sexo e a atriz afirmou que sim: “sempre conto esse caso na tal da mesa do bar”, brincou.

“Eu não sei nem quem é a guria. Se ela passar por mim eu não vou nem saber quem é. Será que ela conta isso? Será que foi bom para ela? Porque para mim foi incrível!”, assumiu a atriz.

Em seguida, Luana aproveitou para contar como rolou a experiência: “Eu estava feliz, estava com amigos, dançando, bebendo minha cerveja, aí chegou essa menina dançando, não lembro do rosto dela, fofa. Aí comecei a sentir o cheiro da boca dela, um cheiro fresco na boca. Ela chegou perto, me deu um beijo, ela beijava bem. Demos vários beijos. Não fomos para cantinho, estávamos na pista e na pista mesmo a gente beijou”, contou bem humorada.

Mais revelações de Luana Piovani

Luana Piovani faz revelações para o youtuber Matheus Mazzafera
Reprodução/ YouTube

Luana Piovani faz revelações para o youtuber Matheus Mazzafera

Não para por ai, o papo entre Matheus e Piovani rendeu outras boas revelações e atriz afirmou que tamanho é documento sim. “É, né, gente? Tem aí uma média que há de ser atingida”, assumiu a famosa. Em outro momento ela aproveitou para revelar que cheirava lança no carnaval, mas garantiu que é passado e não faz mais..

Leia também no Blog do Primo; Governador circula em Mossoró visitado obras e no Pingo do Mei Dia

Ainda relembrou que chorou de raiva quando não recebeu o convite para participar do Emmy que “A Mulher Invisível” ganhou. No entanto, Luana Piovani fez questão de dizer que apesar da mágoa ela entendeu, que seu trabalho como atriz “vale mais do que um troféu e uma festa em Nova York” e concluiu afirmando que se fortalece dos momentos difíceis. “Até as piores coisas que eu passei foram importantes para eu ser a rocha que sou hoje”, afirmou.

Pisão de Fernandinho em treino assustou Neymar e deixou seleção em alerta

Peter Cziborra/ReutersDanilo Lavieri, Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Liverpool (Inglaterra)

Neymar, enfim, voltou aos gramados para uma partida. Durante os 45 minutos finais em Liverpool, no último domingo (3), comandou a seleção, marcou um golaço e foi o protagonista da vitória brasileira sobre a Croácia no lendário estádio de Anfield. Dias antes, no entanto, um susto deixou a seleção em alerta e com medo de que tal brilho em campo não pudesse acontecer tão rápido.

Durante o treino fechado da última sexta-feira, ainda no CT do Tottenham, em Londres, o volante Fernandinho deu um pisão no pé recém-lesionado do craque e gerou enorme apreensão. A atividade chegou a ficar parada por quase cinco minutos.

Neymar foi atendido rapidamente e não deu mostras de que a situação poderia ser grave. Momentos depois, o departamento médico tranquilizou a equipe.
No sábado (2), o camisa 10 treinou normalmente. No domingo, apesar da boa movimentação durante os minutos que esteve campo, não aqueceu com o time no gramado e ficou fazendo trabalho de fisioterapia até momentos antes de a bola rolar.

“Falta muita coisa. Falta melhorar ainda, porque ainda sinto alguns incômodos, o que são normais por estar muito tempo sem pisar. Mas estou voltando”, admitiu o jogador, que estimou em 80% seu atual estágio físico e técnico.

Autor da pancada involuntária que assustou Neymar e preocupou a seleção, Fernandinho já vinha defendendo a intensidade dos treinamentos às vésperas da Copa.

“Todos se dedicam ao máximo, ninguém tira o pé de dividida ou economiza esforço. É bonito. Ontem [quarta] mesmo eu estava conversando com o Danilo porque estava briga de galo, a pegada muito grande. A gente precisa deixar de lado a preocupação, de se poupar em treinamentos e jogos porque o Brasil precisa ter todos os jogadores 100%. São lesões que podem acontecer e a gente é profissional suficiente para lidar com isso”, comentou, em entrevista coletiva na última quinta-feira (31).

Fernandinho e Neymar ganharam folga nesta segunda (4), bem como o restante do grupo. A seleção volta a treinar na terça-feira (5). O atacante, mais uma vez, seguirá o protocolo de recuperação, com trabalhos específicos de fisioterapia para fortalecer o pé direito – além de participar normalmente do restante das atividades.

Após a vitória sobre a Croácia, o time volta a campo no próximo domingo (10), no amistoso final antes da Copa, contra a Áustria, em Viena. A estreia no Mundial da Rússia será no dia 17, diante da Suíça, em Rostov.

Audiências gravadas pode servir para complicar a vida do prefeito de Natal

Resultado de imagem para Vereadores com Alvaro Dias
Álvaro Dias e seus vereadores

O prefeito de Natal Álvaro Dias demitiu 182 cargos comissionados nomeados pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves indicado pelo vereadores.

O motivo das demissões coletivas dos indicados pelos vereadores é realinhar a bancada do governo na Câmara Municipal. O vereador que votar a favor nas mensagens e interesses do prefeito, renomeará seus afilhados indicados, o vereador que estiver contra o prefeito ou seja rebelde não indicará ninguém..

O prefeito Álvaro Dias através do seu secretário-chefe da Casa Civil, também vereador Kleber Ferreira, agendou uma série de audiências na Prefeitura para negociar o apoio parlamentar em troca de cargos. Alguns vereadores irritados não querem ir, outros confidenciaram e o Blog do Primo tomou conhecimento que vão gravar a conversa com Álvaro.. Alguns vereadores estão achando que o prefeito Álvaro Dias vai coagir os parlamentares trocando cargos por votos na Câmara.. Perigo grande das audiências serem usadas futuramente contra o prefeito Álvaro Dias..

Neste caso, seria prudente o prefeito Álvaro fazer como o presidente Temer, ninguém entra no seu gabinete ou tem audiência portando aparelho de celular, eles são retidos na entrada..

O moído e grande!!

 

Exposição fotográfica estreia na Galeria Sesc

A Galeria Sesc abre em junho a primeira exposição fotográfica do ano. “Interferência Urbana”, do artista Flávio Aquino, reúne obras que dialogam acerca do desenvolvimento urbano no ambiente natural. A vernissage acontece na quarta-feira, 6 de junho, às 19h, e a exposição fica em cartaz para visitação gratuita até 11 de julho no Sesc Cidade Alta, em Natal. O projeto é uma iniciativa do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), instituição do Sistema Fecomércio.

Por meio da superposição de imagens de ambientes naturais e de ambientes urbanos, o artista propõe um olhar poético e surreal acerca do avanço do desenvolvimento das cidades sobre a natureza.

Unindo concreto e asfalto a rios e árvores, Flávio Aquino antecipa a interferência urbana nos ambientes naturais, lançando um olhar para as consequências desse encontro. As oito fotografias que compõem a exposição foram feitas na cidade de Natal e nos estados do Rio Grande do Norte e de Sergipe.

Estudantes podem se inscrever para vagas remanescentes do Fies

Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Os estudantes que querem concorrer a uma vaga no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem ficar atentos aos prazos. As inscrições para as vagas que não foram preenchidas no processo regular estão abertas desde o dia 28 de maio. Os prazos variam de acordo com o perfil dos candidatos.

Para concorrer, é necessário ter 450 pontos de média e nota acima de zero na redação em qualquer edição, desde 2010, do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além disso, a renda familiar mensal bruta per capita não pode ultrapassar três salários mínimos, ou seja, R$ 2.862.

As inscrições são feitas pela internet, no endereço http://fiesselecao.mec.gov.br.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Segundo o Ministério da Educação (MEC), o número de vagas totais para este ano poderá chegar a 310 mil. Dessas, 100 mil terão juro zero para os estudantes que comprovarem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos.

Prazos vigentes 

Termina hoje (4) o prazo de inscrição daqueles que concluíram ou não o ensino superior e querem concorrer a vaga em instituição de ensino em que não estão matriculados. O prazo vale tanto para aqueles que ainda não foram beneficiados pelo financiamento estudantil, quanto para os que foram e já o quitaram.

Estão abertas as inscrições, até o dia 26 de junho, para aqueles que concluíram ou não o ensino superior, foram beneficiados ou não pelo financiamento estudantil e o quitaram e querem concorrer a vaga em instituição de ensino em que já estão matriculados.

Morre rapaz atacado por tubarão em praia do Grande Recife

Por Aécio Amado – Repórter da Agência Brasil  Brasília

Morreu no fim da madrugada desta segunda-feira (4) José Ernesto Ferreira da Silva, de 18 anos, vítima de ataque de tubarão na tarde de ontem, na Praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife. A morte foi confirmada pelo Hospital da Restauração, onde ele passou por uma cirurgia na noite desse domingo e estava internado em estado grave.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o ataque ocorreu no fim da tarde, na Praia de Piedade, no trecho perto da Igreja de Piedade. O rapaz, que estava com um grupo de amigos, chegou a ser socorrido por equipe de salva-vidas que o retirou das águas. Em seguida, foi encaminhado por uma ambulância do Samu para o Hospital da Aeronáutica e de lá transferido, em estado grave, para o Hospital da Restauração.

Motorista atropela e mata criança de 6 anos e é atacado por moradores em SP

Vista de um bairro de Cidade Tiradentes, em São Paulo

Agência Estado

Um motorista atropelou e matou uma criança de seis anos no final da tarde de sábado (2) em Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo. Após o atropelamento, ele foi atacado por moradores da região e teve que ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência foi registrada na Rua Francisco Pawlik. A criança morreu no local.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista foi encaminhado ao Pronto-Socorro do Hospital Santa Marcelina com sinais de desorientação.

Com briga apertada por 2º lugar, Tocantins terá novo turno na eleição estadual

O governador interino Mauro Carlesse (PHS-TO) em campanha no Tocantins (Divulgação)Cecília Santos
FOLHA DE SÃO PAULO/PALMAS

O governador interino do Tocantins, Mauro Carlesse (PHS-TO), e o senador Vicentinho Alves (PR-TO) irão disputar o segundo turno nas eleições suplementares do estado.

Com 100% das urnas apuradas, Carlesse saiu na frente no primeiro turno, neste domingo (3), com 30,31% dos votos, mas o segundo colocado só foi conhecido oficialmente quando mais de 98% dos votos foram computados.

A diferença entre Vicentinho e o ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB-TO) foi pequena. Durante a apuração, os dois candidatos se alternavam entre segundo e terceiro lugar. Nas redes sociais, ora um grupo comemorava, ora outro.

No fim, Vicentinho ficou com 22,22% dos votos, e Amastha, que renunciou à prefeitura em abril para participar do pleito, acumulou 21,41% —na prática, uma diferença de 4.655 votos.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) determinou a realização de eleições suplementares depois de cassar o mandato do governador Marcelo Miranda (MDB-TO) por caixa dois na campanha de 2014.

Sem o suporte do Partido dos Trabalhadores no Tocantins e com uma coligação de legendas menores (Avante, PSC, PEN, PSD e PDT), a senadora Kátia Abreu (PDT-TO) ficou em quarto lugar na disputa, com 15,66% dos votos.

Kátia, porém, teve o apoio de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O ex-presidente escreveu carta na prisão declarando apoio à pedetista, “por dever de gratidão à lealdade” dela com Dilma Rousseff (PT).

A senadora foi ministra da Agricultura durante o governo da petista e apoiou a ex-presidente no processo do impeachment. Segundo a assessoria de imprensa, ela recebeu com serenidade o resultado, agradeceu à militância e disse que continuará defendendo os interesses do Tocantins no Senado.