Arquivo diários:16/07/2018

Mulher negra é coroada Miss Grã-Bretanha pela primeira vez na história

Resultado de imagem para Dee-Ann RogersDa Universa

Ainda sem data definida, o Miss Universo 2018 já tem um marco histórico em seu acontecimento:  pela primeira vez na história, a Grã-Bretanha elegeu uma mulher negra para representa-los no evento.

Dee-Ann Rogers, nascida e criada nas ilhas caribenhas de Anguilla, parte do território britânico, foi nomeada Miss Grã-Bretanha no último sábado (14) no Riverfront Theatre and Arts Centre, em Newport, no País de Gales.

Rogers é formada em direito pela Universidade de Birmigham e representou a Grã-Bretanha duas vezes nos jogos de Commonwealth, onde competia pelo heptatlo.

Justiça determina bloqueio de bens de Crivella e investigados no valor de até R$ 3,1 milhões

Macelo Crivella cm seu amigo potiguar e suplente de deputado federal , preso e investigado pela Polícia Federal na operação Enredados

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

A Justiça Federal em Brasília determinou o bloqueio de bens no valor de até R$ 3,1 milhões do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), e de outros oito investigados, além de uma empresa. A decisão é do juiz da 20ª Vara do Distrito Federal Renato Borelli.

O juiz atendeu a pedido do MPF (Ministério Público Federal) em uma ação civil na qual é investigada a suspeita de irregularidades em contrato do Ministério da Pesca, à época em que Crivella estava à frente da pasta.

A determinação para o bloqueio de bens atinge todos os investigados, ou seja, o juiz determinou que sejam bloqueados bens de todos eles até que se atinja o valor de R$ 3,1 milhões.

UOL procurou a assessoria de imprensa de Crivella, mas ele ainda não se manifestou.

Leia também no Blog do Primo: Família Rosado faz acordo com família Alves indicando o filho de Rosalba para ser o vice de Carlos Eduardo Alves

Na decisão, o juiz disse ver “fortes indícios de irregularidade” ao determinar o bloqueio dos bens e citou relatório da CGU (Controladoria-Geral da União) que apontou indícios de sobrepreço de R$ 411.595,00 na execução do contrato, além da emissão de notas fiscais sobre serviços que não foram prestados.

O objeto do contrato era a prestação de serviços de instalação de vidros, portas de vidro, colocação de película reflexiva e placas acrílicas para sinalização interna na sede do Ministério da Pesca.

“No caso vertente, tenho que o pleito antecipatório deve ser acolhido, por vislumbrar nos autos elementos concretos que evidenciam a verossimilhança da alegação e o risco de dano irreparável ou de difícil reparação”, escreve o juiz.

“Percebo fortes indícios de irregularidades cometidas no âmbito do contrato nº 6/2013, firmado entre o Ministério da Pesca e Aquicultura e a empresa Rota Nacional Comércio Serviços e Engenharia”, diz a decisão. A reportagem tentou entrar em contato com a empresa, mas ninguém atendeu ao telefone registrado em nome dela.

O Ministério da Pesca e Aquicultura existiu entre 2003 e 2015 e assessorava direta a Presidência da República na formulação de políticas para o desenvolvimento da produção pesqueira. Crivella comandou o ministério por dois anos, deixando o posto em março de 2014. A pasta foi extinta e incorporada ao Ministério da Agricultura em reforma ministerial de outubro de 2015 da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Presidente do Flamengo não descarta ser vice de Marina

Resultado de imagem para presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de MelloPor Bruno Villas Bôas | Valor

RIO  –  Filiado à Rede desde março deste ano, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, não descarta a possibilidade de ser candidato a vice na chapa encabeçada por Marina Silva (Rede) à Presidência da República, mas afirma que não foi convidado para o posto.

Nesta segunda-feira, o nome de Bandeira de Mello voltou a ser cotado ao cargo de vice da chapa em nota publicada na coluna de Lauro Jardim, em “O Globo”.

Em entrevista ao Valor por telefone, Bandeira de Mello disse que deixou nas mãos da pré-candidata seu papel nas eleições e o cargo para o qual vai concorrer.

“Tenho impressão de que só mais perto da convenção [da Rede], que vai ser no início de agosto, é que teremos uma ideia. Eu tinha falado que vou fazer o que a Marina mandar. Eu não sei [a que serei candidato], vou fazer o que ela mandar”, disse Bandeira de Mello.

O administrador e dirigente esportivo deixou claro que não foi convidado a ser vice na chapa. E que imaginava que a vaga seria preenchida por composição partidária, com outro pré-candidato à Presidência.

“Mas estou especulando, sou novo nesse metiê e não entendo muito. Entrei nisso com o objetivo principal de ajudar Marina”, disse ele, acrescentando que “faz sentido” ser candidato a deputado federal. “Mas não quero cravar nada antes que ela decida.”

Bandeira de Mello aproximou-se de Marina Silva no período em que ela era ministra do Meio Ambiente no governo Lula (de 2003 a 2008) e ele, chefe departamento de Meio Ambiente do BNDES (de 2005 a 2013, quando elegeu-se no Flamengo).

“Tenho participado da formulação do programa de governo, eventualmente de solenidades. Estive com ela na CNI e em outras ocasiões em que foi sabatinada. É um apoio normal de uma pessoa que acabou de se filiar ao partido”, disse ele.

Em tom de brincadeira, o presidente do Flamengo disse que Marina Silva tem recebido mensagens de torcedores rubro-negros com apelos para que ela peça a ele comprar “um centroavante e um lateral” para o time.

Ministro do STJ Marcelo Navarro preside comissão

Resultado de imagem para marcelo navarroA Comissão formada para estudar e apresentar anteprojeto para atualização da Lei de Entorpecentes é presidida pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Marcelo Navarro Ribeiro Dantas.

Além dele, o grupo para analisará a legislação é integrado ainda pelo Juiz Federal do Rio Grande do Norte Walter Nunes da Silva Júnior, titular da 2ª Vara da JFRN. A procuradora da República potiguar Cibele Benevides Guedes da Fonseca também participa do grupo, onde figuram outros 10 juristas.

A comissão tem o prazo de 120 dias para concluir os trabalhos. O ato de instituição da comissão foi assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Rodrigo Maia.

Bastou sair da prisão, Henrique Alves já conseguiu apoio de dois prefeitos para Carlos Eduardo Alves

Resultado de imagem para Henrique Alves e carlos Eduardo
Com Henrique Alves solto, agora à candidatura de Carlos Eduardo Alves vai decolar

Não existe no RN um político mais habilidoso que o ex-deputado federal Henrique Alves.

O seu primo e candidato a governador Carlos Eduardo Alves já estava querendo desistir e bastou Henrique entrar em campo para deixar todos com esperanças renovadas.

Com a participação direta de Henrique Alves, que agora pode receber quem ele quiser  e na sua casa  conversar política com qualquer um, o Blog do Primo constatou que dois prefeitos anunciaram apoio ao candidato Carlos Eduardo Alves..

Com Henrique Alves solto não demorou para a prefeita de Mossoró ser a primeira a anunciar o apoio ao candidato Carlos Eduardo Alves, imediatamente seguida pelo prefeito de Patu, Rivelino Câmara que dizia não intenção de votar em Carlos Eduardo Alves. Henrique ajeitou os dois, revela um bacurau ao Blog do Primo.

 

United Airlines encomenda 25 aviões da Embraer e quatro da Boeing

Resultado de imagem para aviões do modelo E-175 da brasileira Embraer

Por Rita Azevedo | Valor

SÃO PAULO  –  A companhia aérea americana United Airlines encomendou 25 aviões do modelo E-175 da brasileira Embraer e quatro do modelo 787-9 da americana Boeing, como informou nesta segunda-feira. A expectativa é que as aeronaves da Embraer sejam entregues em 2019 e as da Boeing, em 2020.

Os aviões da Embraer vão substituir os CRJ-700 fabricados pela Bombardier, atualmente usados pela United. Segundo a empresa, a compra vai permitir à empresa “oferecer aos clientes um produto superior que oferece o que há de mais moderno em termos de conforto e comodidade à bordo”.

Já as aeronaves 787-9 da Boeing vão substituir uma parte da frota de jatos de fuselagem larga. O 787-9 usa 20% menos de combustível do que as aeronaves de gerações mais antigas, informou a United Airlines.

Os anúncios realizados hoje, segundo a United, não alteram a sua previsão anterior de gastos. A companhia informou que continuará avaliando oportunidades de compra de aeronaves usadas.

Cármen Lúcia suspende resolução da ANS que encarece planos de saúde

Por Luísa Martins e Isadora Peron | Valor

BRASÍLIA  –  A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu resolução da Agência Nacional de Saúde (ANS) segundo a qual pacientes poderiam pagar até 40% do valor de consultas e exames no modelo de coparticipação.

A decisão atende a pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e foi tomada em caráter liminar pela presidente, que trabalha em regime de plantão durante o recesso do Judiciário neste mês de julho. O relator natural é o ministro Marco Aurélio Mello.

No texto assinado no sábado, mas tornado público nesta segunda-feira, Cármen Lúcia afirma que a resolução da ANS tem impacto de maneira negativa milhões de usuários de planos de saúde, “muitos deles em estado de vulnerabilidade e inegável hipossuficiência”.

Ela assinala, ainda, que a norma passou a vigorar sem que antes tivesse sido discutida no Congresso Nacional – e que o Supremo tem jurisprudência no sentido de resguardar a defesa do direito fundamental à saúde.

“Saúde não é mercadoria, vida não é negócio, dignidade não é lucro. Direitos conquistados não podem ser retrocedidos, sequer instabilizados”, afirmou. “As normas instabilizam os usuários que precisam dos planos, pretendem ou necessitam brevemente renová-los ou pensam em adotá-los.”

Ao fim do recesso, Marco Aurélio deve reexaminar a decisão de Cármen e enviá-la à apreciação do plenário da Corte. A ANS foi notificada da decisão; a Advocacia-Geral da União (AGU) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) foram intimadas a se manifestar.

Manuela d’Ávila participará do Fórum FIERN

Resultado de imagem para Manuela d’ÁvilaA pré-candidata do PC do B à presidência da República, Manuela d’Ávila participará no dia 25 de julho, na Casa da Indústria, às 10 horas, do Fórum FIERN Caminhos do Brasil. Será a sexta edição do Fórum, que já trouxe a Natal nos últimos três meses os presidenciáveis João Amoêdo, Álvaro Dias, Jair Bolsonaro, Aldo Rebelo e Henrique Meirelles.

Realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, o Fórum tem como objetivo trazer os pré-candidatos à presidência da República ao estado para apresentarem suas propostas e ideias para o país.

A entrada é gratuita, mas é necessário confirmar presença pelo telefone 3204-6273 ou pelo e-mail rpe@fiern.org.br

Família Alves poderá mudar seus planos

Resultado de imagem para Fam+ilia Alves do RN
Os quatros Alves, cada um no seu quadrado e todos exercendo mandatos

Uma mudança de rumo está sendo estudada pela família Alves.. Com a nova situação criada com a soltura do ex-deputado Henrique Alves que está desimpedido para disputar a eleição, existe uma alternativa propondo que o senador Garibaldi Alves dispute uma cadeira na Assembleia Legislativa sendo substituído pelo seu filho Walter Alves que disputará o Senado e Henrique Alves volte a ser candidato a deputado federal..

Com essa formula, os Alves estarão contemplados: Carlos Eduardo Alves candidato a governador, Walter Alves candidato a senador, Henrique Alves candidato à Câmara dos Deputados e Garibaldi Alves a deputado estadual..

PT não tem plano B porque não seremos algozes de Lula, diz Dilma

Por Cristiane Agostine | Valor

SÃO PAULO  –  No 100º dia da prisão de Luiz Inácio Lula da Silva, o PT criticou o Judiciário brasileiro, defendeu a liberdade do ex-presidente e reforçou a pré-candidatura presidencial do petista. Dirigentes do partido e de movimentos sociais do Brasil participam do 24º encontro anual Foro de São Paulo, em Havana (Cuba).

Ao discursar neste domingo (15), a ex-presidente Dilma Rousseff afirmou que a pré-candidatura está mantida porque o PT não será o carrasco do petista. “Não temos plano B porque Lula é inocente. Não vamos ser os algozes de Lula e retirá-lo da eleição”, disse Dilma, em discurso transmitido ao vivo pela internet.

No evento, que reúne em Cuba partidos de esquerda, de centro-esquerda e movimentos sociais de todo o mundo, Dilma afirmou que a oposição ao PT “não pode deixar Lula participar das eleições” porque o ex-presidente “ganharia no primeiro turno”. A ex-presidente, no entanto, afirmou mesmo preso há cem dias Lula continua líder nas pesquisas de intenção de voto. “Lula preso é a presença mais forte na conjuntura brasileira”, disse. “Temos que colocar o projeto de Lula nas urnas”, afirmou.