Arquivo diários:18/07/2018

Caso Suzane von Richthofen vai virar filme e estreia está programada para 2019

Santa Rita Filmes anuncia produção sobre o caso de Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinhos, réus confessos do assassinato dos pais de Suzane em 2002IG

Considerado um dos crimes mais chocantes do Brasil, o assassinato da família von Richthofen , em 2002, vai virar filme. Produzido pela Galeria Distribuidora, braço da Vitrine
Filmes, o drama psicológico irá narra o julgamento de Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinhos, réus confessos do assassinato dos pais Manfred e Marísia von Richthofen.

Com direção de Mauricio Eça (“Apneia” e franquia “Carrossel”), a pesquisa do
longa denominado “A Menina que Matou os Pais” durou mais de seis meses e procurou analisar todos os arquivos públicos do julgamento de  Suzane von Richthofen , desde o assassinato até a sua condenação.

“O filme que iremos contar é um thriller psicológico, de suspense, onde
discutiremos os motivos que levaram ao fato, entranto, em detalhes e discussões
nunca antes debatidos sobre o caso. Sem dúvida alguma essa é uma história muito
forte e original e por ser real torna tudo mais absurdo e instigante”, conta Eça.

Leia também no Blog do Primo: Imaginando derrota de Carlos Eduardo Alves, Rosalba prefere que o filho não disputa a vice e seja candidato a deputado estadual

O diretor também ressalta que o novo trabalho “apresenta um tema que muita gente conhece e tem ideias pré-concebidas”, mas não sabem o real motivo que levou a filha (Suzana) e seu namorado (Daniel) a cometerem o crime : “Por isso, esse projeto parte de um grande desafio que é entender um pouco a mente de cada um dos dois assassinos”, finaliza.

Marcelo Braga, produtor da Santa Rita Filme
Divulgação

Marcelo Braga, produtor da Santa Rita Filme

Marcelo Braga, produtor da Santa Rita Filmes, também falou sobre os cuidados que a produção teve para construir o roteiro sobre um crime tão cruel: “Tivemos todos os cuidados necessários para construir um roteiro inovador. Foram meses de pesquisa e entrega de todos envolvidos, não é fácil, psicologicamente, ter acesso a tantos detalhes e construir uma proposta de filme sobre um crime tão bárbaro. Será um desafio para nós, não só atrair a quemconhece o caso como também jovens que não tiveram acesso aos fatos na época”,afirma o produtor.

Com roteiro assinado por Ilana Casoy, criminóloga, escritora e maior especialista
em serial killers do Brasil, juntamente com Raphael Montes, escritor brasileiro
de literatura policial, o lançamento de “A Menina que Matou os Pais” está previsto para o primeiro semestre de 2019.

Com gravações previstas para acontecer no segundo semestre de 2018, a produção está em fase de casting para escolher os atores que irão interpretar Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos.

“Fui governador e prefeito de Natal simultaneamente”, afirma Robinson Faria

Agora RN

Pré-candidato à reeleição, o governador Robinson Faria (PSD) voltou a criticar o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), seu provável adversário na disputa pelo Governo do Estado. Desta vez de maneira mais sugestiva, em entrevista à 94 FM, Robinson destacou que sua gestão executou obras na capital que poderiam ter sido realizadas pela prefeitura – comandada, durante a integralidade do governo Robinson, por Carlos Eduardo.

“Tive que ser governador e prefeito. Algumas obras de mobilidade de Natal foram feitas pelo Governo do Estado. Governei o Estado e Natal, simultaneamente”, afirmou, sem citar Carlos Eduardo, o chefe do Executivo estadual, que está no cargo desde 2015.

Como realizações na área de mobilidade urbana, Robinson citou o Pró-Transporte, o viaduto da Redinha, o prolongamento da Avenida Prudente de Morais e o Anel Viário Metropolitano, que integra a Grande Natal ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. As duas últimas obras já foram entregues pela gestão estadual.

Além disso, o governador frisou que Natal recebe obras de saneamento básico. “É a obra mais importante. A zona Norte tinha 3% de área saneada. Hoje, este número já passa dos 94%. Mais de 58% da obra de saneamento da capital já está pronto. O natalense poderá ter orgulho de morar na única capital brasileira 100% saneada”, assinalou.

Na entrevista à 94 FM, Robinson lembrou que administra um Estado em meio a muitas adversidades. “É um governo de muita perseverança. Enfrentei o período mais difícil para um governante na história do Rio Grande do Norte. Foram sete anos de seca, Brasil quebrado, Petrobras quebrada, e tudo isso de uma só vez. Precisei de coragem para governar e enfrentar a crise”, acrescentou o gestor, enfatizando que, mesmo diante das dificuldades, executou obras estruturantes no Estado.

Com medo, Rogério Marinho está vetando Rafael Motta

Resultado de imagem para Rogério MarinhoQuem conversa com o deputado saco preto Rogério Marinho percebe seu nervosismo e insegurança com relação a sua reeleição.

Rogério tem enfrentado muitas hostilidades nos municípios que tem visitado..

Para se garantir, Rogério Marinho não aceita nem de longe a possibilidade do deputado federal Rafael Motta entrar na sua coligação, ele sabe que Rafael tem mais votos que ele..

 

Ministra do TSE rejeita pedido do MBL para declarar Lula inelegível

Imagem relacionada
Patota do MBL prestando serviços aos grandes empresários brasileiros e estrangeiros

Agência Brasil

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou hoje (18) pedido feito pelo Movimento Brasil Livre (MBL) para que o tribunal declare a inelegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na decisão, Rosa Weber não entrou no mérito do pedido e entendeu que os representantes do movimento não tem legitimidade para levantar a causa. Além disso, a ministra afirmou que antes do período de registro de candidaturas, não se pode discutir legalmente a questão da inelegibilidade de candidatos.

Depois de solto, Henrique Alves entrou em campo garantindo que Rosalba votará no seu primo Carlos Eduardo Alves

Resultado de imagem para Henrique Alves e Rosalba
Bacuraus garantem que Rosalba e Carlos Augusto obedecem seu velho amigo Henrique Alves

Considerado uma máquina para articular, o ex-ministro Henrique Alves deu uma energizada da campanha do seu primo Carlos Eduardo Alves para governador..

Henrique Alves tem destinado tempo integral e dedicação exclusiva para articular apoios para viabilizar e fortalecer seu primo Carlos Eduardo Alves..

Desde ontem, o Blog do Primo sabe que Henrique Alves conversa com a prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini, quem conversa com Henrique escuta ele garantir que os Rosados de Mossoró já foram empacotados..

Segundo o bacurau, Rosalba e Carlos Augusto Rosado não podem deixar de atender Henrique..

 

Presidente do STJ mantém prisão de Eduardo Cunha

Resultado de imagem para Eduardo cunha Henrique garibaldi
Eduardo Cunha com seus amigos Alves do RN

 Agência Brasil

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, negou nesta quarta-feira (18) mais um pedido de habeas corpus do ex-deputado Eduardo Cunha, que está preso desde outubro de 2016 pelas investigações das operações Sépsis e Lava Jato, da Polícia Federal (PF).

Ao analisar o pedido de liberdade feito pela defesa, a ministra entendeu que não há ilegalidades na manutenção da prisão. Para a presidente do STJ, a gravidade das acusações contra Cunha e o risco de reiteração justificam a prisão do ex-deputado.

A defesa de Eduardo Cunha ao recorrer ao STJ alegou que não há mais motivos para mantê-lo encarcerado, após o fim da ação penal na qual o ex-parlamentar foi condenado a 24 anos e dez meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de corrupção.

No mês passado, Cunha foi sentenciado pela Justiça Federal em Brasília no processo que apurou pagamento de propina de empresas interessadas na liberação de verbas do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS).

TRF-4 contraria Moro e condena mulher de Cunha a dois anos de prisão

Jornalista e esposa de Eduardo Cunha, Cláudia Cruz com sua grande amiga potiguar e mulher de Henrique Alves, Laurita Arruda
Luísa Martins e Isadora Peron | Valor

BRASÍLIA  –  O Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4) condenou a jornalista Cláudia Cruz, mulher do deputado cassado Eduardo Cunha (MDB-RJ), a dois anos e seis meses de prisão. Ela é acusada de manter depósitos não declarados no exterior.

A decisão, unânime, contraria o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que tinha absolvido a ré.

O julgamento no TRF-4 havia começado em 9 de maio com dois votos contra Cláudia: os dos desembargadores João Pedro Gebran Neto e Leandro Paulsen.

Na ocasião, o terceiro magistrado da Oitava Turma, desembargador Victor dos Santos Laus, pediu vista (mais tempo para analisar os autos). Ele devolveu seu voto nesta quarta-feira (18), também pela condenação.

Moro havia feito apenas uma advertência à mulher de Cunha e determinado bloqueio em sua conta bancária, por entender que não havia provas suficientes do crime.

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu ao tribunal de segunda instância, que reverteu a decisão e determinou o cumprimento da pena.

Para os desembargadores, Cláudia Cruz fez movimentações financeiras no exterior sem declará-las à Receita Federal – os recursos, em valor estimado de R$ 600 mil, eram desviados por Cunha em esquema de corrupção investigado pela Operação Lava-Jato.

O MPF acusa o ex-presidente da Câmara de receber propina para beneficiar empresários em contratos de exploração de petróleo em Benin, na África.

O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Jorge Zelada, já havia sido condenado no esquema. Sua pena ficou definida em oito anos, dez meses e 20 dias de prisão.

Juíza volta a negar que Lula fale com a imprensa

Preso desde abril, o ex-presidente é pré-candidato do PT ao PlanaltoJuíza diz que entrevistas de outros presos não são precedente para liberar ade Lula

Nathan Lopes/ UOL, em São Paulo

Ao despachar sobre um pedido feito pelo fotógrafo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a juíza federal Carolina Lebbos disse que entrevistas que outros presidiários deram a veículos de comunicação não são um precedente para dar a autorização. “Registre-se ainda que o fato de terem sido eventualmente realizadas entrevistas com outros presos em regime fechado de modo algum poderia significar autorização genérica ou precedente vinculativo”, escreveu a magistrada em despacho.

Desde abril, a juíza é a responsável por decisões referentes ao cumprimento da pena do ex-presidente, que se encontra preso na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba.

A manifestação da juíza aconteceu na terça-feira (17) na ação em que o fotógrafo Ricardo Stuckert, que acompanha o ex-presidente há 16 anos, pede para entrar na PF com equipamentos de gravação e fazer vídeos e fotos do petista. Ela já havia negado a solicitação em 11 de julho.

O advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira, que apresentou a petição em nome do fotógrafo, disse que o objetivo da gravação “não diz respeito à prática de atos de campanha”, mas ao “interesse público coletivo em ter conhecimento da situação do ex-presidente dentro do encarceramento”. Apesar de inelegível, Lula é o pré-candidato do PT na eleição presidencial.

Casagrande Pereira citou à juíza seis casos de presidiários que concederam entrevistas à imprensa. Entres eles, estão os traficantes Marcinho VP e Nem da Rocinha, o ex-senador Luiz Estevão e, “citando um caso ainda mais midiático”, como escreveu o advogado, Suzane Von Richthofen.

Em 2015, Suzane foi entrevistada pelo apresentador Gugu Liberato…

“O direito que pleiteia o recorrente [Stuckert] não é um privilégio ou mesmo algo inédito no Direito ou no jornalismo brasileiro (como parece crer a juíza a quo)”, disse Casagrande Pereira. “Inúmeras entrevistas já foram concedidas dentro de unidades prisionais no Brasil, dentro do notório interesse público resguardado pela liberdade de imprensa em cada caso”.

Ciro Gomes chamou promotor do Ministério Público de “filho da puta”

Resultado de imagem para ciro gomes gifDepois chamar Fernando Holiday de “capitãozinho do mato”,  Ciro Gomes chamou de “filho da puta” o promotor que pediu inquérito policial no caso.

“Um promotor aqui de São Paulo resolve me processar por injúria racial. E pronto, um filho da puta desses faz isso. Ele que cuide de gastar o restinho das atribuições dele, porque se eu for presidente essa mamata vai acabar”, disse o pedetista no evento da Abimaq, ontem à noite.

 

Operação rapa vai avante

Uma fonte do Blog do Primo informou que um minucioso levantamento está sendo feito para levantar as permissões que foram dadas pelo esquema de Raniere Barbosa na SEMSUR.

Muitas cigarreiras, trailer’s, barracas em canteiros centrais e passeios públicos, quiosques em praias, locais em mercados foram distribuídos para lideranças comunitárias..

Um pente fino será passado com categoria, quem quiser ir avante poderá ter que quebrar o motor do carro, diz um fiscal da Prefeitura de Natal..

Foto abaixo da reunião do Avante com lideranças da Zona Sul..