Arquivo diários:25/07/2018

Antônio Jácome e manipulação da informação

Em outubro serão realizadas eleições no Brasil para diversos cargos eletivos, dentre eles, estarão em disputa duas vagas para o Senado Federal em cada estado e no Distrito Federal. No Rio Grande do Norte, estas vagas são ocupadas atualmente pelos ex-governadores Garibaldi Alves Filho e José Agripino Maia. O primeiro será candidato a reeleição, já o segundo abriu mão do direito de renovar o mandato.

Para o lugar de José Agripino no pleito, o seu grupo político indicou o deputado federal Antônio Jácome, que já teve o nome colocado, até então, em duas pesquisas eleitorais.

Em levantamento publicado no dia 01/07/2018 do Instituto Consult, Jácome obteve 1,59% das intenções de voto para o senado. Semanas depois, no dia 21/07/2018, foi divulgado uma pesquisa do IBOPE no qual o deputado atingiu a marca de 12% da preferência dos eleitores.

Analisando os dados, é necessário observar alguns dados relevantes. Por se tratar de um voto duplo, cada instituto optou por uma forma de divulgação dos números. O instituto Consult divulgou o resultado com um universo de 100%. Por outro lado, o IBOPE considera que, por se tratar de duas escolhas, os dados são publicados em uma escala de 200%.
Em uma leitura isolada dos números, percebe-se um crescimento considerável do candidato. Para ilustrar a ascensão, Jácome postou em suas redes sociais uma imagem com a frase “saiu pesquisa e a gente tá crescendo” contendo um gráfico comparando os resultados.

Diante da diferença de métodos praticados e observando a imagem publicada na rede social, é possível identificar uma nítida manipulação da informação, já que, não é possível se estabelecer um comparativo justo de números com universos divergentes. Para corroborar, especialistas em pesquisas afirmam que, apesar de ter o mesmo objetivo, levantamentos de empresas diferentes não podem ser objeto de comparação porque utilizam metodologias, amostras e questionários diferentes.

É legítimo o deputado Antônio Jácome utilizar o resultado de pesquisas eleitorais na sua publicidade pessoal, entretanto, o uso proposital de informações equivocadas são truques para confundir o leitor desatento, além de se configurar como fake news.

*Bacharel em Ciências Contábeis pela UFRN, bancário.

MPF pede informações ao Facebook por remoção de perfis suspeitos do MBL

Resultado de imagem para MBL

Por Débora Brito – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O Ministério Público Federal em Goiás solicitou ao Facebook explicações sobre a decisão de remover 196 páginas e 87 perfis por violação das políticas de autenticidade da rede social. O Facebook recebeu prazo de 48 horas para apresentar a lista de todas as páginas e perfis removidos com justificativa para cada exclusão.

No ofício dirigido ao Facebook, o procurador da República Ailton Benedito de Souza, responsável pela iniciativa, ressalta que o Ministério Público pode propor ação civil pública e implicar responsabilidade em caso de “falta injustificada ou retardamento indevido” da solicitação.

O Facebook justificou mais cedo que as páginas removidas faziam parte de uma rede de contas falsas que tinham o objetivo de espalhar desinformação. Entre as páginas excluídas está a do Movimento Brasil Livre (MBL). Em nota, o MBL criticou a exclusão e argumentou que a página não era falsa, pois continha informações que permitiam a identificação dos responsáveis.

Benedito investiga o Facebook desde setembro do ano passado alegando supostos atos de censura e bloqueio de usuários brasileiros que se manifestaram nas redes sociais para protestar contra a mostra Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, promovida pela Santander Cultural, durante os meses de julho a setembro de 2017, em Porto Alegre.

Em documento que instaura o chamado procedimento preparatório referente à investigação de 2017, o procurador diz que as normas que regulam a internet no Brasil atuam ‘‘sempre com vistas à liberdade de expressão, ao direito de acesso de todos à informação, ao conhecimento e à participação na vida cultural e na condução dos assuntos públicos; a impedir a censura bem como a discriminação dos usuários, por motivo de origem, raça, sexo, cor, idade etc”.

Justiça nega pedido para declarar Moro suspeito para julgar Lula

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, negou hoje (25) mais um recuso no qual ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio de seus advogados, pediu que o juiz federal Sérgio Moro seja considerado suspeito julgá-lo na Operação Lava Jato.

Antes dessa decisão, o tribunal já havia indeferido habeas corpus protocolado pela defesa de Lula que alegava parcialidade de Moro.

Em outros casos julgados, o TRF4 também entendeu que eventuais manifestações do magistrado em textos jurídicos ou palestras de natureza acadêmica sobre corrupção não levariam ao reconhecimento de sua suspeição para julgar os respectivos procedimentos.

O ex-presidente está preso desde 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Lula foi preso após ter sua condenação a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá (SP) confirmada pela segunda instância da Justiça Federal, conforme autorizado pelo STF.

Marmota eleitoral: os meninos candidatos escondidos

Resultado de imagem para Antônio jacomé Garibaldi carlos Eduardo Alves
O filho de Jácome, deputado estadual Jacó Jácome escondeu-se na adesão do seu pai – ele não aparece na foto…..

A política do RN está virando uma coisa curiosa e engraçada, agora como estratégia alguns caciques estão escondendo os filhos candidatos para não criarem desgastes..

O primeiro com essa marmota foi o candidato a senador Antônio Jácome, que não levou seu filho deputado estadual, Jacó Jácome para o ato de adesão ao acordão Maia/Alves/Rosado..

O segundo foi a prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini e seu esposo Carlos Augusto Rosado que também escondeu seu filho Kadu Rosado do ato de adesão ao grupo Alves do candidato a governador Carlos Eduardo Alves. O filho Kadu Rosado foi indicado candidato a vice-governador, mas não apareceu e ainda não deu nenhuma entrevista.. O memino está escondido..

Só no RN essas coisas acontecem..

Resultado de imagem para Rosalba carlos Eduardo Alvaro dias
Foto da adesão dos Rosados à candidatura de Carlos Eduardo Alves, o candidato a vice-governador Kadu Rosado ficou escondido e compareceu, pode?

Agripinistas históricos decidem apoiar o governador Robinson Faria

Lideranças não acompanham o senador José Agripino Maia que apoia o candidatos dos Alves/Maia e Rosado, Carlos Eduardo Alves

O governador Robinson Faria recebeu hoje o apoio para sua pré-candidatura à reeleição de lideranças tradicionalmente ligados ao senador José Agripino dos municípios de Pedro Avelino e Afonso Bezerra.

O presidente da Câmara Municipal de Pedro Avelino, Chico Hélio, que é ex-prefeito do município; o vereador Brunno Teodoro, duas vezes mais votado da cidade e o coordenador federal da Pesca, Licio Luan, liderança local estiveram com o governador e confirmaram apoio.

Também se reuniram com Robinson para anunciar apoio ao seu projeto político o presidente da Câmara Municipal de Afonso Bezerra, Jerry Almeida; o vereador Igor de Alarizo e seu pai, o ex-vereador Alarizo Júnior.

Os dois grupos estiveram com o governador acompanhados do pré-candidato a deputado estadual, Gustavo Costa filho do deputado estadual José Adécio do DEM..

Nem aí para violência: Atendendo ação do então prefeito Carlos Eduardo Alves, o TJRN derruba lei que garantia gratuidade a policiais em transporte coletivo em Natal

Resultado de imagem para carlos eduardo alves
Para Carlos Eduardo Alves, nada de policiais fardados nos ônibus, melhor continuar ocorrendo assaltos e arrastões para desgastar o governador Robinson Faria

Atendendo uma ação do então prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, o Pleno do Tribunal de Justiça do RN, na sessão desta quarta-feira (25), declarou, por maioria de votos dos desembargadores presentes, a inconstitucionalidade de uma lei do Município de Natal que assegurava a gratuidade do acesso à frota do sistema de serviço de transporte coletivo aos policiais militares, guardas municipais e carteiros.

O pedido foi feito pela prefeitura em 2017. O resultado só foi proclamado agora.

Para a maioria dos desembargadores que compõem o Pleno, a norma impugnada que instituiu benefício de gratuidade no transporte público, traz repercussão na política de preços público do serviço público municipal, bem como usurpa competência privativa do chefe do Poder Executivo Municipal.

Voto divergente, o desembargador Cláudio Santos sustentou que a inconstitucionalidade não se sustentava porque a Constituição Federal prevê que tais situações podem ocorrer quando houver relevante interesse público.

“Com efeito, diante da notória situação de insegurança por que passa o país, e particularmente o município de Natal, com ondas de violência disseminadas inclusive em meio aos transportes públicos, é induvidoso que a presença de policiais militares nas unidades integrantes da frota municipal de transporte coletivo, estimulada pela norma em comento, servirá para ajudar a reprimir a atuação de delinquentes, dando maior segurança à população usuária, já tão amedrontada pelos episódios de violência ocorridos em tais unidades”, comentou.

Garibaldi Alves procura Bezerra

Resultado de imagem para Fernando bezerra rnO senador Garibaldi Alves ainda tenta encontrar um nome para substitui-lo e ser candidato a deputado estadual.

Garibaldi procurou e ofereceu ao presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza sua vaga como candidato a senador pela coligação dos Alves/Maia e Rosado que não foi aceita.

agora, segundo uma fonte do Blog do Primo, Garibaldi Alves ofereceu à candidatura ao ex-senador Fernando Bezerra..

Bezerra recebeu o convite e ficou calado..

Liderando a pesquisa Ibope, Geraldo Melo será homologado candidato ao Senado em convenção do PSDB neste domingo

Ex-senador mostra crescimento e empata na liderança da pesquisa Ibope considerando a margem de erro com 3%

O nome do ex-senador Geraldo Melo será confirmado como candidato a uma das duas vagas no Senado Federal, representando o Rio Grande do Norte.  O PSDB fará sua convenção estadual na manhã deste domingo, dia 29, no Hotel Holiday Inn, próximo ao Arena das Dunas, a partir das 8h. O momento alto será a partir das 9h.

Geraldo Melo cresceu na pesquisa feita pelo Instituto IBOPE e divulgada pelo jornal Tribuna Do Norte. A pesquisa registra empate técnico na primeira posição, na soma dos dois votos possíveis, entre o senador Garibaldi Alves (MDB) o ex-senador Geraldo Melo (PSDB). A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 17 de julho passado, ouvidos 812 eleitores no RN. A margem de erro de 3% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. Os registros da Pesquisa, junto à Justiça Eleitoral, são RN-03429/2018(TRE) e BR-07949/2018(TSE).

“É apenas o resultado de uma pesquisa. Nada mais. Mas é um resultado bastante animador para quem, como eu, estava em casa, afastado da vida pública”, afirmou Geraldo Melo. O ex-senador e ex-governador avalia que os números são positivos uma vez que ele sequer começou a fazer campanha. “A campanha nem começou. Somos pré-candidato e aguardamos as convenções. Tenho muita confiança de que terei oportunidade de ajudar o povo brasileiro a construir um Brasil novo, que seja ético, limpo, moderno, competitivo, livre e com tolerância zero para a insegurança e a corrupção”, reforçou.