Arquivo diários:01/08/2018

Muito grave: Robinson denuncia caciques Alves e Maia de impedirem liberação de recursos federais para pagar servidores do RN

O governador Robinson Faria, em entrevista concedida, nesta terça-feira, para jornalista e blogueira Thaisa Galvão, revelou que os caciques Alves e Maia atrapalharam e impediram que os recursos do Governo Federal para pagar a folha de pessoal dos servidores do RN fosse liberados.

A denúncia é muito grave, confira o áudio:

 

Câncer de próstata tem novo tratamento aprovado pela Anvisa

Por Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil  Brasília

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a inclusão de indicação terapêutica do medicamento Xtandi (enzalutamida) para o tratamento de homens com câncer de próstata não metastático resistente à castração. O produto será comercializado na forma farmacêutica de cápsula gelatinosa, com concentração de 40 miligramas (mg).

O produto tem registro na Anvisa desde dezembro de 2014, com indicação aprovada como antineoplásico para o tratamento de câncer de próstata metastático resistente à castração, em adultos que são assintomáticos ou ligeiramente sintomáticos, após falha de terapia de privação androgênica. Também tem uso aprovado para tratamento de câncer de próstata metastático resistente à castração em adultos que já tenham recebido terapia com docetaxel.

Segundo a agência, estudos realizados pela indústria apontam que o Xtandi apresentou melhora na sobrevida livre de metástases. Testes indicaram que o medicamento reduziu em 70,8% o risco de agravamento da doença quando comparado ao placebo, além de ter aumentado a mediana da sobrevida livre de metástases de 14,7 meses (no grupo placebo) para 36,6 meses no grupo da enzalutamida (diferença de 21,9 meses).

Tratamento

Após a avaliação inicial e diagnóstico de câncer de próstata, a maior parte dos homens passa por tratamento local primário, com intenção curativa. A terapia de privação androgênica, por meio da castração cirúrgica ou medicamentosa, é frequentemente iniciada em homens com aumento do antígeno prostático específico, depois da realização de terapia primária.

Após a terapia de privação androgênica, o próximo estado clínico mais frequente no atual modelo de progressão da doença é o câncer de próstata resistente à castração. Homens com este quadro podem ter doença metastática ou não-metastática.

Presidente do TSE afirma em processo que Lula está inelegível

Resultado de imagem para Luiz FuxPor André Richter – Repórter da Agência Brasil  Brasília

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, considerou hoje (1º) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está inelegível. A afirmação do ministro consta na decisão na qual ele rejeitou um pedido de um cidadão para barrar a candidatura do ex-presidente antes mesmo do período de registro, que termina em 15 agosto.

Embora tenha rejeitado o pedido do advogado por entender que o profissional não pode contestar o registro de candidatura, Fux reconheceu a inelegibilidade, mas disse que não pode decidir sobre a questão.

“Não obstante vislumbrar a inelegibilidade da chapa do requerido, o vício processual apontado impõe a extinção do processo”, decidiu Fux.

Lula é pré-candidato à Presidência da República, mas pode ser barrado pela Lei da Ficha Limpa devido à condenação na segunda instância. No entanto, a inelegibilidade não é automática, e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) precisa analisar o pedido para Lula concorrer. De acordo com o PT, o pedido de registro será feito no dia 15 deste mês, último dia previsto no calendário eleitoral.

Manuela d’Ávila é confirmada candidata à Presidência da República

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) confirma a candidatura de Manuela d'Ávila à Presidência da República, em convenção realizada em Brasília.A deputada estadual Manuela d’Ávila foi confirmada pelo PCdoB nesta tarde como candidata do partido à Presidência da República. Dizendo-se esperançosa quanto à possibilidade de união entre os demais quadros da esquerda em torno de apenas um nome, a candidata se colocou como a melhor opção para construir um “novo projeto” de desenvolvimento para superar desigualdades regionais, de gênero e de raça.

Juiz Marcelo Bretas curte publicações de Bolsonaro e movimenta bastidores

Resultado de imagem para Criminal do Rio, Marcelo Bretas
Bretas

Agência Brasil

O juiz 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Bretas, encarregado dos processos da Lava Jato no Rio, tem demonstrado que concorda com alguns dos posicionamentos do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Bretas tem curtido postagens que o candidato tem feito em suas redes sociais, expondo seus pontos de vista.

Nesta quarta-feira, 1, Bretas curtiu uma postagem de Bolsonaro fez no Twitter, na qual o presidenciável do PSL aborda o sistema educacional brasileiro. Na publicação, o candidato exaltou o sistema educacional da Coreia do Sul e criticou o do Brasil por supostamente priorizar “sexo e ideologias”.

“O Brasil ocupa posição vergonhosa no Ranking Internacional de Educação. Pude ver de perto o modelo educacional da Coreia do Sul, por exemplo, hoje um dos melhores. Enquanto lá estimulam o raciocínio lógico nos mais jovens, aqui priorizam sexo e ideologias. Não tem como dar certo”, diz o post de Bolsonaro curtido por Bretas.

O magistrado confirmou ao Estado que curtiu a postagem. Admitiu que “concorda com alguns pontos de vista” do candidato, mas disse que não declara em quem vai votar.

“Também já curti posts da Marina (Silva, presidenciável da Rede). Quando vejo algum Twitter, por exemplo, e, se concordo, eu curto. Mas não estudo e não conheço todo programa dele ou de outro candidato”, justificou.

Sobre o post e de Bolsonaro desta quarta, Bretas disse concordar “no que diz respeito a excelência do sistema de ensino na Coreia do Sul”.

“Na comparação estamos bem mais atrasados”, disse.

Bretas explicou, porém, que não endossa o resto da publicação do candidato, quando diz que no Brasil prioriza-se sexo e ideologias.

“Falo da comparação entre o ensino na Coreia do Sul e no Brasil: investimento etc”, disse.

Bolsonaro foi procurado por meio de sua assessoria para comentar o que achou das curtidas do juiz da Lava Jato. Apesar de ainda não ter enviado uma resposta do candidato, a assessoria afirmou que as curtidas de Bretas nos posts de Bolsonaro já são conhecidas pela campanha. Este já teria sido o terceiro caso.

Senador caicoense teve mandato cassado

O senador José Medeiros (Podemos/MT) teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso nesta terça-feira (31) por fraudar a ata de registro dos suplentes na chapa encabeçada por Pedro Taques, na época PDT, e hoje governador de Mato Grosso pelo PSDB.

A decisão foi unânime, seguindo o entendimento do relator do caso, o juiz Ulisses Rabaneda. Ele também tentou cassar o mandato de Pedro Taques, mas o entendimento não foi o mesmo por parte dos demais magistrados.

Natural de Caicó (RN), José Medeiros foi o senador que tentou cassar, na comissão de ética do Senado, os mandatos da senadoras Fátima Bezerra (PT/RN), Gleisi Hoffmann (PT/PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM),) e Regina Sousa (PT-PI) no episódio em que as parlamentares ocuparam a mesa da Casa para impedir a votação da reforma trabalhista que alterou mais de 100 artigos da CLT e retirou direitos conquistados pelos trabalhadores desde o governo de Getúlio Vargas.

A ação protocolada por José Medeiros por quebra de decoro contra as senadoras foi arquivada.

PT tira o sobrenome Maia do nome de Zenaide

Deputada federal Zenaide Maia, assim foi eleita na eleição passada  deputada federal a irmã do ex-deputado federal João Maia..

Agora, depois de um cavalo de pau, mudando da direita para esquerda, ela deixou também de ser Maia.

Tentando se eleger senadora, mas, pertencendo a uma tradicional família da oligarquia política potiguar, disfarçando, o Maia foi subtraído do cartaz da Convenção do PT e agora é apenas “Zenaide Senadora”..

ConvencaoPTFatimaBezerra

Presidente da Câmara Municipal de Mossoró reage com força contra indicação de mais um Rosado para suplente de Alves

Resultado de imagem para vereadora Izabel Montenegro
Izabel Montenegro

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró e dirigente local do MDB, vereadora Izabel Montenegro reagiu com força a indicação de mais um Rosado para disputar eleição majoritária.

Informada de que o casal Rosalba e Carlos Augusto Rosado apresentou o médico Bernardo Rosado (PP) como indicação à suplência do senador Garibaldi Filho (MDB), Izabel pulou e protestou…
Foi em meio a evento de lançamento do Curso de Direito da Faculdade Diocesana de Mossoró (CDM), à noite desta terça-feira (31).
Chegou a afirmar para vários circunstantes que não votaria mais no próprio Garibaldi.
– Não existe isso. Só quem vai fazer indicações é o povo de Rosalba – disparou. A própria prefeita estava a poucos metros e saiu de fininho morrendo de vergonha..

Família em primeiro lugar: Rosalba e Carlos Augusto Rosado indicam mais um Rosado para suplente de Garibaldi Alves

Resultado de imagem para família feliz gif
Rosados de Mossoró é uma família feliz e empoderada

Nada pessoalmente contra família Rosado, mas, pelo visto Mossoró está reduzida ao quintal da casa dos Rosados.

Se não bastasse Rosalba e Carlos Augusto Rosado indicarem o filho Kadu Rosado, que nunca exerceu mandato ou cargo público, para ser o candidato a vice-governador de Carlos Eduardo Alves, agora aparece mais outro Rosado indicado para ser o suplente de senador de Garibaldi Alves.

Trata-se do médico Bernardo Rosado..

Pelo jeito Mossoró está sendo considerada o ‘Principado dos Rosados’..

Isso demostra que as questões públicas no RN são tratadas familiarmente, o que pode ser bom para família Rosado, deve ser bom para o povo de Mossoró?

A entrevista de Bolsonaro a partir de um grupo de apoiadores no Whatsapp

Resultado de imagem para bolsonaro Roda Viva

Luís Adorno

Do UOL, em São Paulo

“Liguem suas TVs na TV Cultura. Vamos bater recorde de audiência.” A frase, acompanhada pela bandeira do Brasil, começou a circular em grupos de eleitores do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) por volta das 22h de segunda-feira (30). Às 22h15, o capitão reformado do Exército dava sua primeira entrevista em televisão aberta após a oficialização de sua candidatura, no programa Roda Viva, em programa que durou cerca de 1h20

Enquanto isso, apoiadores de Bolsonaro acompanhavam não só a transmissão do programa ao vivo pela televisão como se dedicavam a debater as respostas do pré-candidato “em tempo real” em grupos do WhatsApp. O UOL acompanhou o debate em um desses grupos, que conta com mais de 200 militantes e tem, entre seus participantes, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), desembargadores, delegados e oficiais da PM (Polícia Militar).

Reprodução/WhatsApp

Reprodução de conversa de militantes de Bolsonaro durante o Roda Viva

De acordo com a avaliação dos militantes do grupo, cujo nome faz menção à candidatura do deputado, Jair Bolsonaro se portou bem durante o programa. Os jornalistas, representantes dos jornais “Folha de S.Paulo”, “O Estado de S. Paulo”, “Valor Econômico”, “O Globo” e revista “Veja”, foram um dos principais alvos dos participantes. Para eles, são militantes de esquerda, que “quase pediram para sair” por não conseguirem “enquadrar o mito como queriam”.

“São perguntas sem pé nem cabeça. Estão falando da ditadura, não tem nada a ver. Não duvido nada daqui a pouco eles falarem do [massacre do] Carandiru”, afirmou um dos participantes. “Proposta de governo ninguém faz nenhuma, né? Eles querem pegar uma coisinha, um erro, alguma coisa assim. Falar do passado”, criticou outro.

Que nojo desses repórteres. Esses gays, drogados, bandidos odeiam Bolsonaro. Só perguntam m***. Por isso, estamos na m***. Liberdade de expressão f**** o Brasil.”

Eleitor de Jair Bolsonaro em grupo de Whatsapp

Os comentários foram feitos, em sua maioria, por homens do grupo. Um outro militante afirmou: “O problema –problema, não–, o bom é que os jornalistas que estão aí são militantes de esquerda. E o cara, quando é de esquerda, é um ignorante, analfabeto político, analfabeto funcional. E é difícil para conversar com quem é de direita”, afirmou.

“Porque, quem é de direita, lê o que é de esquerda, entende, mas vai ler coisas que são melhor[es], que são as coisas de direita. Por isso que pipocam na hora do debate. Tem jornalista aí que vai embora mais cedo, pode ter certeza”

Eleitor de Jair Bolsonaro

Outro integrante do grupo disse que, à exceção de Bolsonaro, só restam pré-candidatos de extrema-esquerda no país. “Isso a gente já vive há 100 anos no Brasil. Não tem nem fraude para fazer ele perder essa eleição. Só se ele morrer”, disse um participante.

Quanto mais eles [jornalistas] batem, mais voto ele [Bolsonaro] ganha, porque ele fala o que o povo quer ouvir. E esses animal [sic] aí não entende isso. Perderam o tempo do programa sem falar do futuro, sendo que esse cara é o futuro do país

Eleitor de Jair Bolsonaro

Sobraram críticas também a Caruso, cartunista do Roda Viva. “Esse cara que desenha também é de esquerda. É tudo de esquerda. Só tirando o mito daí, o resto é tudo esquerda. Tudo raça de víboras. A direção atual do programa é medíocre”, afirmou um homem no grupo.

Reprodução/WhatsApp

Emoticon desenvolvido por militantes

Enquanto Bolsonaro respondia às questões no Roda Viva, o grupo encadeava manifestações individuais sem engatar uma discussão. Eram desabafos. Em nenhum momento ao logo do programa ao vivo houve críticas ao posicionamento do pré-candidato.

Por volta das 23h17, enquanto Bolsonaro criticava a intervenção federal no Rio de Janeiro, um militante pedia orações ao pré-candidato. “Vamos ser cristãos e orar pelo Bolsonaro. Ele sabe se defender. Maldito o homem que confia no homem e fez seu braço como braço forte. Glória a Deus. O Deus de Abraão, Isac e Israel no comando. Ano de mudanças. Que o Deus criador seja exaltado nesta nação”, acrescentou outro.

Depois do programa, o grupo foi tomado por vários memes. Na manhã desta terça-feira (31), o grupo foi acordado com mensagem sobre a transmissão de entrevista ao vivo de uma candidata a deputada estadual pelo PSL, aliada de Bolsonaro.

Em seu Instagram, o pré-candidato agradeceu nesta terça-feira aos que acompanharam o programa e se confundiu com a data. “Grato a todos pela consideração no acompanhamento do programa Roda Viva de ontem. Uma boa segunda-feira a todos!”.

Bolsonaro aparece em segundo lugar nas principais pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, atrás apenas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ele lidera os cenários em que o petista não é testado.