Em seu primeiro programa de TV, Robinson diz que colocou a folha em dia “sem demitir 20 mil servidores, como muitos queriam”

No primeiro programa de TV, o governador Robinson Faria fez uma revelação que foi aconselhado em demitir cerca de 20 mil servidores e vender a CAERN para equilibrar as finanças do estado.

Robinson disse que preferiu enfrentar a crise sem demitir, manter a CAERN estatizada e preservando a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte que muitos queriam que ele fechasse já que custa algo em torno de R$ 320 milhões por ano ao contribuinte.

Confira o programa:

 

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *