ELEIÇÃO OAB-RN 2018 – “Querem impedir uma mulher de ser eleita presidente da OAB-RN”, diz Lúcia Jales

Pioneira na participação feminina como candidata a presidente da OAB-RN, a advogada Lúcia Jales declarou ao JURINEWS que vai apoiar a pré-candidata Magna Letícia na eleição deste ano.

“É inadmissível uma instituição como a OAB em quase 100 anos de história nunca ter tido uma presidente mulher eleita”, justifica como fator preponderante para sua decisão e diz que vai lutar por uma causa legítima, que sempre defendeu desde quando foi candidata de oposição em 2009.

“Fui a primeira mulher a ser candidata a presidente em 2009 e terminei em segundo lugar disputando contra Josoniel Fonseca e Paulo Teixeira que foi eleito presidente. As pesquisas estavam erradas porque eu só aparecia em terceiro lugar. Na eleição de 2012 estava novamente como pré-candidata e fui convencida por Aldo Medeiros naquele momento a compor com ele e ser sua vice e assim perdemos para Sérgio Freire”, rememora.

Para Lúcia Jales, sua experiência de pleitos anteriores não permite fazer neste momento outra escolha que não seja apoiar a pré-candidatura de Magna Letícia. “Estou assistindo agora o mesmo filme de 2012 quando conseguiram me convencer a abrir mão de concorrer a Presidência. Os mesmos argumentos daquela época estão sendo utilizados para tentar convencer Magna a desisitir e compor com Aldo assim como eu fiz. A estratégia é a mesma, querem continuar impedindo uma mulher de ser eleita presidente da OAB-RN”, analisa.

A advogada vai além: “Se a OAB já tivesse tido uma mulher eleita presidente eu não entraria nessa luta mas como estou vendo essa injustiça acontecer novamente para tomar a vez da mulher decidi me somar a única candidata e é importante dizer que não quero ser candidata a nada mas faço questão de mostrar que o Rio Grande do Norte tem uma mulher com condições de ser presidente e que representa a verdadeira oposição. Magna sim é a oposição legítima”.

Fonte: 

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *