Datafolha e Ibope apontam Bolsonaro e Haddad no 2º turno

As pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas neste sábado (6), véspera das eleições presidenciais, apontam que Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) devem avançar para o segundo turno da disputa. Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo o Datafolha, Bolsonaro lidera com 40% da intenção de votos válidos, seguido por Haddad com 25%.

De acordo com o Ibope, Bolsonaro tem 41%, contra 25% para Haddad. A margem de erro das duas pesquisas é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

São considerados votos válidos aqueles que excluem brancos e nulos, ou seja, os que necessariamente são declarados a favor de uma candidatura. Para ser eleito em primeiro turno, o candidato precisa obter no mínimo 50% mais um voto do total de votos válidos.

É preciso considerar que nas pesquisas de intenção de voto não é possível estimar o índice de abstenção, quando os eleitores não comparecem à votação. Nas eleições de 2014, a abstenção foi de 19,4%, um pouco maior que o percentual de 2010, quanto 18,1% dos eleitores não compareceram às urnas.

Segundo o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, o segundo turno nestas eleições presidenciais é “quase certo”.

“A gente deixa uma margem, uma probabilidade de não acontecer por que essa campanha foi marcada pela imprevisibilidade e por mudanças no cenário”, disse Paulino durante transmissão ao vivo no site do jornal “Folha de S. Paulo”.

Mas o resultado aponta para quase certeza de segundo turno entre Bolsonaro e Haddad com alguma chance de Ciro ter alguma reação no dia da eleição, mas muito dificilmente o suficiente para alcançar Haddad

Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha

Datafolha

Veja a intenção de votos válidos para todos os candidatos a presidente segundo o Datafolha:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 40%
  • Fernando Haddad (PT): 25%
  • Ciro Gomes (PDT): 15%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (Rede): 3%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Alvaro Dias (Podemos): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Eymael (DC): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%

O Datafolha fez a pesquisa entre os dias 5 e 6 de outubro com 17.056 entrevistados. A pesquisa foi contratada pela “Folha de S. Paulo” e a TV Globo, e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01534/2018.

O intervalo de confiança estimado para a pesquisa é de 95%. Segundo o Datafolha, isto significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%.

Ibope

Veja a intenção de votos válidos para todos os candidatos a presidente segundo o Ibope:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 41%
  • Fernando Haddad (PT): 25%
  • Ciro Gomes (PDT): 13%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (Rede): 3%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Alvaro Dias (Podemos): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Eymael (DC): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): 0%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%O Ibope fez a pesquisa entre os dias 5 e 6 de outubro com 3.010 entrevistados. A pesquisa foi contratada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e a TV Globo, e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01537/2018.O intervalo de confiança estimado para a pesquisa é de 95%. Segundo o Ibope, isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados serem um retrato do atual “momento eleitoral”.

    Rejeição

    Tanto o Ibope como o Datafolha apontam Bolsonaro e Haddad como os mais rejeitados pelos eleitores –apesar de liderarem as pesquisas.

    No Datafolha, Bolsonaro tem 44% de rejeição, e Haddad, 41%. No Ibope, 43% rejeitam Bolsonaro e 36%, Haddad.

    A soma dos percentuais de rejeição ultrapassa 100%, já que os entrevistados podiam escolher mais de um candidato.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *