Mesmo acusado de desmandos com cartão corporativo e ameaçado de ser impugnado, Paulo Coutinho faz grande festa de lançamento de sua candidatura

Acusado de gastar perdulariamente cerca de R$ 75 mil, em um ano,com um cartão corporativo da OAB e certificado pelo Conselho Federal da OAB que não prestou contas do exercício 2017, o que torna ele inelegível, o candidato da situação Paulo Coutinho promoveu uma grande manifestação no lançamento de sua candidatura à reeleição.

O evento foi muito bem organizado e contou com uma participação expressiva da chamada “advocacia jovem”. Paulo Coutinho diante de uma gestão acusada de falta de transparência perdeu totalmente o apoio dos seus antigos aliados, diante disso, ele investiu nos advogados de início de carreira, exatamente os que não conhecem os meandros da OAB, diz uma fonte do Blog do Primo.

Contando com apoio dos jovens advogados, Paulo Coutinho tentará derrotar a oposição, que embora forte está dividida..

 

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *