Empoderamento feminino e Sororidade marcam eleição da OAB/RN

A eleição da OAB/RN deste ano ficará marcada pela presença forte das mulheres na disputa. Sempre elegantes e com alto nível de discussão, nas três chapas que disputam, as mulheres ampliaram seus espaços.  Numa das chapas o discurso é predominante de empoderamento feminino, inclusive com uma candidata à presidência que é Dra. Magna Letícia.

Diante desta nova realidade, os candidatos e candidata passaram estrategicamente a direcionarem suas ações para atrair votos das advogadas, que nesta eleição estão participando com muito mais evidência que os advogados. Manifestações dirigidas para advogadas estão sendo promovidas pelas três chapas que disputam a eleição.

Advogada Andrea Nogueira Pereira provocou maior participação feminina nas chapas, no processo eleitoral e consequentemente nos cargos da nova diretoria e Conselho que será eleito nesta eleição..

Uma das ativistas feminista na disputa é a advogada e presidente da Associação de Mulheres de Carreira Jurídica do Brasil, Andrea Nogueira Pereira que lidera o movimento feminista na disputa para eleger uma mulher presidente da OAB/RN. Assim forçou as demais chapas aumentarem a participação feminina na disputa e nos cargos executivos e no Conselho Regional.

Sem disputar cargo nas chapas concorrentes, Andrea Nogueira Pereira, provocou nesta eleição a valorização feminina na instituição e colocou em pauta a participação efetiva da mulher nas decisões da advocacia potiguar.

Outra advogada que tem exercido liderança é Dra. Rossana Fonseca que disputa à vice-presidência na chapa liderada pelo advogado Aldo Medeiros.

Diante do empoderamento feminino na OAB/RN, os candidatos foram forçados a aumentar o números de mulheres nas chapas, que nesta eleição ultrapassa médias históricas das eleição passadas, hoje a presença feminina nas chapas é bem maior..

Um fato já pode ser constatado, seja qual for o resultado da eleição, as mulheres já estão vitoriosas em razão do aumento significativo de suas representações nas chapas registradas.

Independentemente das advogadas que disputam a eleição nas três chapas, Andrea Nogueira Pereira incutiu o sentimento de Sororidade que é a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum. E certo, que apesar da disputa eleitoral das chapas, as mulheres saíram antecipadamente vitoriosas, levando em consideração que em qualquer situação, seja qual for a chapa vencedora, elas ampliaram seus espaços..

“Esse é trabalho de ampliar a participação feminina na advocacia é de muitas mulheres”, afirma a advogada e presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica do Brasil/RN, Andrea Nogueira Pereira.

Reunião da chapa liderada pelo advogado Aldo Medeiros para discutir questões das advogadas
Ato promovido pela candidata Magna Letícia especifico para discutir questões de advogadas

 

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *