Arquivo diários:22/11/2018

Carlos Eduardo Alves quer mostrar que continua mandando

O ex-prefeito de Natal e candidato derrotado a governador, Carlos Eduardo Alves ainda se composta como fosse o prefeito de Natal.

Ele ontem, na procissão da Padroeira de Natal, Nossa Senhora da Apresentação fez questão de sentar na área reservada para autoridades e caminhou sempre ao lado do prefeito Álvaro Dias para mostrar que ele continua mandando na Prefeitura..

O prefeito Álvaro Dias, sempre tranquilo e habilidoso, vai administrando esse problema, mas a caneta está funcionando.. 

 

Delegados do RN indicam três nomes para Delegado-Geral ao governador para nomear um; delegada é a mais votada

Ana Cláudia Saraiva: mais votada (Foto: Web)

Pela primeira vez na história da Polícia Civil potiguar, os delegados decidiram uma lista tríplice com nomes que serão oferecidos, como sugestão, para possível nomeação de um deles para o cargo de Delegado Geral da Polícia Civil do RN. A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) decidirá.

A votação aconteceu nesta quarta-feira (21) em quatro diferentes cidades.

A lista ficou composta pela delegada Ana Cláudia Saraiva (a mais bem votada, com 106 votos), o delegado Júlio Cesar Barbosa Costa (com 98 votos), seguido do delegado Odilon Teodósio (com 95 votos).

Resultado

Ao todo, votaram 179 delegados e delegadas, na ativa e aposentados. Mais de 200 delegados estavam aptos a votar e 30 estavam concorrendo.

Destes, 147 votaram em Natal e o restante no interior.

O resultado foi proclamado por volta das 19h30, na sede da Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN (ADEPOL/RN), que organizou a eleição.

ELEIÇÃO OAB-RN: Aldo Medeiros recebe novos apoios nas regiões Trairi e Seridó

O lançamento oficial da Chapa 30 em Caicó encerrou o dia de atividades do candidato a presidente da OAB/RN, Aldo Medeiros, nas regiões Seridó e Trairi, nesta terça-feira (20). Ele recebeu o apoio de diversos profissionais à Chapa 30 (Atitude OAB) em compromissos nessas cidades.

No lançamento em Caicó, participaram advogados de forte atuação na região, como o ex-presidente da subseção da OAB local, Roberto Diniz (integrante da chapa como candidato a secretário da CAARN) e o candidato a conselheiro estadual Sildilon Maia. Também participaram nomes destacados da classe como Zé Aranha (decano da advocacia seridoense), Augusto Maia, Navde Rafael e o ex-presidente da subseccional de Caicó, Emídio Germano Jr.

Com uma gama de propostas para interiorizar as ações da OAB, Aldo Medeiros confirmou no evento o plano de construir uma sede própria para a subseção de Caicó. “Sabemos das dificuldades pelas quais passam os advogados que precisam de condições mínimas para trabalhar e não encontram o suporte da OAB às suas necessidades. Ao lado de nossos companheiros da Chapa 30, vamos tomar as atitudes devidas para que a advocacia tenha o apoio de que precisa em todo o Estado”, afirma o candidato, que está sendo acompanhado em sua agenda no interior por aliados como o ex-presidente da OAB/RN, Sérgio Freire.

Há outros compromissos assumidos por Aldo Medeiros com os advogados de fora de Natal. Dentre eles, o aparelhamento das comarcas com salas para uso exclusivo dos profissionais, a instituição do Conselho Itinerante, com a realização de sessões periódicas nas subseccionais, e a promoção de encontros regionais realizados a partir da criação da Diretoria de Interiorização e Integração.

Aldo Medeiros e companheiros da Chapa 30, como a candidata a vice-presidente Rossana Fonseca, estão levando estas e outras propostas desde o fim de semana, em uma série de encontros com advogados em cidades como Mossoró, Parnamirim, Goianinha, Santa Cruz, Currais Novos e Caicó. Rossana Fonseca participou, também na noite desta terça, de um encontro com mulheres advogadas em Mossoró, ao lado de Bárbara Paloma, candidata a presidente da subseção mossoroense.

Nesta quarta-feira (21), a agenda da Chapa Atitude OAB continua no interior, com reuniões em Assu e Pau dos Ferros, agregando profissionais das regiões do Vale do Açu e do Alto Oeste.

Sul-coreano é eleito novo presidente da Interpol

Resultado de imagem para sul-coreano Kim Jong YangDUBAI (ANSA) – O sul-coreano Kim Jong Yang, de 57 anos, foi eleito o novo presidente da Interpol, para um mandato de dois anos, após a prisão do chinês Meng Hongwei. A eleição do sul-coreano, porém, foi marcada por um complô contra a candidatura do general russo Alexander Prokopchuk, um veterano dos serviços de inteligência de Moscou.

Os Estados Unidos, o Reino Unido e alguns países europeus se colocaram contra a eleição de Prokopchuk, alegando que uma vitória sua poderia acarretar em abusos contra adversários do governo russo. Em resposta, Moscou denunciou o que chamou de “ingerência” dos americanos na eleição da Interpol.

A eleição do sul-coreano, porém, foi marcada por um complô contra a candidatura do general russo Alexander Prokopchuk, um veterano dos serviços de inteligência de Moscou.

A votação ocorreu em Dubai, nos Emirados Árabes, e ocorreu após a prisão do então presidente da Interpol, o chinês Meng Hongwei.

Os Estados Unidos, o Reino Unido e alguns países europeus se colocaram contra a eleição de Prokopchuk, alegando que uma vitória sua poderia acarretar em abusos contra adversários do governo russo. Em resposta, Moscou denunciou o que chamou de “ingerência” dos americanos na eleição da Interpol.

 

Futuro ministro da Defesa anuncia novos comandantes das Forças Armadas; veja nomes

O futuro ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, anunciou nesta quarta-feira (21) os nomes dos novos comandantes das Forças Armadas. São eles: Marinha: almirante Ilques Barbosa Júnior; Exército: general Edson Leal Pujol; Aeronáutica: tenente-brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez.

O anúncio de Azevedo e Silva foi feito no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde funciona o gabinete de transição. Segundo ele, ainda não há data definida para a posse.

Na Marinha, Ilques Barbosa Júnior substituirá Eduardo Bacellar Leal Ferreira; no Exército, Edson Leal Pujol assumirá no lugar de Eduardo Villas Bôas; e na Aeronáutica, Antônio Carlos Bermudez substituirá Nivaldo Luiz Rossato.

Os atuais comandantes das Forças Armadas estão nos cargos desde janeiro de 2015, nomeados pela então presidente Dilma Rousseff.

Além dos novos comandantes de Marinha, Exército e Aeronáutica, o governo de transição também anunciou nesta quarta-feira os nomes de mais dois futuros ministros: Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral) e André Luiz de Almeida (Advocacia-Geral da União).

G1

Meteorologista prevê que 2019 será um ano de boas chuvas para a PB e RN

Com quase meio século de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista Luiz Carlos Molion, aposentado pela Universidade Federalde Alagoas, afirma que, de acordo com o método de previsão por similaridade, 2019 será um ano de inverno favorável na Paraíba, embora oSertão do Estado ainda possa sofrer com uma redução nas precipitações, de 15 a 20% abaixo da média histórica.

“Tenho notado que as frentes frias estão chegando até a região equatorial e, nessas circunstâncias, há tendências de se ter na Paraíba e no Rio Grande do Norte chuvas na média ou até acima do normal. Eu diria que 2019 não deve ser um ano muito crítico, nada parecido com o que já passamos em 2015, 2016 e 2017, que foi o período mais seco dos últimos 20 anos”, afirma Molion.

O meteorologista prevê ainda que 2020 seja o ano de “salvação da lavoura”, pois embora 2018 e 2019 sejam anos chuvosos, a seca que perdurou por mais de seis anos deixou resquícios na maior parte dos reservatórios do Estado.

Gustavo Bebianno será ministro da Secretaria-Geral da Presidência

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmou na tarde desta quarta-feira o advogado e ex-presidente do seu partido, Gustavo Bebianno, como futuro ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República. O anúncio foi feito pelo coordenador da transição Onyx Lorenzoni, que destacou que Bebianno é um “homem preparado e da absoluta confiança” do presidente eleito.

O carioca de 54 anos foi um dos principais assessores de Bolsonaro durante a campanha, enquanto era presidente do PSL. Entre suas atribuições estavam a administração da agenda e dos encontros do presidente eleito. Bebbiano terá gabinete no 4º andar do Palácio do Planalto e manterá a proximidade com Bolsonaro, que despachará do 3º andar.

Em pronunciamento após o anúncio, Bebianno disse que ficarão sob seu comando a Secretaria de Comunicação (Secom), que cuida das verbas publicitárias do governo, e o Programa de Parceira e Investimento (PPI), criado pelo governo de Michel Temer para fortalecer a relação com a iniciativa privada.

Perguntado, o futuro ministro disse que há uma lista em estudo para composição de sua equipe. Um dos nomes apontados por ele é o de Carlos Bolsonaro, filho do presidente eleito, que poderá assumir a Secom. “Ele sempre esteve à frente dessa comunicação. É uma pessoa muito importante para a equipe e para o presidente.”

Veja

Conheça os nomes dos ministros já definidos por Bolsonaro

Com os anúncios desta quarta-feira (21), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) já definiu 12 ministros integrantes do futuro governo.

Alguns nomes já foram definidos há alguns dias, outros tiveram que trocar de pasta e outros surgiram hoje após algumas conversas com o onúmero político. Eles serão ministros ou ocuparão funções que são equiparadas às de ministros.


Ministros já anunciados

Onyx Lorenzoni (Casa Civil)
Paulo Guedes (Economia)
General Augusto Heleno (Segurança Institucional)
Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia)
Sérgio Moro (Justiça)
Tereza Cristina (Agricultura)
General Fernando Azevedo e Silva (Defesa)
Ernesto Araújo (Relações Exteriores)
Wagner Rosário (Transparência e CGU)
Luiz Henrique Mandetta (Saúde)
André Luiz de Almeida Mendonça (AGU)
Gustavo Bebianno (Secretaria Geral da Presidência)