Arquivo diários:30/04/2019

Mulher comemora morte do marido com cerveja e música alta: ‘não apanho mais dele’

Um caso inusitado ganhou repercussão após ser narrado em um programa online no interior da Bahia nesse domingo (4). Um homem morreu atropelado após tentar atravessar uma rua em Santo Antônio de Jesus. A esposa, Joélia dos Santos Souza, de 47 anos, conta que o marido a agredia diariamente. Com isso, resolveu dar uma festa para comemorar a morte do ex-companheiro.

“Fiz uma festa!”, conta a mulher sorridente. O repórter questiona o motivo da comemoração e a mulher explica. “Ele (o marido) me batia muito quando era vivo. Então comprei uma caixa de cerveja, liguei o som e fiz uma festa”, diz.

O repórter pergunta como a mulher se sente hoje. “Estou feliz, não apanho mais dele”, completa. A dona de casa tem sete netos e agora quer curtir a vida e ser mais feliz. Durante a entrevista, sorriu o tempo todo. A data em que o marido de Joélia morreu não foi informada.
Divulgação/Voz da Bahia

Veja a entrevista completa do canal “Voz da Bahia”:

Existem muitas histórias com a de Joélia dos Santos pelo Brasil. Se você conhece alguma, não se cale. Denuncie pelo telefone 180, na Central de Atendimento à Mulher. A ligação é gratuita, funciona 24 horas por dia e é totalmente sigilosa.

Tinder do Facebook’ chega ao Brasil; entenda como funciona

Apresentado no ano passado, o Facebook Dating, o serviço de paquera da rede social, começa a funcionar nesta terça, 30, no Brasil e em outros 13 países (Peru, Chile, Bolívia, Equador, Paraguai, Uruguai, Guiana, Suriname, Filipinas, Vietnã, Singapura, Malásia e Laos). O lançamento acontece na F8, a feira de desenvolvedores do Facebook – onde, no ano passado, o Facebook revelou o lançamento do Dating.

O serviço, que chega para competir com o Tinder, já está disponível dentro do Facebook e é gratuito. Ao contrário do rival, a plataforma será uma aba dentro da rede social, e não um app em separado. A companhia, porém, diz que nas primeiras semanas estará apenas recebendo informações dos usuários, até que comece a sugerir candidatos a um relacionamento.

Visual do Dating: no topo uma aba com o perfil, interesses e conversas; matches em grupos e eventos ficam abaixo 
Visual do Dating: no topo uma aba com o perfil, interesses e conversas; matches em grupos e eventos ficam abaixo

Foto: Facebook / Estadão Conteúdo

Como participar

Oficialmente, o serviço é separado da rede social, mas para participar é preciso ter um perfil no site. O Dating funcionará dentro do serviço principal do Facebook, tanto na versão web quanto na versão para celulares. Serão permitidos apenas maiores de idade no serviço.

Por padrão, o usuário terá que criar um novo perfil e não poderá importar automaticamente informações do perfil principal no Facebook – o Dating puxará apenas nome, sobrenome e idades dos participantes. Essas informações não poderão ser alteradas.

Porém, a empresa está implementando uma nova ferramenta, já ativa na Argentina, que sugere informações para serem importadas, como fotos. Nesse caso, serão sugeridas até quatro fotos, incluindo uma foto do perfil do Facebook e fotos destacadas (se disponíveis), bem como a biografia, cidade natal, educação e profissão. Segundo a empresa, isso foi um pedido dos usuários.

Para criar um perfil , o usuário deverá baixar a versão mais recente do app do Facebook. No menu “Mais”, o usuário encontra o símbolo de coração. No cadastro, o usuário também informará o seu gênero e quais pessoas tem interesse em ver. Continue lendo Tinder do Facebook’ chega ao Brasil; entenda como funciona

Justiça nega novo pedido de prisão de Temer

O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal do DF, negou novo pedido de prisão preventiva de Michel Temer, desta vez no caso do inquérito dos portos, registra O Globo.

A decisão do juiz foi tomada em conjunto com o recebimento da denúncia contra o ex-presidente e outros acusados, divulgada ontem. Reis Bastos avaliou que não era caso para prisão preventiva.

A força-tarefa da Operação Greenfield, autora do pedido de prisão, havia argumentado que a medida se justificava pela necessidade de resguardar a integridade das investigações

DETRAN emite nota sobre Operação Chapa Fria

NOTA DETRAN/RN:

Operação Ministério Público

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vem a público se pronunciar a respeito da operação desencadeada na manhã desta terça-feira (30), pelo Ministério Público do RN, que investiga o processo de credenciamento de estampadoras de Placas Veiculares no padrão Mercosul:

1- O Detran reitera seu compromisso com a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, e diante do ocorrido, se coloca a inteira disposição dos órgãos públicos de investigação e controle para esclarecer e contribuir com a verdade dos fatos;

2- De imediato deixamos claro que a investigação alvo do Ministério Público do RN trata de um ato validado no ano de 2018, portanto, em gestão e Governo anteriores;

3- Seguindo os parâmetros do Governo atual, ressaltamos que qualquer investigação que venha edificar os processos nos pilares da transparência e da legalidade, necessariamente, vai contar com o apoio, com a contribuição e com o agradecimento da atual Direção do Detran;

4- Por fim, aguardamos o trabalho de investigação e os devidos esclarecimentos.

Pagamento do Piso dos Professores será em folha extra na próxima sexta-feira

Foto: Demis Roussos

O Governo do Rio Grande do Norte já trabalha na confecção de uma folha extra para pagar o piso dos professores da rede estadual na próxima sexta-feira, dia 03 de maio. O pagamento deveria ter saído nesta sexta-feira (30), juntamente com a folha de abril. No entanto, como o projeto de lei complementar só foi aprovado na Assembleia Legislativa no dia 25, quando a folha já estava fechada, não houve tempo para implantar o reajuste do piso, que é de 4,17%.

A Secretária Estadual de Administração, Virgínia Ferreira, disse que os servidores estão trabalhando em regime de urgência. “Sabemos que a folha precisa ir para o Banco do Brasil com 48h de antecedência. Temos o feriado de 1º de maio, mas todas as medidas, no âmbito do Poder Executivo, estão sendo tomadas visando garantir o cumprimento do acordo com a categoria.”

O professor Getúlio Marques Ferreira, secretário estadual de Educação explicou que a folha suplementar dos professores da ativa virá com a diferença entre valor do novo piso e o do piso anterior, além da primeira parcela do retroativo, referente ao mês de janeiro. Para aposentados e pensionistas, a implantação do piso será feita na folha regular de maio. No caso deles, o retroativo começa a ser pago em junho.

Nesta terça-feira (30), véspera de feriado, o Governo concluiu o pagamento do restante da folha salarial de abril do funcionalismo estadual. Estão circulando mais R$ 142 milhões na economia do Estado. Com isso, o Governo cumpre o pagamento em dia de todo o primeiro quadrimestre da gestão, e segue com ações na obtenção de recursos extras para quitar o passivo deixado pela última gestão.

Operação Chapa Fria investiga empresários e ex-diretores do DETRAN/RN

Operação Chapa Fria foi deflagrada nesta terça-feira (30). MPRN investiga direcionamento, manipulação e fraude no processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta terça-feira (30) a operação Chapa Fria. O objetivo é apurar suposta prática de crimes ocorridos durante o processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul realizado no âmbito do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). Ao todo, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e funcionais dos investigados.
A operação Chapa Fria contou com o apoio da Polícia Militar. Ao todo, 18 promotores de Justiça, 25 servidores do MPRN e 57 policiais militares participaram da ação. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Assu.
A ação investiga o direcionamento, manipulação e fraude no processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas com o objetivo de favorecer um grupo de empresas. Os supostos crimes foram cometidos, em tese, principalmente pelo presidente da Comissão instituída pelo Detran para o credenciamento de fabricante ou estampadores de placas padrão Mercosul, com o possível consentimento de um ex-diretor diretor-geral da autarquia estadual.
De acordo com o que já foi apurado pelo MPRN, há indícios que os dois estabeleceram requisitos e impuseram obstáculos nas normas locais, notadamente o edital e o regulamento, que não constavam nas resoluções do Denatran. Com isso, eles impuseram empecilhos técnicos e direcionaram o processo de credenciamento em favor de determinadas empresas.
Ainda segundo o que já foi investigado, para obter o controle total do processo de credenciamento e realizar a manipulação pretendida, os dois criaram uma comissão de credenciamento de fachada, cujos membros designados eram servidores do Detran que sequer sabiam que integravam essa comissão e jamais praticaram quaisquer atos dos que foram publicizados e inseridos fraudulentamente no sistema eletrônico de informações do órgão.
Recomendação
Em fevereiro passado, o MPRN recomendou que o Detran anulasse o edital credenciamento de fabricantes e estampadores de placas padrão Mercosul publicado em dezembro do ano passado. Para o MPRN, o edital de credenciamento de fabricantes e estampadores deveria ter sido anulado por ausência de competência do Detran em instituir um novo procedimento de credenciamento, uma vez que essa tarefa compete ao Denatran.
Além de anular o edital, o Detran deveria, pelo que foi recomendado, adotar medidas para restituir a diferença de valor dessas placas já pago por consumidores que já instalaram o modelo Mercosul. Segundo levantamento do MPRN, o valor médio das placas passou de R$ 80 para R$ 202 no Rio Grande do Norte. A frota de veículos circulando atualmente no RN é de cerca de 1,2 milhão, segundo dados da Confederação Nacional de Transportes (CNT).
Já em fevereiro, o MPRN alertou que havia indícios de que o processo de credenciamento dessas estampadoras teria sido viciado, principalmente em relação à simulação das atividades da Comissão instituída para esse credenciamento. Em inquérito civil instaurado, o MPRN apurou que todos os atos supostamente praticados pela Comissão de Credenciamento foram, na verdade, praticados monocrática e arbitrariamente por um único servidor do Detran, “de modo que a Comissão não passou de uma simulação de Colegiado, eivando-se, pois, seus atos, de vícios e ilegitimidade”.
Ainda segundo o MPRN, esse processo viciado restringiu o mercado de fornecedores de placas, intervindo indevidamente na atividade econômica e vulnerando a ampla concorrência.
Na recomendação, o MPRN adiantou que iria adotar as medidas legais necessárias a fim de assegurar que o que foi recomendado seja implementado, inclusive através do ajuizamento da ação judicial.
Clique aqui e confira a decisão.

Mais uma do Ministério Público do RN

Depois de comprar um prédio fantasma sem serventia, de contratar uma academia para seus membros serem massageando-se e ficarem bombados e dos sucessivos aumentos de salários, sendo o Ministério Público mais caro dos Estados do Nordeste, acões atabalhoadas, levianas e perseguidoras contribuem para desmoralizar mais ainda o Ministério Público do RN. A ação pedindo o bloqueio dos bens da filha do ex-governador Robinson Faria é uma delas.

Apesar de ser aceita pelo juiz  da  3ª vara da Fazenda Pública de Natal, Bruno Montenegro Ribeiro , qualquer servidor da Assembleia Legislativa sabe e é testemunha que Janine Faria cumpria com seu expediente e suas obrigações funcionais.  Ela sempre foi uma pessoa estimada pelos seus colegas servidores sendo filha do ex-presidente e do então governador pela humildade, simplicidade e simpatia.

A mesma perseguição fizeram com a servidora e jornalista Hilneth Correia e perderam na justiça pela denúncia ser leviana e sem provas.

Até quando o Ministério Público do RN vai continuar destruindo  reputação de pessoas de bem?

Bater no ex-governador Robinson Faria Agora é muito fácil, defendê-lo fazendo justiça é mais difícil..

Laranjas: Gráfica não funcionava há dois anos, diz PF

Uma gráfica utilizada no suposto esquema de candidaturas laranja do PSL nas eleições de 2018 não funcionava há mais de dois anos, conforme investigações da Polícia Federal. A empresa, ainda segundo a PF, tinha como proprietário Reginaldo Donizete Soares, irmão de Roberto Soares, um dos principais assessores do atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, na época das eleições. Marcelo Álvaro foi presidente do PSL em Minas até o inicio de 2019. A sede do PSL em Minas foi alvo de buscas da PF nesta segunda-feira, 29.

O ministro não é investigado na primeira operação da Polícia Federal, deflagrada nesta manhã, como parte das apurações sobre o suposto esquema.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, participa de audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado, em Brasília.
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, participa de audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado, em Brasília.

Foto: Mateus Bonomi / Agif / Estadão Conteúdo

Segundo o delegado Marinho Rezende, responsável pelo inquérito, essa fase da operação foca nas declarações de prestação contas de candidatas. “Investigações sobre dirigentes do partido serão feitas depois”, afirma Rezende.

A operação foi batizada de “Sufrágio Ostentação”. Continue lendo Laranjas: Gráfica não funcionava há dois anos, diz PF

Ministério Público pede liberdade para acusados de matar músico com 80 tiros

Estadão/Fábio Grellet

O Ministério Público Militar (MPM) recomendou a libertação dos nove militares que estão detidos desde 7 de abril, acusados de matar com 80 tiros o músico Evaldo Rosa e o catador Luciano Macedo, em Guadalupe, na zona norte do Rio. A informação é do advogado Paulo Henrique Pinto de Mello, que defende os militares e pediu a libertação dos acusados ao Superior Tribunal Militar (STM).

Mello narrou o procedimento de apresentação do recurso: “Juntei o inquérito e demonstrei que, na opinião da defesa, a prisão (dos militares) era ilegal, era um constrangimento ilegal, e que eles preenchiam todos os requisitos para responder (ao processo) em liberdade. (O recurso) foi para a juíza, que poderia ter o juízo de retratação, (mas) ela manteve os fundamentos da prisão, e então foi para o procurador-geral de Justiça Militar. Aí existe a figura do subprocurador. Já veio aos autos o parecer do subprocurador (Carlos Frederico de Oliveira Pereira), em nome do procurador-geral, pela concessão da liberdade provisória. Agora aguardamos o ministro (Lucio Mário de Barros Góes, relator do recurso no STM) se manifestar em relação à liminar ou colocar o habeas corpus em sessão para que a defesa faça sustentação oral. Mas a defesa está muito confiante de que eles respondam em liberdade provisória”, contou o advogado.

Parentes e amigos no enterro do músico Evaldo dos Santos Rosa, de 46 anos, no Cemitério de Ricardo de Albuquerque, na zona norte do Rio de Janeiro
Parentes e amigos no enterro do músico Evaldo dos Santos Rosa, de 46 anos, no Cemitério de Ricardo de Albuquerque, na zona norte do Rio de Janeiro

Foto: WILTON JUNIOR / Estadão Conteúdo

Em seu parecer, o subprocurador Pereira considerou que os militares não descumpriram as regras de conduta, porque “tentavam salvar um civil da prática de um crime de roubo”. A reportagem não conseguiu contato com o MPM e o subprocurador na noite desta segunda-feira, 29. Continue lendo Ministério Público pede liberdade para acusados de matar músico com 80 tiros

Prefeito Álvaro Dias declara guerra ao consumo e tráfico de drogas

“A assinatura desses dois decretos é muito importante para todos nós Isto porque têm relação direta com as políticas públicas de prevenção à violência e reforço na segurança realizadas por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes). Com isso vamos estender o trabalho da Guarda Municipal para vários setores de Natal. A segurança pública será prioridade na nossa gestão”, destacou o prefeito Álvaro Dias ao assinar na manhã desta segunda-feira (29), no Palácio Felipe Camarão, os decretos que criam o Plano Municipal de Políticas sobre Drogas e a oficialização e regulamentação da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN).

De acordo com Álvaro Dias, a preocupação com a segurança na capital é generalizada, e a oficialização da Romu vem contribuir com a segurança. “Em que pese a atribuição da segurança pública ser do Governo do Estado, a Romu se integra à Guarda Municipal para dar mais segurança à população da capital”. E concluiu: “Estamos trabalhando para adquirir mais viaturas para a Romu e ampliar o sistema de videomonitoramento para a cidade inteira, e o efetivo da Guarda Municipal está preparado para a missão”. Continue lendo Prefeito Álvaro Dias declara guerra ao consumo e tráfico de drogas