Marco Aurélio critica promessa de Bolsonaro de indicar Moro ao STF: “Soa muito mal”

O ministro do STF Marco Aurélio Mello Foto: Jorge William / Agência O GloboO ministro do STF Marco Aurélio Mello Foto: Jorge William / Agência O Globo

André de Souza

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), criticou nesta segunda-feira (13) a declaração dada no domingo pelo presidente Jair Bolsonaro, quando ele disse que vai indicar o ministro da Justiça, Sergio Moro, para a primeira vaga que surgir na Corte. O presidente afirmou que fará isso porque tem um compromisso com Moro. Para Marco Aurélio, isso “soa muito mal” para o ministro da Justiça, por sugerir que houve uma “troca” e que ele virou “as costas” ao cargo que ocupa atualmente.

“Isso soa muito mal para o ministro da Justiça, como se ele tivesse feito uma troca. Agora só vai haver vaga em novembro de 2020, a não ser que tenha acidente de percurso ou antecipação de aposentadoria. Temos de esperar um pouco. Agora é péssimo. No contexto é muito ruim”, disse Marco Aurélio.

Questionado sobre o anúncio feito por Bolsonaro, faltando um ano e meio para o ministro Celso de Mello completar 75 anos e se aposentar, abrindo uma vaga no STF, Marco Aurélio voltou a criticar a declaração do presidente.

“Não sei. Isso caberá aos senadores. Agora que ressoa muito mal, ressoa, pelo fato de ele ter virado as costas a um cargo efetivo sem aposentadoria e com outros compromissos. Mas, paciência. São as pessoas em si. Vamos esperar”, afirmou Marco Aurélio.

Fonte: Época

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *