Proposta de Rogério Marinho é modificada e derrotada na CCJ do Senado

A equipe de Rogério Marinho fez as contas e concluiu que a versão da reforma da Previdência de Tasso Jereissati, aprovada hoje na CCJ do Senado, representará menos 63 bilhões de reais de economia nos próximos dez anos.

Se aprovada da maneira como Tasso quer, o total a ser economizado será de 870 bilhões de reais — bem menos do que a soma acima de 1 trilhão acalentada pelo ministério da Economia e Rogério Marinho.

Para compensar, só com medidas paralelas e a inclusão de estados e municípios na reforma.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *