Em nota, servidores da SEMUT repudiam a atitude “irresponsável” do vereador Cícero Martins

NOTA DE REPÚDIO

Os servidores da Secretaria Municipal de Tributação – SEMUT vêm por meio desta nota, repudiar as declarações do vereador Cícero Martins (PSL) que utilizou o espaço da Câmara Municipal, que deve ser destinado ao debate construtivo de interesse da população, para proferir insultos e calúnias contra os servidores públicos e contra a entidade sindical, debochando da situação dos trabalhadores em greve e referindo-se aos servidores como “baderneiros” e “depredadores do patrimônio público”.

Os servidores da SEMUT estão em greve desde o dia 26 de setembro de 2019 pela correção de injustiças e valorização da categoria, com acampamento pacífico instalado em frente à secretaria. Vale destacar que os grevistas são os primeiros a recepcionar os contribuintes que chegam à secretaria. Os servidores enquadrados no plano geral possuem salário inicial de R$ 725,00 e a Gratificação de Atividade Fazendária (GAF), única percebida por estes servidores, está congelada há 7 anos. Isso gera uma DIFERENÇA SALARIAL enorme entre os servidores da SEMUT e o fisco.

Como vereador, deveria cumprir o seu papel de parlamentar e fiscalizar a Prefeitura de Natal que atua de maneira discriminatória, privilegiando com altos salários e benefícios algumas categorias, como os auditores fiscais, enquanto trata outras a pão e água.

e esperamos a retratação pública do mesmo visto que claramente, não sabe o que fala e não conhece a luta legítima dos servidores públicos municipais por seus direitos.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *