Arquivo diários:09/12/2019

Governadora Fátima Bezerra estabelece calendário para pagamento da folha de dezembro e 13° de 2019

O Governo do Estado anunciou que salários de dezembro para os servidores estaduais  serão pagos dias 14 e 30.

O critério permanece o mesmo de dezembro: pagamento integral para quem ganha até 4 mil e 30% para quem ganha acima disso.

Os servidores da Segurança Pública receberão salários integrais dia 14.

No dia 30 (segunda-feira) serão pagos os salários dos órgãos com arrecadação própria, a Educação; e o restante dos que recebem acima dos 4 mil.

O 13º salário de 2019 começará a ser pago dia 31 (terça-feira) havendo a possibilidade que parte do funcionalismo só receba o pagamento dia 2.

 

Prefeito Álvaro Dias visita escola municipal que será Cívico-Militar em 2020

O prefeito Álvaro Dias visitoua Escola Municipal Professor Veríssimo de Melo, no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal.

Acompanhado do deputado federal General Girão(PSL), de secretários municipais e representantes da Secretaria Municipal de Educação, o gestor da capital percorreu todo o estabelecimento de ensino, que se transformará, em 2020, na primeira escola Cívico-Militar do Rio Grande do Norte.

“Essa escola receberá um grande investimento e queremos que ela se torne modelo, não apenas para nosso estado, mas para o País”, enfatizou Álvaro Dias. O prefeito de Natal agradeceu o esforço do general Girão na obtenção dos recursos necessários para a implantação do projeto. “É importante que ele tenha ido junto, porque está ajudando muito na obtenção desses recursos”, comentou.

Álvaro Dias falou com funcionários, professores e alunos. Na sala do 9° ano, o prefeito fez questão de parabenizar aos professores e estudantes da escola que teve seis aprovados no exame de seleção do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN. “Parabenizo a todos, porque vocês estão mostrando que são bons alunos e também que temos bons professores”, disse. O chefe do executivo disse ainda que espera uma reformulação no estabelecimento de ensino, desde a estrutura geral da escola, até os equipamentos, passando pela relação com pais e alunos.

Gestão do prefeito Paulinho Emídio em São Gonçalo é considerada a mais bem avaliada da Grande Natal pelo Tribunal de Contas do RN

Divulgado pelo Tribunal de Conta do Rio Grande do Norte, o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) apontou São Gonçalo do Amarante como uma ‘gestão efetiva’, e a mais bem avaliada da Grande Natal.

Para ser considerada uma gestão efetiva, o município é avaliado pelo investimento de recursos e qualidade de sete áreas da administração pública. De acordo com os dados divulgados, nos indicadores de saúde e educação São Gonçalo é considerada como ‘muito efetiva’.  Vale destacar que, recentemente, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) colocou o município como a melhor gestão fiscal do Rio Grande do Norte.

O prefeito Paulo Emídio garante que todos esforços estão sendo desenvolvidos para manter sua gestão equilibrada com investimentos sendo realizados em todos os setores.

Após acumular 5 derrotas no UFC, ex-campeão, potiguar Renan Barão, é demitido

A carreira de Renan Barão no maior evento de artes marciais mistas do mundo, o UFC, chegou ao fim. O ex-campeão dos pesos galos, até 61 quilos, vinha de cinco derrotas consecutivas e apresentava um desempenho muito abaixo do esperado pelos organizadores do UFC.

Nas últimas oito lutas na organização, Barão venceu apenas uma e vinha caindo de rendimento a cada nova luta. Mesmo com todo o apoio de seus treinadores, e de José Aldo, que treina na mesma academia de Barão, a Nova União, o lutador não conseguiu voltar a ter o mesmo desempenho após a perda do cinturão para DJ Dillashaw, ocorrida em 2015 no UFC 173.

Apesar da má fase, o lutador de 32 anos, nascido no Rio Grande do Norte, teve uma série impressionante de vitórias em sua carreira. Até fevereiro de 2014, ele tinha um cartel quase perfeito marcando, 32-1, ou seja, 32 vitórias e apenas 1 derrota, sendo que essa derrota ocorreu em sua primeira luta na carreira.

“Bacurau” é eleito o melhor filme de festival de cinema na Espanha

Bacurau foi eleito o melhor filme de festival de cinema na Espanha.  O título do filme é o apelido do último ônibus da madrugada no Recife, e a origem do nome vem de uma ave de hábitos noturnos comum nos sertões brasileiros, que era chamada pelos povos tupis de wakura’wa.

A produção conquistou também o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019, tornando-se o segundo filme brasileiro da história a ser laureado no certame geral, após O Pagador de Promessas (1962) de Anselmo Duarte.Além de ter sido premiado em diversos festivais de cinema, o filme foi selecionado para mostras principais de festivais não competitivos prestigiados mundialmente, como o Festival de Nova York (NYFF)

 

Consulta ao sétimo lote de restituição do Imposto de Renda é liberada hoje (9)

Começa nesta segunda-feira, às 9 horas da manhã, a consulta ao sétimo lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física deste ano. O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

Mais de 320 mil contribuintes serão contemplados e receberão o dinheiro no dia 16 de dezembro. Desta vez, a Receita vai liberar R$ 700 milhões. A restituição fica disponível no banco durante um ano. A consulta ao lote de restituição estará disponível na página da Receita Federal, receita.economia.gov.br, e no Receitafone 146

UOL destaca demissões na InterTV Cabugi e diz que emissora está em crise

Deu no Portal Uol que A TV InterTV Cabugi, afiliada da TV Globo no Rio Grande do Norte, está promovendo uma demissão a rodo nas últimas semanas.

Segundo a coluna apurou, somente nos últimos dias foram 8 cinegrafistas demitidos. Somados a outros cinco repórteres cinematográficos, só nesse setor foram 13 dispensados.

No lugar dos demitidos, segundo o sindicato local, a emissora vem contratando vídeo-repórteres por salários bem menores que os pagos anteriormente.

Lei de proteção aos dados pessoais qualifica Brasil

Todas as empresas e órgãos públicos dispõem de oito meses para se adaptar à Lei Geral de Proteção de Dados, que estabelece normas à coleta e ao tratamento de dados no país, sejam digitais ou não.

Inovadora, essa legislação foi aprovada em 2018 com prazo largo e incomum, de 24 meses, para a transição dos setores público e privado. Entra em vigor em agosto do ano que vem.

Parte das empresas já está preparada, mas raros são os órgãos públicos que avançam na organização para assegurar proteção à privacidade.

Uma centena de países já instituiu normas restritivas ao uso, manipulação, tratamento e difusão de dados pessoais. No Brasil a lei permitirá transferência de dados ao exterior, desde que o país de destino possua nível de zelo compatível, ou quando é possível comprovar idênticas condições. Via contratos, por exemplo.

Os legisladores nacionais se inspiraram, principalmente, na experiência europeia recente (com o General Data Protection Regulation). O espírito da lei brasileira deverá ser replicado, com adaptações, nos demais países associados ao Mercosul.

Carlos Bolsonaro reativa conta no Twitter, após quase um mês fora das redes sociais

Após quase um mês fora das redes sociais, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) reativou neste domingo sua conta no Twitter. Na descrição do perfil dele, o vereador escreveu: “vereador da cidade do Rio de Janeiro (ainda podendo opinar sobre o que achar pertinente)”. Ele postou hoje um curto vídeo, mas não fez comentários sobre a política. Em novembro, o filho do presidente Jair Bolsonaro tirou do ar suas páginas no Twitter, Facebook e Instagram.

Na época, interlocutores de Bolsonaro no Palácio do Planalto atribuíram ao presidente a saída do filho das redes. Segundo esses aliados, Bolsonaro vinha mostrando incômodo com as publicações do “02”, em especial aquelas que criticavam o Supremo Tribunal Federal (STF), instituição que ele vem deixando fora da linha de tiro, como informou a colunista Bela Megale.

Carlos é considerado um dos principais responsáveis por criar a estratégia digital de Jair Bolsonaro nos últimos três anos, quando a candidatura presidencial começou a ser construída.

Pelo Twitter, ele deflagrou a primeira crise no coração do Palácio do Planalto ao atacar Gustavo Bebianno, ministro da Secretaria-Geral da Presidência. O comportamento, porém, não é exceção. O “pitbull” da família usa a rede social como uma metralhadora giratória.

É de Carlos também a ideia de atacar mais ferozmente adversários de esquerda e a imprensa. A conduta causou conflito entre os que sempre defenderam uma estratégia mais moderada para Bolsonaro.

Em fevereiro deste ano, O GLOBO analisou 500 tuítes feitos por Carlos entre 15 de dezembro e 15 de fevereiro e constatou que 72,2% das postagens feitas pelo parlamentar eram ataques . O alvo preferencial é a imprensa, mas também sobram bordoadas para a esquerda e até mesmo para aliados, como no episódio em que foi pivô da saída do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno.

O Globo

Com custos sigilosos, Rodrigo Maia já fez 229 viagens em jatinhos da FAB e ainda deu carona a 2.131 pessoas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, é o recordista absoluto de uso dos jatos da Força Aérea Brasileira (FAB), este ano, no total de 229 viagens e inacreditáveis 2.131 passageiros transportados. na nossa conta, claro. Maia não é o único a aproveitar a regalia. O uso dos aviões da FAB é restrito ao vice-presidente da República, ministros de Estado e aos presidentes do Supremo, da Câmara e do Senado. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os presidentes Dias Toffoli (STF) e Davi Alcolumbre (Senado) também aproveitam, mas números de Maia fazem o uso deles parecer irrisório.

Até a terça (3), Dias Toffoli já havia realizado 87 viagens “a serviço” em jatinhos da FAB, na companhia de um total de 1.091 passageiros.

Alcolumbre fez 43 viagens, levando 743 pessoas com ele, entre fevereiro e terça (3). Incluindo passeio nos EUA em plena Black Friday.

Como os custos são sigilosos por envolverem aeronaves militares, os políticos deitam e rolam, sem prestar conta do gasto a quem paga: nós.

Diário do Poder