Pessoa próxima a Bolsonaro tentou sequestrar jornalista da Globo, diz Bebianno

Ex-secretário fez revelação surpreendente sobre pessoa ligada ao presidente

Gustavo Bebianno, ex-secretário-geral da Presidência da República, afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta sexta-feira (20), que uma pessoa ligada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentou sequestrar um jornalista da Globo, na saída de um restaurante em São Paulo.

De acordo com Bebianno, o jornalista que sofreu o ataque foi Lauro Jardim, colunista do jornal O Globo. O ex-braço direito de Bolsonaro não revelou o nome da pessoa, mas garantiu que ele já fez ameaças a jornalistas de outros veículos.

Sem dar detalhes das informações divulgadas, ele atacou o ex-chefe. “O presidente parece que escolhe a dedo pessoas muito perigosas. Inclusive, há uma pessoa muito próxima a ele que recentemente tentou sequestrar um jornalista do sistema Globo. Tentou enfiar o Lauro Jardim dentro de um automóvel, uma coisa meio forçada. O Lauro ficou muito nervoso, muito preocupado”, revelou.

Demitido do governo logo nos primeiros meses de 2019, o ex-secretário disse que o assunto chegou à direção da Globo e no departamento jurídico do jornal O Globo. “Essa pessoa foi notificada inclusive pelo sistema Globo para que não se aproximasse mais do Lauro Jardim”, contou.

A pessoa citada já ameaçou outros nomes conhecidos do meio jornalístico. “Essa mesma pessoa já ameaçou uma jornalista da revista Época e já fez ameaças veladas a outra jornalista do jornal O Globo. São essas as pessoas que estão ao redor do presidente”, garantiu.

Gustavo Bebianno foi questionado sobre uma fala do presidente sobre o ataque que sofreu durante as eleições de 2018, em Juiz de Fora, em Minas Gerais. À revista Veja, Bolsonaro disse que “esse atentado teve a mão de 70% da esquerda, 20% de quem estava do meu lado e 10% de outros interesses”.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *