McDonald’s no Peru é multado após 2 funcionários morrerem eletrocutados

Por EFE

Lima – A rede de fast-food McDonald’s no Perufoi responsabilizada por cometer “infrações muito graves” em segurança e saúde no trabalho, que resultaram na morte de dois jovens funcionários na madrugada do último dia 15, pelos quais a empresa deverá pagar uma multa de 845.670 soles (cerca de R$ 1 milhão).

A multa foi anunciada pela Superintendência Nacional de Inspeção do Trabalho (Sunafil), após uma investigação sobre as causas da morte dos jovens Carlos Campos Zapata e Alexandra Porras Inga, de 19 e 18 anos, respectivamente, que foram eletrocutados durante faziam faxina em uma das unidades da rede.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *