Presidente da Câmara Paulinho Freire vai à Prefeitura nesta 6ª feira devolver mais de 5 milhões ao Município

Por Thaísa Galvão

O prefeito Álvaro Dias vai receber um dinheiro que não contava neste final de ano.

O presidente da Câmara, Paulinho Freire, vai devolver ao Município cerca de R$ 5,5 milhões provenientes do repasse de verba mensal obrigatória do Executivo.

O montante que voltará aos cofres municipais é a maior devolução da história da Câmara de Natal e representa economia feita pelo Parlamento.

O protocolo de devolução será nesta sexta-feiraàs 11h, no Palácio Felipe Camarão.

O valor economizado pela Câmara retornará aos cofres do Executivo no dia 29 de dezembro.

“É de conhecimento geral que o momento econômico do país continua exigindo adequações. Assim, tomamos medidas como redução de cargos comissionados, corte de diárias, horas extras, gratificações, passagens aéreas, buffet e redução da frota de veículos. Trata-se de uma questão de zelo com o dinheiro do contribuinte e de administrar com responsabilidade. Planejamos isso no início do ano e conseguimos executar, conforme a meta estabelecida”, disse o presidente da Câmara.

“Acreditamos que essa devolução é fruto da compreensão do parlamento sobre a necessidade de otimizar recursos, gerar economia e contribuir, efetivamente, para a qualificação dos serviços prestados pelo poder público ao conjunto da população”, enfatizou.

“Em 2002, quando presidente, já fiz devolução de verbas ao Executivo. Agora, chegando nessa época de festas de fim de ano, considero esse o maior motivo para minha comemoração. É gratificante devolver recursos em benefício da população, considerando que esse é fruto de um trabalho voltado à economia e prudência de gastos. Certamente, no próximo ano, continuaremos com práticas voltadas à transparência no trato do erário público, com método e participação popular”, finalizou o vereador Paulinho Freire.

Finte: www.thaisagalvao.com.br

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *