João Maia atende prefeito Paulinho e consegue hospital de grande porte para São Gonçalo do Amarante junto ao Governo Federal

O Ministério da Saúde confirmou o empenho no valor de R$ 50 milhões de reais para a construção de um hospital com 150 leitos na sede do município de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal.

O novo hospital geral contará com várias clínicas – médica, cirúrgica e obstétrica e terá unidades de terapia intensiva adulta e infantil. A previsão de execução das obras é de dois anos.

O novo hospital de São Gonçalo é o maior investimento em infraestrutura de saúde realizado pelo governo Bolsonaro no Rio Grande do Norte até o momento. O deputado João Maia e o prefeito Paulo Emídio vinham defendendo a viabilidade da obra junto ao ministério da saúde desde o início do ano.

João Maia e Paulinho anunciaram a confirmação da obra nas suas redes sociais: “Uma grande conquista para a saúde do estado. Recebi a notícia do Ministro da Saúde que foi empenhado no OGU R$ 50 milhões para a construção do Hospital de São Gonçalo do Amarante. Obra de grande dimensão para a Região Metropolitana de Natal. Quero Agradecer ao Presidente Jair Bolsonaro e ao Ministro Luís Henrique Mandetta por este grandioso gesto com o Estado do Rio Grande do Norte”, comemorou João Maia.

O prefeito Paulo Emídio ressaltou ser uma “vitória do acreditar, do lutar com perseverança, do esforço silencioso de líderes compromissados e do trabalho em equipe – aliando competência técnica com visão de futuro e sensibilidade social.” Ele finalizou declarando-se “muito feliz e agradecido por essa conquista histórica – a todos que contribuíram para que este sonho esteja se tornando realidade.”

O novo hospital de São Gonçalo deve compor a rede de atenção de média e alta complexidade da região metropolitana de Natal, assumindo parte da demanda que hoje depende do hospital Walfredo Gurgel e outras unidades da capital, facilitando o acesso da população do município e da área norte da RMN dentro do plano de regionalização do atendimento do SUS.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *