Arquivo diários:28/03/2020

“Se morrerem 20 mil, será um bom trabalho”, diz Reino Unido

O Reino Unido terá feito um bom trabalho se passar pela crise do coronavírus com menos de 20 mil mortes, afirmou o diretor médico do Serviço Nacional de Saúde (NHS), Stephen Powis, neste sábado.
Questionado se esperava que o Reino Unido não estivesse na mesma trajetória de outros países, como a Itália, Powis disse: “Se conseguirmos manter as mortes abaixo de 20 mil, teremos feito um bom trabalho nesta pandemia”.

“Se for menos de 20 mil… isso seria um bom resultado, embora cada morte seja uma tragédia, mas não podemos ser complacentes sobre isso”, disse Powis, em uma entrevista coletiva em Downing Street, residência oficial do primeiro-ministro, ao lado do secretário de Comércio, Alok Sharma.

Covid-19 foi confirmado em pelo menos quatro favelas do Rio

Ao todo, existem 431 casos registrados de covid-19 no município, a maioria deles na Barra da Tijuca
Fábio Grellet/ RIO

O coronavírus continua se espalhando por favelas do Rio de Janeiro. Depois do caso confirmado pela prefeitura na Cidade de Deus (zona oeste), no balanço atualizado pela administração municipal até as 18h de sexta-feira (27) foram anunciados dois casos em Manguinhos, um em Parada de Lucas (ambas comunidades da zona norte) e um no Vidigal (favela da zona sul).

Brasil tem 111 mortes e 3.904 casos confirmados de covid-19

Ministério da Saúde atualiza números oficiais para este sábado
Julia Lindner, André Borges e Fábio Grellet

O Brasil registrou hoje, em atualização da plataforma do Ministério da Saúde, 3.904 casos confirmados da covid-19, transmitida pelo novo coronavírus. O número corresponde a 487 novas confirmações em relação à última atualização de ontem dos dados da pandemia no País, 14% de incremento.

As mortes pela doença chegam a 111, com aumento de 19 casos em relação a ontem. O índice de letalidade está em 2,8%. O horário de fechamento dos números foi às 15h deste sábado, 28.

O País tem infectados em todas as regiões e Estados. São Paulo é a unidade da Federação mais afetada pela doença, com 1.406 casos confirmados. Em seguida, Rio de Janeiro (558), Ceará (314) e o Distrito Federal (260).

3.904 casos confirmados
111 óbitos
2,8 % de letalidade
Todos os estados registraram casos da doença e dez apresentaram óbitos: AM, CE, PE, PI, RJ, SP, GO, PR, SC e RS.

Erramos”: um mês após campanha para não parar, Milão tem 4,4 mil mortos Prefeito de Milão admite que campanha #MilãoNãoPara foi um erro: “


O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, reconheceu, nesta quinta-feira (26/3), que errou ao apoiar a campanha “Milão não para”, que, lançada há exatamente um mês, estimulou os moradores da cidade a continuar as atividades econômicas e sociais, mesmo com a pandemia do novo coronavírus.

Hoje, Milão é a província da Itália mais atingida pela Covid-19, registrando 32.346 casos de pessoas contaminadas e 4.474 óbitos, de acordo com balanço da Defesa Civil divulgado nesta quinta-feira, 26 de março. Em termos quantitativos, a cidade abriga 40,1% da população italiana acometida pela doença, representando 54,4% das mortes no país.

“Muitos se referem àquele vídeo que circulava com o título #MilãoNãoPara. Eram 27 de fevereiro, o vídeo estava explodindo nas redes, e todos o divulgaram, inclusive eu. Certo ou errado? Provavelmente errado”, reconheceu Giuseppe Sala, em entrevista a uma emissora italiana. “Ninguém ainda havia entendido a virulência do vírus, e aquele era o espírito. Trabalho sete dias por semana para fazer minha parte, e aceito as críticas”, afirmou.

Itália bate novamente recorde de mortos por coronavírus: 800 em 24h
O vídeo da campanha viralizou na internet em meio aos inúmeros casos de contaminação do vírus no país e após o governo ter decidido confinar 11 cidades do norte italiano, onde haviam sido registrados os primeiros casos de transmissão interna da doença. A produção exibida exaltava os “milagres” feitos “todos os dias” pelos cidadãos de Milão e seus “ritmos impensáveis” e “resultados econômicos importantes”. “Porque, a cada dia, não temos medo. Milão não para”, afirmava o conteúdo expresso no vídeo.

A Itália registrou 662 mortes em decorrência do coronavírus nas últimas 24 horas, 21 a menos que entre terça e quarta-feira, quando foram apontados 41 óbitos. O número total de mortos no país europeu chegou a 8.215. O total de pessoas contaminadas passou de 74.386 para 80.589 nesta quinta-feira. A contagem de pacientes que contraíram a Covid-19 e foram curados saltou de 9.632 para 10.361

Fonte Correio Brasiliense

“Oportunismo” de candidatos em Parnamirim são repudiados nas redes sociais


Texto divulgado pelo MBL:

Vereadora Nilda, aquela mesma que em dias de chuva vai às ruas da cidade tirar foto até em cima de colchões nos pontos de alagamentos, se aproveitou do caos do Coronavírus para distribuir “kits” com suas redes sociais e recebeu ordem de suspensão da Justiça Eleitoral.

Não se aproveite desse momento de dor e sofrimento da nossa população para querer lucrar eleitoralmente, vereadora!
Deixe de populismo.

É essa que quer ser prefeita da nossa cidade?

*#MBLParnamirim*

A Justiça Eleitoral determinou a imediata interrupção da atitude da vereadora Nilda julgada ilegal e criminosa.

O também já lançado candidato a prefeito pelo Partido Comunista do Brasil, Airene Paiva aproveitou o momento crítico para fazer proselitismo nas Redes Sociais. O candidato comunista sugeriu a suspensão do pagamento do IPTU.
Adversários de Airene Paiva criticam sua proposta alegando que sendo ele proprietário de grandes e valorizados imóveis em Parnamirim seria o grande beneficiado.

Coronavírus: Witzel prorroga isolamento social no Rio por mais 15 dias

“Eu não serei responsável pela morte de milhares de pessoas”, afirmou o governador
Agência Estado

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), anunciou a prorrogação do isolamento social no Estado por 15 dias, a partir da próxima segunda-feira (30) ante a pandemia de coronavírus. “Eu não serei responsável pela morte de milhares de pessoas”, afirmou na sexta-feira (27) em uma transmissão ao vivo pelo Facebook. O governo não descarta estender a medida além do dia 6 de abril.

“Daqui para frente, se não mantivermos as restrições que o mundo inteiro adotou, nós teremos graves problemas pra poder salvar a sua vida”, afirmou.

Witzel afirmou que está ciente das “dificuldades dos empresários” e da população que está sem trabalhar, mas citou o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga para defender a continuidade das medidas. “Uma economia doente é uma economia improdutiva”, disse.

Desobedientes serão presos no RN

O Governo do Estado está comunicando à população que é imperativo o cumprimento do decreto estadual n. 29.541/2020 que define medidas restritivas temporárias, de importância internacional, para o enfrentamento ao Covid-19.

Aquele que descumprir o decreto do Governo do Rio Grande do Norte, referente à quarentena, poderá sofrer penalidades.

Os desobedientes na sua grande maioria são partidários e simpatizantes do Presidente da República Jair Bolsonaro.

Após 2 meses de isolamento, Wuhan reabre ferrovias

Cidade chinesa está afrouxando as medidas de isolamento social
Pela primeira vez desde o dia 23 de janeiro, os moradores de Wuhan, na China, puderam usar o sistema ferroviário para se locomover dentro da cidade de 11 milhões de habitantes neste sábado (28).

A localidade, que fica na província de Hubei, era considerada o marco zero da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no país e está afrouxando as medidas de isolamento social. Apesar dos trens voltarem a circular, os moradores não podem deixar os limites de Wuhan.

Com quarentena, cidade italiana erradicou coronavírus em duas semanas

A cidade de três mil habitantes reduziu o número de casos para zero em pouco tempo

Até o momento, a Itália é um dos países mais afetado pelo novo coronavírus no mundo – com mais de 80 mil casos confirmados. Mas, nas últimas semanas, pesquisadores perceberam que a cidade de Vò, perto de Veneza, poderia ser utilizada como base para um experimento. O que aconteceria se todas os 3 mil habitantes da município, sem exceção, fossem colocados em quarentena antes mesmo do vírus se espalhar?

E, ao fazer isso, os pesquisadores relataram que nenhum caso novo apareceu. Em menos de duas semanas, não havia sequer um caso de covid-19 em Vò. Para realizar a quarentena, as autoridades do local permitiram que a Universidade de Pádua, localizada em Pádua, realizasse os testes nos indivíduos infectados. Após o primeiro teste, foram identificados 89 indivíduos com o vírus. No segundo, apenas seis dos testados estavam infectados e permaneceram isolados.

Justiça suspende propaganda de Bolsonaro pelo fim da quarentena

A juíza Laura Bastos Carvalho, da Justiça Federal do Rio, concedeu hoje pela manhã liminar para que a “União se abstenha de veicular, por rádio, televisão, jornais, revistas, sites ou qualquer outro meio, físico ou digital, peças publicitárias relativas à campanha “O Brasil não pode parar”. O pedido foi feito pelo MPF do Rio na noite de ontem. Caso descumpra a ordem, foi estimada multa de R$ 100 mil por infração. Cabe recurso.(…)

O Ministério Público Federal no Rio apresentou Ação Civil Pública para impedir que o governo federal veicule “por rádio, televisão, jornais, revistas, sites ou qualquer outro meio, físico ou digital, peças publicitárias relativas à campanha “O Brasil não pode parar””.

Outra das medidas acatadas na liminar obriga que a União não faça nenhuma outra campanha que “sugira à população brasileira comportamentos que não estejam estritamente embasados em diretrizes técnicas, emitidas pelo Ministério da Saúde, com fundamento em documentos públicos, de entidades científicas de notório reconhecimento”.

O documento foi assinado por 12 procuradores da República. O caso corre na 10ª Vara Federal do Rio.

O MPF do Rio cita que, “desde a emergência da crise sanitária decorrente da pandemia causada pelo novo coronavírus, o Presidente Jair Messias Bolsonaro tem sistematicamente negado a gravidade da Covid-1910, a despeito dos conhecimentos científicos até agora angariados sobre o vírus e o estado de pandemia mundial”.