CORONAVÍRUS: Trump cita Brasil e diz que mortes estão “muito altas”

Presidente norte-americano relacionou a situação do Brasil com a da Suécia, um país que Trump já disse estar pagando um “‘preço alto”.

Beatriz Bulla / Correspondente, Washington

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a chamar a atenção para a situação da pandemia de coronavírus no Brasil. Dois dias depois de falar que há um surto grave no País, Trump disse que o número de mortes no Brasil está “muito alto” e em trajetória vertical.

Foi a terceira vez nos últimos três dias que o americano, tido pelo governo Bolsonaro como principal aliado no cenário político internacional, falou de forma espontânea sobre o avanço do vírus no País. Desta vez, Trump relacionou a situação do Brasil com a da Suécia, um país que o americano já disse estar pagando um “preço alto” por não impor isolamento como outros europeus.

“Você compara as mortes na Suécia com a Dinamarca, Finlândia e Noruega. Você sabe, eu odeio ter que dizer isso, mas as mortes estão substancialmente muito altas na Suécia (…). No Brasil está muito alto. Se você olhar o que está acontecendo graficamente, é muito, muito alto, é quase vertical, não é Debora (Birx)? Muito vertical”, disse Trump sobre as mortes no Brasil

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *