Arquivo diários:11/05/2020

Justiça retarda em julgar suspeita quadrilha supostamente chefiada pela borboleta Micarla

Micarla e sua suposta organização  que não é julgada pela Justiça Potiguar.

A denúncia do Ministério Público contra a ex-prefeita de Natal Micarla de Souza e seus suspeitos de comparsas Gilson Moura , Alcedo Borges continua isolada na tramitação amena e preguiçosa da Justiça do RN.

São 12 anos que a “borboleta” foi afastada judicialmente da Prefeitura de Natal depois de ser acusada com seu secretário de Ação Social Borges Alcedo e o condenado pela Justiça Federal a 32 anos de cadeia Gilson Moura e até agora o processo não foi julgado sequer em primeiro grau.
O processo de peculato e formação de quadrilha esteve durante muito tempo sob instrução do famoso juiz Raimundo Carlyle o mesmo que soltou um casal de traficantes preso em flagrante com 150 quilos de cocaína.
O juiz gordinho ,Carlyle, é casado com a advogada Tatiana Cunha, amiga de Micarla, colega de trabalho do condenado Gilson Moura e da turma do acusado e réu  Alcedo Borges que é irmão de uma promotora de justiça do MPRN. Pessoas ligadas a ex-prefeita Micarla de Sousa garantem que ela está totalmente blindada na Justiça e no Ministério Público,  processo dos fantasmas da Ativa não será julgado nunca ficando isolado numa gaveta até  prescrever.. Mas o independente Blog do Primo vai acompanhar e cobrar o andamento do processo..

Aqui no RN à Justiça só é célere contra este blogueiro, queremos saber se aqui no RN tem Justiça para julgar parentes de  membros do MP e raparigas de magistrados.

Este post do Blog do Primo foi um desafio de um leitor indignado com a morosidade da Justiça do RN afirmando por e-mail que nosso independente Blog não teria coragem para publicar.

Ministro Paulo Guedes vai deixar o Governo por causa das manobras perigosas de Rogério Marinho

PSDB de Doria é o partido de Rogério Marinho

Como um autêntico negociante, prestando serviço ao governo apodrecido e necrosado, o popular Rogério (saco preto) foi revelado por
um dos principais membros da equipe de Paulo que afirmou para O Antagonista que Rogério Marinho“escancarou as portas do Ministério do Desenvolvimento Regional para o Centrão” e que, depois do DNOCS, outras “estatais e autarquias cairão nas mãos” daqueles patriotas.

Desolado, o aliado de Paulo Guedes comentou que “estão cavando para tornar mais fundo o buraco em que nossa economia se meteu”.

Paulo Guedes vai deixar o Governo Bolsonaro e o maior motivo são as manobras perigosas de Marinho.

Hoje era audiência com Bira Rocha que pretende arrogantemente ganhar um dinheirinho

Hoje era uma audiência dos Rochas acostumados a ganharem dinheiro público, seja por empréstimos oficiais, ou por nomeações indicadas por Aluízio Alves.
Apesar de ser irmão de um homem exemplar como Dr Jose Rocha, o inquieto Bira Rocha e seu filhote acham que tenho medo deles..

Esse pantufa ficou com raiva porque publiquei este post na época da eleição quando o priminho dele foi derrotado e à família dele ficou na pior .

Nem tenho medo deles nem do Cigano Belizário.
Malcriadamente o Bira Rocha , serviçal dos Alves e seu filhote que sumiu das redes sociais de tanto publicar impropérios contra pessoas de bem como o deputado Benes Leocadio estão tentando uma indenização deste blogueiro através de um advogado da patota de Rogério Marinho que o único mal que fiz foi nomear um irmão para exercer um cargo na Câmara Municipal chamado Bismark Marinho.
Confira a matéria que Bira Rocha quer ganhar dinheiro como ganhou dinheiro público:

Filhote de Bira Rocha também agride impiedosamente uma procuradora estimada e respeitada no RN.
Marjorie é uma das servidoras públicas mais respeitadas do RN, mas o boletante filhote de Bira Rocha, metido a falador horrorizou o povo potiguar ao tentar agredi-la de maneira injusta e nojenta..

…. A PROCURADORA MARJORIE MADRUGA, A QUEM CHAMOU DE “ABJETA”, (SUJA, ASQUEROSA, IMUNDA)

A discussão sobre o tombamento ou não do hotel Reis Magos ultrapassou o limite do bom senso: através de suas redes sociais, o empresário natalense Gustavo Rocha, filho do ex-presidente da FIERN, Bira Rocha, “escrachou” a procuradora do Estado, Marjorie Madruga, que defende com unhas e dentes a tese de que o hotel-monstrengo que enfeia ainda mais a praia do Meio deve permanecer em pé.

Em uma postagem em seu Twitter, Rocha optou por dar um tiro de bazuca em Marjorie Madruga, ao invés de defender sua opinião  com argumentos técnicos.

Pegou pesado:

A semelhança física entre Marjorie Madruga e o hotel Reis Magos é impressionante.  Ambos exibem ruínas físicas impossíveis de se reformar.

– Ambos projetam o mesmo mau gosto estético.

– A relação de ambos explica-se na sina de aparecerem juntos na via pública.

Gustavo Rocha ainda tachou a procuradora de “Abjeta”, (suja, asquerosa, imunda) ao também compará-la com o senador Jean Paul Prates, a quem considera “um dejeto que a política produziu”.

Prates, considerado um paraquedista da política do Rio Grande do Norte, andou dando declarações à favor do tombamento do Reis Magos….

Disse o que quis e ouviu o que não quis.

Esse Gustavo Rocha é uma pessoa considerada com todos adjetivos que ele denominou com o deputado Benes e com a procuradora Marjori Madruga.. O Blog do Primo diz mais , ele não é apenas cara de coacla de galinha, ele é uma bufa cagada de de bode babão comedor de ração da SUDENE bancada pelos Alves quando mandavam no RN.. Agora estão todos derrotados.. e o Rocha falador não conseguiu uma boquinha..agora quer indenização..

Se não fechar o comércio do Alecrim vai faltar cemitério em Natal


Pura irresponsabilidade, enquanto a propagação do coronavírus está numa curva altamente ascendente em Natal, o comércio do Alecrim continua aberto sendo um atentado à saúde pública.
Médicos que não querem ser identificados garantem ao Blog do Primo que o comércio do Alecrim é o maior centro de propagação do coronavírus em Natal. A pressão de comerciantes está levando o Governo do Estado à flexibilizar colaborando com um possível colapso da rede de saúde do RN.

Outro vetor propagador do coronavírus são as feiras livres. Quando começar a morrer pessoas agonizando nos hospitais saturados, vão tardiamente fechar o comércio do Alecrim.
Ou o Governo do Estado endurece ou não teremos leitos de UTI e vagas nos cemitérios..

O tempo vai dizer quem está certo..

Para revelar sexo do 1º bebê, Eduardo Bolsonaro atira em balão com arma de fogo

O chá de revelação do bebê que o casal espera ocorreu na tarde deste domingo (10) com a presença do chefe do Executivo, Jair Bolsonaro
Por Ingrid Soares

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e a esposa, a psicóloga Heloísa Wolf Bolsonaro realizaram o chá de revelação do bebê que esperam na tarde deste domingo (10) com a presença do chefe do Executivo, Jair Bolsonaro.
Na filmagem, o filho número “03” aparece ao lado de Heloisa estourando um balão para revelar o sexo do bebê. No entanto, o método de furar o objeto com uma agulha ou algum outro objeto pontiagudo, não foi eleito pelo casal. Eduardo utilizou uma arma, ao que parece, de pressão, para acertar o balão que, atingido, revelou algumas dezenas de bexigas rosas que voaram pelo céu.
O deputado fez ainda uma montagem de suspense, colocando o apresentador João Kleber antes de revelar o sexo da criança.
“É menino ou menina? Assista até o fim!!!Feliz dia das mães para a mais nova mamãe do pedaço Heloísa”, escreveu o deputado.
O casal havia anunciado no último dia 21 que seriam pais. “Em meio a tantas notícias ruins Deus nos presenteou com a melhor de nossas vidas, vem aí nosso filhote! Eu e minha esposa Heloísa estamos super felizes e empolgados com o 1º! E que venha com saúde”, escreveu na ocasião o filho número “03” do presidente da República, ao repostar uma foto junto à Heloísa, segurando um celular com a foto do ultrassom da criança.
O presidente Jair Bolsonaro já é avô de duas meninas, filhas do senador Flávio Bolsonaro, o filho número “01”.

Apoiadores de Bolsonaro reviram lixo para atacar jornalistas

Homens vestidos com camisetas com dizeres ‘direita raiz’ gravaram vídeo para atacar a imprensa, comparando o trabalho de repórteres ao lixo

Marlla Sabino

BRASÍLIA – Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro reviraram o lixo em frente à sala em que ficam jornalistas no Palácio da Alvorada neste domingo, (10). O ato tinha como objetivo expor repórteres, cinegrafistas e fotógrafos que permanecem diariamente na residência oficial da Presidência da República, local onde Bolsonaro costuma cumprimentar apoiadores e conceder entrevistas coletivas.
Dois homens mexeram nas lixeiras para encontrar as notas fiscais das refeições pedidas pelos jornalistas por meio de serviços de entrega durante o fim de semana. Vestidos com camisetas com os dizeres “direita raiz”, eles procuraram os nomes dos profissionais e gravaram um vídeo para atacar a imprensa, comparando o trabalho dos jornalistas com o lixo produzido pelos repórteres.
A equipe de segurança do Palácio da Alvorada consultou os jornalistas para saber o que havia ocorrido. Em seguida, abordou os homens e pediu a eles que apagassem o vídeo. Depois disso, eles deixaram a residência oficial.
Procurada, a assessoria de imprensa da Presidência da República afirmou que deve se manifestar por nota oficial, mas a resposta não foi enviada até a publicação da reportagem.

Bolsonaro já incentivou apoiadores a intimidarem os profissionais da imprensa no local. Na terça-feira, 5, o presidente mandou os jornalistas calarem a boca ao negar interferência política na Polícia Federal (PF). Nesse sábado (9), Bolsonaro chamou os jornalistas de “idiotas” pelas redes sociais quando disse que o churrasco que ele mesmo convocou por dois dias seguidos era “fake”.

Auxílio emergencial: governo adia novamente anúncio das datas de pagamento

Os brasileiros não sabem quando terão acesso à segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600, que já está atrasada há mais de dez dias.

Isso porque o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, não cumpriu a promessa de anunciar ainda nesta semana as próximas datas de pagamento do benefício. Ele alegou que o anúncio agora será feito pelo presidente Jair Bolsonaro e provavelmente só no início da semana que vem.

Heleno reage a fala de Celso de Mello sobre tomar depoimento “debaixo de vara”


O chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, reagiu à fala do ministro do (STF), Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, de tomar depoimentos dele até “debaixo de vara”.

Augusto Heleno respondeu com uma frase enigmática a um internauta no Twitter que lhe perguntou qual seria sua resposta à manifestação de Celso de Mello.
“Ministro o senhor não irá dar uma resposta a altura em Celso de Mello na questão de que se precesar (sic) buscará vocês na vara? Estamos revoltados com isso”, questionou o seguidor.

“Tudo tem sua hora”, respondeu o militar. Ele e outros dois ministros, Walter Braga Netto, da Casa Civil, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, são testemunhas no inquérito que apura as acusações de Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, de possível interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Polícia Federal.