Por Dr. Enildo Alves: “Cloroquina mata e não traz nenhum benefício


Primo Renato Dantas – Falando Sempre a Verdade
Caríssimo amigo, hoje sabemos que o vírus causador da COVID-19, também chamado de Coronavírus , é um vírus muito frágil pois é formado por uma fina faixa de RNA (ácido ribonucleico) tendo como maior adversário agua com sabão, destrói muito mais que o álcool gel , possui um poder de replicação nunca visto na história moderna da medicina.
Até ontem (22/05/2020) havia 5 milhões de infectados em todo mundo , 1/3 nos EUA particularmente em Nova York , a Rússia apresentava 320 mil casos e o Brasil 310 mil entrando no triste pódio, hoje assumimos a segunda posição de forma definitiva com mais de 330 mil casos.
Hoje após 45 anos de formando em medicina, pós-graduado, mestre pela PUC Rio, residência no famoso HSE-RJ a época o melhor hospital para residência clínica do Brasil e tendo mais de 40 anos de docência na UFRN, não imaginava que um agente infeccioso tão frágil pudesse parar o mundo, digo com segurança o mundo será outro no pós Covid. Tenham certeza.
A minha explicação para o Covid evoluir para uma pandemia com repercussão em todo mundo é: iniciando pela China , viajando pela Europa como um turista e descobrindo toda a América e chegando com força no Brasil,sem duvidas foi um acidente ocorrido em laboratório de virologia na cidade de Wuhan.
Recentemente tivemos a saída de dois ministros da Saúde do atual governo (Mandeta e Nelson Teich), pela simples razão de recusar assinar qualquer protocolo que incluísse a cloroquina.
A opinião pública precisa saber que o Sr. Jair Bolsonaro , não assinou o protocolo recentemente divulgado e mais não foi assinado por nenhuma autoridade do Governo Federal, comprovando a temeridade de serem responsabilizados por seus atos.
E tem mais o protocolo do Governo Federal publicado no último dia 20/05/2020 não possui:
• – assinatura de um responsável
• – avisa que a Cloroquina poderá não trazer qualquer benefício,
• – afirma que o seu uso pode levar a morte,
• – obriga a quem for usar assinar um termo de responsabilidade.
Pergunto : Que Governo é esse que sabendo que o referido medicamento não traz benéficos comprovados ao paciente e pode levar o mesmo a morte . Indica seu uso?
Na minha opinião isso é uma irresponsabilidade do Governo Federal.
Abordarei um pouco a fundamentação cientifica comprovada de que a cloroquina não favorece os portadores do COVID e pode mata-los por graves arritmias cardíacas e tromboembolismo e em alguns casos cegueiras. A Universidade de Albany / USA fez um estudo de 1438 pacientes internados em 25 hospitais na cidade de Nova York , usou um grupo aleatório como placebo e concluiu: os que tomaram cloroquina e o grupo com placebo tiveram o mesmo resultado , ou seja a droga não traz qualquer benefício comprovado e pode matar. Estudos semelhantes forma feitos em Oxford na Inglaterra e na famosa Universidade de Beida na China considerada uma das melhores do mundo e chegaram também a mesma conclusão: QUE A CLOROQUINA NÃO PRODUZ RESULTADOS POSITIVOS.
Defendo o uso do Tamiflu antiviral, o antibiótico Azitromicina, Corticoide, complexos de vitamina ricos em zinco, a vitamina D e inclusive a Ivermectina de 6 mg atualmente usado como melhor anti parasitário (verminoses)
Recentemente fui testemunho vivo de dois amigos pacientes, atendidos em hospitais de Natal. Um deles internado no Hospital do Coração onde trabalho no dia 11/05 e teve alta no dia 21/05 e salvou-se quase por milagre, o plano de saúde me faz passar 6 horas deste dia 11/05 das 19:30 a 01:30, sem autorizar o internamento que era imprescindível para salva-lo, após esta espera desnecessária e critica devido a urgência o plano autorizou. Mas me faz refletir , quantos pacientes podem esperar este tempo para liberação?
Acredito que muitos pacientes com indicação de internamento em Natal estão falecendo por não ter sido internados na hora correta. Isso é um absurdo e condeno veementemente.
Faço um apelo pessoal e pela história que tenho na medicina do Rio Grande do Norte e hoje conhecendo bem a doença:
– Colegas médicos , hospitais e planos de Saúde parem de prescrever a Cloroquina para seus pacientes.
Se perguntem porque o Covid-19 acomete fora do Brasil pacientes da denominada terceira idade acima de 60 anos, com letalidade ente 1 a 2% . A Letalidade media incluindo paciente entre 20 e 55 anos e os da terceira idade no Brasil está entre 7 e 10%.
Tenho certeza de que em nosso pais muitas das mortes foram causadas por arritmias cardíacas e tromboembolismo(embolia pulmonar e AVC), causada pelo uso da Cloroquina, isso antes de sua regulamentação oficial , imagino agora o que irá acontecer com o uso indiscriminado?
Não há nenhuma publicação cientifica no mundo respeitável, informando que o uso da cloroquina traga algum benefício para contaminados pela COVID-19, incluindo o início da doença.
IMPLORO parem de usar a Cloroquina, retirem-na dos protocolos, pois ela não traz nenhum benéfico mas podem levar a morte.

*Enildo Alves / Clinico Hematologista / Professor Aposentado UFRN / Atualmente atuando no UNACON do Hospital do Coração

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *