Arquivo diários:25/05/2020

OMS suspende temporariamente testes com cloroquina e hidroxicloroquina contra a Covid-19

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira (25), que suspendeu temporariamente testes com a cloroquina e a hidroxicloroquina para tratar a Covid-19. A decisão foi tomada dentro dos ensaios Solidariedade, iniciativa internacional da OMS para buscar tratamentos contra a doença.

O diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a suspensão foi determinada depois de um estudo publicado na sexta-feira (22) na revista científica “The Lancet”. A pesquisa, feita com 96 mil pessoas, apontou que não houve eficácia das substâncias contra a Covid-19 e detectou risco de arritmia cardíaca nos pacientes que as utilizaram.

“Os autores reportaram que, entre pacientes com Covid-19 usando a droga, sozinha ou com um macrolídeo [classe de antibióticos da qual a azitromicina faz parte], estimaram uma maior taxa de mortalidade”, afirmou Tedros.

A OMS afirmou que o quadro executivo do Solidariedade vai analisar dados disponíveis globalmente sobre as drogas, que são usadas para tratar malária e doenças autoimunes.

“Eu quero reiterar que essas drogas são aceitas como geralmente seguras para uso em pacientes com doenças autoimunes ou malária”, destacou Tedros.

G1

Promoção de evento durante período de isolamento poderá gerar multa em Natal (RN)

A Câmara Municipal de Natal (RN) vai apreciar, nos próximos dias, um Projeto de Lei que estabelece multa administrativa a quem promover evento durante o período de isolamento social na capital. O montante arrecadado com as multas será destinado a ações de combate à Covid-19.

O autor da proposta é o vereador Sueldo Medeiros(PHS), que usou em sua justificativa o fato de o Rio Grande do Norte ter o pior índice de cumprimento do isolamento social entre todos os estados do Nordeste. O levantamento foi feito pela empresa de tecnologia In Loco.

“A nossa preocupação é com a saúde pública e também com as questões econômicas, uma vez que o valor da multa deverá ser arbitrado de maneira proporcional à gravidade do fato, bem como à capacidade econômica dos infratores”, explica Sueldo, que complementa: “Quanto maior for o descumprimento, mais tempo durará o isolamento”.

De acordo com o texto, considera-se evento a reunião de pessoas de forma presencial, que não coabitam a mesma residência, com fins recreativos, políticos ou religiosos.

Segundo a proposição, fica facultada a criação de uma linha anônima dentro de organismos públicos para receber denúncias, garantido o anonimato e a confidencialidade da ligação. A fiscalização, ainda de acordo com a proposta, incumbirá ao órgão municipal competente, nos termos de regulamentação a ser feita pelo Poder Executivo.

O Projeto de Lei tramita na Câmara Municipal de Natal e deve ir ao plenário, para a apreciação dos vereadores, nos próximos dias.

O Rio Grande do Norte registra 92 novos casos de coronavírus, no total de 4.774, com 12.856 suspeitos, 10.276 descartados e 212 mortes – com 15 óbitos nas últimas 24 horas


A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta segunda-feira(25). O secretário adjunto, Petrônio Spinelli, informou que, neste momento, 467 pacientes estão internados, distribuídos nas redes públicas e privadas.

Segundo Petrônio Spinelli, dentre os internados estão pacientes de diversos graus de gravidade, que vão da enfermaria, a unidades de UTI semi-intensiva e Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Sobre a situação dos leitos, o secretário adjunto disse que a região metropolitana de Natal registra 97%, seguida da Oeste(95%), Alto Oeste – Pau dos Ferros(80%) e Seridó(64%).

Inteligência artificial projeta pico da pandemia no Brasil entre fim de maio e começo de junho e que atualmente já temos 15 milhões de infectados

A partir de modelos matemáticos e de inteligência artificial, cientistas, matemáticos e infectologistas lançaram uma plataforma aberta, feita por voluntários, que prevê o comportamento do coronavírus no Brasil, em tempo real, e faz previsões de sua evolução.

Chamada de Spume, o software prevê que o pico do novo coronavírus no Brasil será entre o fim de maio e começo de junho, além disso, ela demonstra que, atualmente, o país já chega ao número de 15 milhões de infectados, sendo que a previsão dos pesquisadores é que 75 mil brasileiros venham a morrer em decorrência da doença. Estes dados foram feitos considerando a capacidade de leitos que temos hoje.

Mauro Jeckel, CEO da Spume, diz, que em termos estatísticos, a doença deve permanecer ainda por cerca de dois meses e meio no Brasil. Ele ressalta que seu objetivo não é apenas fazer previsões. “É também ajudar em políticas de saneamento de modo que a gente possa ter um laboratório para gestores de saúde pública”, disse. A plataforma é capaz de representar o comportamento do vírus nas diversas regiões do país.

Antes de eles colocarem a plataforma em funcionamento, Jeckel contou que realizaram um estudo considerando 25 previsões sobre quando seria o pico da pandemia, e chegaram a conclusão de que praticamente todos se equivocaram. “Os dois estudos mais famosos, citados pela mídia, no caso, Imperial College of Science ou a Universidade de Tecnologia e Design de Singapura, têm uma diferença de 900 vezes. A gente fez um software percebendo que há uma dificuldade de se fazer esse cálculo”, explicou Mauro.

A infectologista Gladys Prado, que participa da plataforma, ficou responsável pela discussão sobre as características dos vírus em si, dos patógenos e das epidemias. Ela cita que uma ação coordenada é a forma mais assertiva para se combater a proliferação do vírus.

“A própria quarentena só tem efeito se for feita de forma adequada. Uma das maiores dificuldades da gente comprovar efeitos da quarentena é porque, em geral, elas são feitas de uma forma muito heterogênea pelo mundo. Os trabalhos que existem são heterogêneos e é difícil a gente encontrar um modelo que já tenha sido testado e depois retestado”, complementa dizendo que se a ação coordenada é ficar em casa, então é isso que temos que fazer, caso contrário, iremos pagar um preço ainda mais alto.

CNN BRASIL

Banco deve devolver valores de cliente que teve cartão clonado


Por Tábata Viapiana/CONJUR
A sabedoria e a experiência mostram que nenhuma obra do engenho humano está livre de imperfeições. Com esse entendimento, a juíza Carolina Bertholazzi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, declarou inexigíveis os débitos de um cliente que teve o cartão de crédito clonado. O banco deverá devolver os valores descontados indevidamente.
O cliente alegou que uma série de transações foram do seu padrão de uso foram efetuadas com seu cartão de crédito em um curto espaço de cliente. O banco sustentou que as transações contestadas teriam sido feitas pelo cartão do autor de forma presencial, mediante uso de senha pessoal, não havendo como se reconhecer qualquer fraude ou irregularidade.

A magistrada, no entanto, acolheu os argumentos do cliente e citou, na sentença, o artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor, que estabelece que o fornecedor responde objetivamente pelos danos causados ao consumidor por falha no serviço prestado, isentando-se de responsabilidade em caso de culpa exclusiva da vítima, terceiro ou caso fortuito ou força maior.

“O réu afirmou que as transações contestadas foram realizadas mediante apresentação de cartão presencial e uso de senha pessoal. Outrossim, a fraude praticada por terceiros não exime da obrigação, de conformidade com a Súmula 479 do Superior Tribunal de Justiça”, disse a magistrada. Para ela, no caso dos autos, não se evidenciou culpa exclusiva do autor.

Isso porque, segundo Bertholazzi, o valor das transações contestadas não é consistente com perfil de uso do cartão pelo autor da ação, conforme se verifica os extratos juntados. Além disso, as compras foram efetuadas em curto espaço de tempo e em valor bem superior ao saldo da conta bancária, usando o limite de seu cheque especial.

“Tal circunstância denota vício de segurança e justifica, por si, a obrigação do fornecedor ressarcir a vítima”, concluiu a magistrada. Porém, ela negou o pedido de indenização por danos morais por entender que a falha na prestação dos serviços não ressoa na honra objetiva do autor, “de modo que não tem o condão de gerar dano moral”.

O cliente é defendido pelo advogado Alexandre Berthe Pinto. Ele informou que vai recorrer da decisão que indeferiu a indenização por danos morais.

Bolsonaro chama Globo de “lixo” e sugere que emissora erra de propósito para prejudicá-lo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar a Globo e a chamou de “lixo” em vídeo compartilhado em sua conta no Twitter. No material, o chefe do Executivo aponta dois textos idênticos lidos no Jornal Nacional e no Jornal da Globo de 22 de maio a respeito da reunião ministerial de 22 de abril.

“[…] O presidente não disse em que circunstâncias ou em qual investigação e afirmou que pediu ajuda ao então ministro Moro para ser blindado, mas não foi atendido”, informou o apresentador William Bonner no Jornal Nacional e o repórter Vinícius Leal no Jornal da Globo.
Em seguida, o vídeo mostra Bolsonaro dizendo aos jornalistas: “Moro, eu não quero que me blinde”. E, na sequência, os dois jornalistas se retificam falando o mesmo texto.

“Uma correção: agora há pouco, nós dissemos erroneamente que o presidente Bolsonaro tinha pedido ao então ministro Moro para ser blindado, mas como nós mostramos na voz do próprio presidente, foi o contrário, ele disse a Moro que não queria ser blindado, mas o ministro tinha a missão de não deixar que ele fosse chantageado”, disseram Bonner e Vinícius Leal.

O vídeo sugere que a emissora errou de propósito para confundir os telespectadores sobre as provas que incriminariam Bolsonaro na gravação da audiência, segundo apontou o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

“Qual o limite da Globo?”, escreveu o presidente na rede social.

 

Oposição quer unificar pedidos de CPI contra Bolsonaro

Articulação surgiu após a revelação de novas mensagens trocadas pelo presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro Sérgio Moro
Jussara Soares

Após a revelação de novas mensagens trocadas pelo presidente Jair Bolsonaro e o então ministro Sérgio Moro, a oposição quer unificar pedidos de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso. A medida é uma tentativa de ganhar força e pressionar para a criação do colegiado para investigar a suposta interferência do chefe do Executivo na PF. Há ainda 35 requerimentos de impeachment de Bolsonaro.

Neste domingo, 24, o líder do Cidadania na Câmara, Arnaldo Jardim (SP), contou que o partido vai trabalhar ao longo da semana para que outros autores de pedidos de abertura de CPI se unam em um só. Segundo ele, isoladamente os pedidos estão enfraquecidos. Um dos pedidos de CPI mais avançados é o encabeçado pelo Cidadania, que tem como foco a investigar as acusações feitas pelo ex-ministro Moro. “Os pedidos estão andado paralelo. Cada um tem sua força, mas isoladamente estão fragilizados. Nossa intenção é que haja uma ação mais coordenada entre as diferentes iniciativas para buscar concretizar uma proposta única e que posta ter adesão”, disse Jardim.

EUA decidem barrar estrangeiros que passaram pelo Brasil

A medida anunciada barra estrangeiros que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias
Beatriz Bulla, de Washington

O governo americano anunciou neste domingo (24) a proibição da entrada de viajantes estrangeiros provenientes do Brasil.
A ameaça de limitar voos vindos do País vinha sendo mencionada publicamente pelo presidente americano, Donald Trump, desde o final de abril. Na sexta-feira, no mesmo dia em que a Organização Mundial da Saúde classificou a América Latina como novo epicentro do vírus, dando destaque ao Brasil, a Casa Branca e o Departamento de Estado americano concordaram em oficializar a restrição, como antecipou o Estadão.

A medida anunciada barra estrangeiros que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias. A restrição passa a valer a partir das 23h59, no horário de Nova York, do dia 28 de maio. Ainda podem entrar no país aqueles que possuem residência permanente nos EUA, além de cônjuges, filhos e irmãos de americanos e de residentes permanentes. Estrangeiros que possuem visto específicos, como os que representam outros governos, também estarão excluídos da restrição.

Covid-19: Prefeitura de São Gonçalo compra 2 mil testes rápidos para as unidades de saúde

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN comprou 2 mil testes rápidos para detecção do novo coronavírus, que estarão disponíveis em unidades de saúde, tanto na área urbana como na rural, a partir de terça-feira (26).

O teste será realizado após prescrição médica, com resultado em até 15 minutos. Todos os profissionais de saúde do município já foram treinados e orientados.

Coronavírus: Brasil registra 22.666 mortes e 363.211 casos confirmados


O Brasil registra 22.666 mortes e 363.211 casos confirmados de covid-19, de acordo com boletim divulgado neste domingo (24) pelo Ministério da Saúde. O órgão contabiliza 149.911 recuperados do novo coronavírus.

No dia anterior, sábado (23), o país registrou 22.013 mortes e 347.398 casos diagnosticados, o que significa 653 novos óbitos e 15.813 novos casos nas últimas 24 horas.