Arquivo diários:27/05/2020

Alvo de operação da PF, Roberto Jefferson compara STF a nazismo


Anita Efraim
Yahoo Notícias

Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, comparou o Supremo Tribunal Federal ao nazismo. A declaração, feita pelas redes sociais, aconteceu após o ex-deputado ser alvo de uma operação da Polícia Federal no inquérito que apura fake news contra ministros do STF.
“Tribunal do Reich. Instituído por Hitler, após o incêndio do Parlamento, aquele tribunal escreveu as páginas mais negras da justiça alemã, perseguindo os adversários do nazismo. Hoje, o STF, no Brasil, repete aquela horripilante história”, escreveu Jeffeson.

O ex-deputado ainda relatou que acordou às 6h com a Polícia Federal na porta da casa dele.

Além de Roberto Jefferson, outros aliados do presidente Jair Bolsonaro também foram alvos dos mandados de busca e apreensão o blogueiro Allan dos Santos, o empresário Luciano Hang, deputados federais, como Bia Kicis, Carla Zambelli, Luiz Phillipe de Orleans e Bragança e outros.
O relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal é o ministro Alexandre de Moraes.

Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, não está entre os alvos da operação, mas criticou a ação da Polícia Federal.