Arquivo diários:03/07/2020

Malafaia esperneia, mas o seu nome está na lista de clientes de doleiros


O Antagonista repercutiu uma nota publicada na edição semanal da Crusoé intitulada “Cliente Fiel” (aberta para não assinantes). A nota diz, com base em apuração e laudo da Polícia Federal, que o pastor Silas Malafaia figura entre os clientes da rede de operadores de câmbio comandada por Dario Messer, o doleiro dos doleiros.

No Twitter, Silas Malafaia esperneou, numa língua próxima ao português, que “O Antagonista é bando de canalhas inescrupulosos. Vou desafiar esses canalhas na Justiça provarem que sou cliente de doleiro. Essa é a imprensa que quer cercear as redes sociais para que você não possa se defender. Porque não me ligaram? Tem meu telefone. Canalhas!”

O trecho do documento da PF com o nome de Malafaia está aí embaixo. Não houve acusação, apenas reproduzimos o que está descrito no laudo. Ele é quem tem que ligar para a Polícia Federal.

Bolsonaro escolhe Renato Feder como ministro da Educação

Feder havia se reunido com Bolsonaro antes da escolha de Carlos Alberto Decotelli, que pediu demissão após incoerências em seu currículo
Jussara Soares e Renata Cafardo

O presidente Jair Bolsonaro escolheu o secretário de Educação do Paraná e ex-executivo Renato Feder para ser o novo ministro da Educação. A informação foi confirmada por fontes ao Estadão. Feder havia se reunido com Bolsonaro antes da escolha de Carlos Alberto Decotelli, que pediu demissão depois de denúncias sobre incoerências em seu currículo. A expectativa é que o anúncio seja feito ainda nesta sexta-feira. Na semana passada, Bolsonaro havia ligado para Feder para agradecer. Mas ele teria preferido alguém mais velho. Decotelli tem 70 anos e Feder, 42.
No Paraná, seus contatos com empresários e terceiro setor fizeram com que ele fosse indicado a Ratinho Junior (PSD) para o cargo, no ano passado. Durante a pandemia, o Estado é um dos que tem se destacado por ter criado rapidamente um sistema de educação a distância bem estruturado com aulas online.

Em 2016, Feder doou R$ 120 mil para a campanha de João Doria para a prefeitura de São Paulo em 2016. O nome de Feder aparece no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como a sétima maior quantia entre os doadores da campanha, que recebeu R$ 12 milhões.

Na época, Feder era proprietário da Multilaser, uma empresa da área de tecnologia. O nome dele não consta entre os doadores da campanha para governador de Doria.

No Paraná, seus contatos com empresários e terceiro setor fizeram com que ele fosse indicado a Ratinho Junior (PSD) para o cargo, no ano passado. Durante a pandemia, o Estado é um dos que tem se destacado por ter criado rapidamente um sistema de educação a distância bem estruturado com aulas online.

Em 2016, Feder doou R$ 120 mil para a campanha de João Doria para a prefeitura de São Paulo em 2016. O nome de Feder aparece no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como a sétima maior quantia entre os doadores da campanha, que recebeu R$ 12 milhões.

Na época, Feder era proprietário da Multilaser, uma empresa da área de tecnologia. O nome dele não consta entre os doadores da campanha para governador de Doria.

Ricardo Coutinho vira réu em processo de corrupção com a Cruz Vermelha

O juiz Adilson Fabrício Gomes, da 1ª Vara Criminal de João Pessoa (PB), aceitou denúncia contra o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) e mais sete pessoas ligadas a ele por fraudes na área da saúde. Os oito agora são réus por corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

A denúncia se baseia na Operação Calvário, deflagrada para investigar corrupção na contratação de Organizações Sociais pelo Lifesa, o laboratório estatal paraibano.

Segundo o MP da Paraíba, a empresa Troy SP, que teria Coutinho como “proprietário de fato”, comprou parte do capital social do Lifesa.

Ministro Fábio Faria recebe o prefeito Álvaro Dias, em Brasília

O prefeito de Natal foi à capital federal pedir apoio por mais recursos para Natal.  Álvaro Dias esteve reunido com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho e com o chefe da Secretaria do Governo, General Ramos.

“Seguimos na luta por obras, recursos para a saúde e melhorias para Natal! Em meio à crise do Coronavírus, estamos sempre buscando recursos, priorizando a saúde para enfrentar a pandemia, mas também dando encaminhamento a projetos importantes, além de buscar obras fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos natalenses. Vamos em frente!”, disse o prefeito da capital potiguar.

Prefeito de Natal, Álvaro Dias, determina abertura de Centro de Atendimento para enfrentamento da Covid-19 na próxima semana

A Prefeitura do Natal (RN) vai abrir no início da próxima semana o Centro de atendimento para enfrentamento da Covid-19, que vai funcionar no Ginásio Dias, zona Norte de Natal. O atendimento está previsto para acontecer de segunda a quinta, das 8h às 16h e nas sextas das 8h às 12h, onde as pessoas passarão por uma triagem dos profissionais da Secretaria de Saúde de Natal (SMS-Natal) e em seguida receberão atendimento médico.

“O médico vai avaliar se o paciente precisa ou não de tratamento para o novo Coronavírus, de acordo com o estabelecido no protocolo médico adotado por Natal, através do Comitê Científico Municipal de Combate à Covid-19, grupo formado por infectologistas e epidemiologistas, aprovado pelo Conselho Regional de Medicina. Caso o paciente concorde, já sai do Centro com a medicação”, explica o titular da SMS-Natal, George Antunes.

“O protocolo já está acontecendo nas Unidades Básicas referenciadas para o tratamento do Covid-19. Com esse Centro de Tratamento, queremos expandir o tratamento no início dos sintomas na nossa rede básica e desafogar as UPAs e hospitais”, enfatizou o prefeito de Natal, Álvaro Dias, em visita às instalações do novo serviço.

Fla TV x Vasco TV: qual foi a audiência dos jogos do Carioca no YouTube?

Após a Rede Globo anunciar a rescisão de contrato para transmissão do Campeonato Carioca, o Gigante da Colina correu para exibir sua partida contra o Madureira através da Vasco TV, seu canal oficial do YouTube. Mesmo com o pouco tempo de planejamento, a operação gerou bons resultados para o clube.

A audiência da partida, que contou com narração e comentários dos jornalistas Sandro Gama, Carlos Gregório Matos e Alex Calheiros, chegou ao pico de 460 mil espectadores simultâneos no YouTube e a tag da transmissão ficou em primeiro lugar nos assuntos mais comentados do Twitter.
Sem precisar correr contra o tempo, a Fla TV também transmitiu a partida do Rubro-Negro contra o Boavista. A partir do longo impasse com a Rede Globo e após a Medida Provisória assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que altera a venda dos direitos de transmissão, o Flamengo já se preparava para exibir sua partida através do YouTube a mais tempo.

O pico de audiência também foi maior, quando por volta das 22h15 cerca de 2,2 milhões de pessoas assistiram à partida de modo simultâneo, o que representou o novo recorde de audiência em uma transmissão esportiva no YouTube, marca que pertencia ao Gre-Nal válido pela Libertadores de 2020.

Após a partida do Flamengo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, festejou a transmissão da partida e a MP assinada por ele com a participação de Rodolfo Landim, presidente Rubro-Negro, e aproveitou a oportunidade para provocar a Rede Globo, alegando que, ao exibir a partida, o clube carioca teria faturado mais de R$ 10 milhões.

No entanto, segundo apurou o UOL esporte, o Flamengo arrecadou pouco menos de R$ 900 mil – 11 vezes menos do que o citado de maneira equivocada pelo presidente -, levando em conta as doações da torcida com os ingressos virtuais da campanha #ValeOIngresso.

Vale destacar que, tanto a Fla TV quanto a Vasco TV apresentaram um bom padrão técnico de transmissão. As duas partidas contaram com diversas câmeras em uma linha, da mesma forma que a Rede Globo faz no Premiere, o seu canal pay-per-view. Os dois clubes também optaram por não utilizar as câmeras que ficam atrás do gol para economizar recursos.

Bispo Edir Macedo assume controle de banco, e quer mudar o nome

Brazilian President Jair Bolsonaro (C), TV presenter Silvio Santos (R) and evangelical bishop Edir Macedo attend the Independence Day Parade in Brasilia, on September 7, 2019. (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo credit should read EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Marcus Couto

O bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal, dono da Rede Record e um dos empresários mais ricos do brasil, com fortuna estimada em US$ 1,1 bilhão, acaba de expandir seu império. Ele assumiu o controle do Banco Renner, do qual já era sócio.

Durante o governo Temer, nova medida permitiu que essa participação fosse ampliada, por pressão de Macedo, ainda de acordo com reportagem do Valor. Agora, finalmente, o bispo assumiu o controle da instituição, com a família Renner fora do quadro acionário.

Segundo comunicado do Banco Renner veiculado na imprensa, a aquisição foi possível considerando a “falta de interesse na continuidade dos antigos controladores, além da dificuldade em encontrar novos investidores.”

Segundo reportagem do Valor, Macedo tem planos para mudar o nome do banco, que faz referência ao fundador e patriarca da família Renner, a mesma da rede de lojas de roupas (que hoje também não pertence mais à família). Ainda não foi divulgado o possível novo nome do banco.

Deborah Secco diz que fazia sexo 10 vezes por dia: “Uma loucura”

Bárbara Saryne
Deborah Secco adora sexo e não esconde isso. A atriz bateu um papo com Sabrina Sato e abriu o jogo sobre sua intimidade com Hugo Moura. Na ocasião, a apresentadora quis saber se a atriz diminuiu a quantidade de sexo depois do nascimento da filha. Sem papas na língua, Secco foi direto ao ponto.
“A gente diminuiu muito a quantidade de sexo. Eu engravidei com dois meses de namoro, então a gente transava 10 vezes ao dia, isso quando a gente transava médio. Teve um momento em que a gente só transava. Juro, eu só transava até a Maria nascer. Só depois a gente começou a conversar, transar e cozinhar, transar e sair para ver um filme. Mas antes era só transar”, entrega ela.

Casos de coronavírus nos estados em 3 de julho

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) atualizou para 63.174 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil nesta sexta (3). Ao todo, também foram confirmados 1.539.081 casos da Covid-19 no país.

Veja a lista atualizada da situação de casos de coronavírus em cada um dos Estados:

Casos de coronavírus no Acre

O Acre chegou a um total de 14.112 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 387 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

Casos de coronavírus em Alagoas

Em Alagoas o novo coronavírus chegou a um total de 38.404 casos confirmados, com um total de 1.113 óbitos.

Casos de coronavírus no Amapá

O Amapá tem 29.574 casos confirmados do novo coronavírus. Morreram até o momento 438 pessoas no estado.

Casos de coronavírus no Amazonas

No Amazonas foram confirmados até o momento 74.537 casos do novo coronavírus. O estado da região Norte também apresenta 2.887 óbitos.

Casos de coronavírus na Bahia

A Bahia chegou a um total de 82.314 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 2.001 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

Casos de coronavírus no Ceará

No Amazonas foram confirmados até o momento 118.041 casos do novo coronavírus. O estado da região Nordeste também apresenta 6.351 óbitos.

Casos de coronavírus no Distrito Federal

O Distrito Federal tem 53.996 casos confirmados do novo coronavírus. Morreram até o momento 643 pessoas no estado.

Casos de coronavírus no Espírito Santo

No Espírito Santo o novo coronavírus chegou a um total de 51.689 casos confirmados, com um total de 1.758 óbitos.

Casos de coronavírus em Goiás

Em Goiás foram confirmados até o momento 26.330 casos do novo coronavírus. O estado do Centro-Oeste também apresenta 586 óbitos.

Casos de coronavírus no Maranhão

O Maranhão chegou a um total de 88.214 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 2.153 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

Casos de coronavírus no Mato Grosso

O Mato Grosso chegou a um total de 18.854 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 709 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

Casos de coronavírus no Mato Grosso do Sul

No Mato Grosso do Sul foram confirmados até o momento 9.388 casos do novo coronavírus. O estado também apresenta 107 óbitos.

Casos de coronavírus em Minas Gerais

Em Minas Gerais o novo coronavírus chegou a um total de 53.351 casos confirmados, com um total de 1.110 óbitos.

Casos de coronavírus no Pará

No Pará foram confirmados até o momento 110.411 casos do novo coronavírus. O estado do Norte também apresenta 5.050 óbitos.

Casos de coronavírus na Paraíba

Na Paraíba o novo coronavírus chegou a um total de 50.765 casos confirmados, com um total de 1.065 óbitos.

Casos de coronavírus no Paraná

O Paraná chegou a um total de 28.166 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 728 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

Casos de coronavírus em Pernambuco

Em Pernambuco o novo coronavírus chegou a um total de 62.362 casos confirmados, com um total de 5.068 óbitos.

Casos de coronavírus no Piauí

No Piauí o novo coronavírus chegou a um total de 24.376 casos confirmados, com um total de 726 óbitos.

Casos de coronavírus no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro foram confirmados até o momento 118.956 casos do novo coronavírus. O estado do Sudeste também apresenta 6.351 óbitos.

Casos de coronavírus no Rio Grande do Norte

No Rio Grande do Norte o novo coronavírus chegou a um total de 33.421 casos confirmados, com um total de 1.171 óbitos.

Casos de coronavírus no Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul o novo coronavírus chegou a um total de 30.371 casos confirmados, com um total de 690 óbitos.

Casos de coronavírus em Rondônia

Em Rondônia foram confirmados até o momento 22.241 casos do novo coronavírus. O estado da Região Norte também apresenta 533 óbitos.

Casos de coronavírus em Roraima

Roraima chegou a um total de 18.233 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 358 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

Casos de coronavírus em Santa Catarina

Em Santa Catarina o novo coronavírus chegou a um total de 30.261 casos confirmados, com um total de 376 óbitos.

Casos de coronavírus em São Paulo

Em São Paulo foram confirmados até o momento 310.702 casos do novo coronavírus. O estado também apresenta 15.694 óbitos.

Casos de coronavírus no Sergipe

No Sergipe foram confirmados até o momento 28.186 casos do novo coronavírus. O estado do Nordeste também apresenta 764 óbitos.

Casos de coronavírus no Tocantins

O Tocantins chegou a um total de 11.736 casos confirmados do novo coronavírus. Até o momento, 211 pessoas morreram no Estado em virtude da doença.

STF estabelece prazo de 5 dias para Pazuello se manifestar sobre protocolo da cloroquina

Ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello

Por Ricardo Brito

Reuters

O ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu prazo de cinco dias para que o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, preste informações em uma ação que cobra a suspensão imediata do protocolo adotado pela pasta que permite o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19, mesmo para casos leves da doença.
“Requisitem-se prévias informações ao senhor ministro de Estado da Saúde, que deverá prestá-las no prazo de cinco dias, manifestando-se, inclusive, sobre a cognoscibilidade da presente arguição de descumprimento de preceito fundamental”, disse o ministro em despacho.