Banalização da mortes: Brasil já ultrapassou os 74 mil mortos por COVID-19

Segundo a Opas, não há evidência de imunidade de rebanho no país

O Brasil contabilizou 74.133 mortos e 1.926.824 casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) desde o início da pandemia, informou o levantamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde nesta terça-feira (14).

De acordo com o balanço, foram registrados mais 1,3 mil óbitos e 41.857 novos contágios em um período de 24 horas, com uma taxa de letalidade de 3,8%. Já o índice de mortalidade é de 35,3 pessoas por cada 100 mil habitantes, enquanto que a taxa de incidência saltou de 897 para 916,9 indivíduos para cada 100 mil cidadãos em todo território brasileiro. Os recordes de casos e de óbitos geralmente ocorrem às terças-feiras, quando são contabilizados os exames que ficam represados nos finais de semana.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *