Arquivo diários:24/07/2020

Primando por Parnamirim: Vereadora diz que Parnamirim “está entregue as baratas”; e MP de olho nas supostas cruzetas do prefeito


A vereadora de Parnamirim Fativan Alves está mordida com prefeito de Parnamirim Rosano Taveira.

Segundo a vereadora em discurso pronunciado na Câmara Municipal, o prefeito fala pelos quatro cantos da cidade que não falta dinheiro, porém  sua incapacidade de administrar o município tem deixado uma sensação de abandono, pois a cidade enfrenta dificuldades em várias áreas.
O soldado Vasco tomou conhecimento que o Ministério Público está investigando relações incestuosas da Prefeitura de Parnamirim com blogueiros. Denúncias que chegaram ao MP/RN dão conta de anúncios publicitários da Prefeitura em troca de outros favores, inclusive matérias atacando adversários políticos do prefeito Rosano Taveira.
O Blog do Primo está fora, não aceitamos propagandas de órgãos públicos.

Presidente da AL, Ezequiel Ferreira de Souza oportunamente propõe recriar delegacia para investigar crimes cibernético no RN

Se realmente  a delegacia for criada é nomeado um delegado(a) competente, poderá pegar pessoas bem perto do primo Ezequiel.
Presidente Ezequiel

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), requereu ao Governo do RN a recriação de uma delegacia especializada na apuração e repressão aos crimes eletrônicos e cibernéticos. Para Ezequiel Ferreira, a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social, Sesed, tem que dar uma resposta à sociedade e amparar os que caem neste tipo de golpe.

“Neste período de isolamento social em que as pessoas estão fazendo uso mais intenso de comunicação pela internet, a Sesed pode inclusive orientar ao cidadão de modo sistemático. As orientações são para o cidadão não cair nos golpes mais recentes de estelionato e oferecer dicas de como evitar cair em fraudes”, explicou o deputado.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de crimes cibernéticos. Em cada estado da federação houve crescimento entre 25% e 50%, deste tipo de crime em tempos de pandemia. Um dos mais relevantes foi a clonagem de aplicativo de mensagens WhatsApp. No Legislativo Potiguar, mas recentemente, o deputado Nelter Queiroz teve o número clonado.

O estado do Rio Grande do Norte já teve o Núcleo de Investigação dos Crimes de Alta Tecnologia (Nicat). O Nicat havia sido criado em novembro de 2011 com o objetivo de elucidar e trabalhar na repressão a crimes eletrônicos ou cibernéticos tendo em vista a demanda de procedimentos que dizem respeito a essa modalidade criminosa e a inexistência de um setor específico dentro da Polícia Civil para esses casos.

Mas, em junho de 2013, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte extinguiu o núcleo. Na época, o Nicat carecia de organização, estruturação, pessoal e disciplina de gestão administrativa permanente para alcançar a eficiência de resultados na prestação dos serviços públicos. “A recriação do Nicat ou a criação de uma delegacia é para ontem”, salientou Ezequiel Ferreira, acrescentando que nesta época de pandemia, quando muitas pessoas estão usando a internet para realizar operações bancárias, trabalhar e fazer compras, todo cuidado é pouco.

O judiciário brasileiro entende por crime virtual todo ato típico, antijurídico e culpável, praticado na internet e meios eletrônicos. São três os tipos: puro, misto e comum. O crime virtual puro compreende qualquer conduta ilícita que ataque o computador, tanto a parte física quanto o hardware.

Os crimes mistos são aqueles que se utilizam da internet para a prática delituosa e tem como fim algum bem da vítima, como por exemplo, o roubo de senha para acesso a informações confidenciais e realização de transações ilegais de valores. Por fim, os crimes virtuais comuns são aqueles que se aproveitam da internet para a prática do crime, como por exemplo, disseminar ofensas raciais.

AL RN

Notícia do dia não é cloroquina para emas. São os quase 85 mil mortos


Matheus Pichonelli

No conto “Darandina”, de Primeiras Estórias, João Guimarães Rosa descreve o alvoroço provocado numa cidadezinha quando um sujeito escala uma palmeira e de lá passa a proferir sentenças desconexas.

De mão dupla, o espelho da loucura se apresenta na narrativa com uma pergunta ao leitor: quem perdeu o juízo? Quem está em cima ou quem está embaixo obcecado pela cena?

Do alto, o “psiquiatrartista” descrito pelo autor mineiro berrava barbaridades do tipo: “O feio está ficando coisa…”, “Se vierem, me vou, me vomito daqui”, “Cão que ladra não é mudo”. “Estou aqui, vós me vedes”. “Eu não sou aquele!” “Suspeito, exploração, calúnia, embuste, de inimigos e adversários…”. “Vi a Quimera!”

Abaixo, “frenéticos o ovacionavam, às dezenas de milhares se abalavam”.

É de circo, diziam uns. É político, afirmavam outros. É fugido de hospício, especulavam outros ainda. É um gênio, concluía alguns.

Tivesse sido escrito em 2020, Guimarães Rosa poderia até negar, mas ninguém acreditaria que o nonsense daquela estória não foi inspirada num certo habitante do Palácio do Alvorada.

Por mais machadiana que seja a obsessão de Jair Bolsonaro com a cloroquina, uma obsessão pé em pé com a de Brás Cubas e seu emplastro anti-hipocondria que o levaria à glória ou o humanitismo sem fundamento científico de Quincas Borba, é em Guimarães Rosa que se encontra o estado mais bem acabado  de espanto com a cena do sujeito que ninguém sabe como foi parar, nem como poderá descer, da palmeira imperial.

Jair Bolsonaro convalesce após testar positivo novamente para covid-19. Tem evitado declarações retumbantes desde a prisão, agora domiciliar, do ex-PM, ex-assessor e ex-amigo Fabrício Queiroz.

Tem atrapalhado menos também o andamento de negociações sobre reformas e aprovação de projetos-chaves no Congresso, como o do Fundeb.

Ainda assim, é o assunto do dia.

De ontem.

De hoje.

Provavelmente de amanhã.

Faz isso já adaptado ao espírito do tiktok, a rede social chinesa em que o gestual está no centro da cena de mímicos que já não precisam gritar. Foi o que levou a plateia ao delírio, no domingo passado, quando levantou uma caixinha de cloroquina no fosso que separa a Presidência e os súditos o ovacionaram, também às dezenas.

É gênio ou é doido, pergunta-se a plateia abaixo da palmeira, como no conto roseano.

Em tempos de comunicação em rede, pendurar a melancia no pescoço já não comove.

Que tal passear pelos campos do Alvorada e ser flagrado mostrando cloroquina para as emas?

Eureka!

É o melhor jeito de seguir no centro das atenções e desviar o foco das perguntas fundamentais do dia: como chegamos a quase 85 mil mortos na pandemia que o garoto-propaganda da quimera salvadora diagnosticou, lá atrás, como um resfriadinho que mataria menos que uma gripe normal?

A resposta é óbvia, mas segue em aberto, enquanto Jair Bolsonaro em seu retiro repete o personagem de Guimarães Rosa que “disse nada. Ou talvez disse, na pauta, e eis tudo”.

Tirol, Pajuçara, Potengi e Lagoa Nova são os bairros como mais casos de coronavírus em Natal

Coronavírus

O epicentro do coronavírus da capital flutua entre o bairro do Tirol e a Zona Norte de Natal, de acordo com as informações do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). Conforme cenário nesta sexta-feira(24), os bairros do Tirol(8,09%) e Pajuçara(6,88%) e Potengi(6,56%). Na Zona Sul, Lagoa Nova(6,24%) também figura entre os primeiros, em número de casos.

Segundo o LAIS, trinta e seis bairros em Natal registram casos do novo coronavírus. Natal registra 17.631 casos confirmados e 695 óbitos. Suspeitos são até a publicação deste post 26680 e descartados 22.902.

Prefeito Álvaro Dias abre segunda-feira novo Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19, na zona Oeste


Na próxima segunda-feira (27), a Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal), dá início aos atendimentos à população de Natal no Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19 da zona Oeste. O local que sediará o serviço é o Centro de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure), em Nossa Senhora de Nazaré, e o funcionamento acontecerá de segunda a quinta-feira, das 8h às 16h, e às sextas-feiras, das 8h às 12h.

Devem procurar o atendimento, pessoas com febre, tosse e dor de cabeça, ou ainda com histórico de contato com pessoas com diagnóstico confirmado. O Centro contará com atendimento médico, testagem SWAB e acesso a tratamento medicamentoso, caso o médico prescreva. “Essa é mais uma ação da Prefeitura. Estamos ampliando nossos serviços na atenção básica para evitar que o vírus se espalhe, mas de nada adianta se a população não fizer sua parte. É preciso higienizar as mãos, usar máscaras e respeitar o isolamento social”, afirma Álvaro Dias, prefeito de Natal.

“De acordo com a mapa de calor epidemiológico de Natal, a zona Oeste é uma das áreas que possui uma concentração elevada de casos de coronavírus na capital potiguar. Por isso, decidimos abrir mais um Centro Covid-19 lá para melhor atender e tratar os moradores dessa região. Com esse tipo de ações na atenção básica, podemos observar que o fluxo de atendimento nas UPAs está caindo e queremos manter assim”, justifica George Antunes, secretário de Saúde de Natal.

“Definimos as Zonas Norte e Oeste como locais estratégicos de acesso a esse serviço para todas as zonas da cidade. Como a Zona Norte teve um número de casos expressivos positivados em nosso drive de testagem, iniciamos por lá. Agora, temos mais um ponto de apoio para tratamento precoce na Zona Oeste, mas ambos podem atender munícipes de qualquer bairro de Natal”, observa Rayanne Araújo, secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde da SMS.

Para ter atendimento, o paciente deve levar CPF, Cartão SUS e comprovante de residência de Natal. A primeira etapa tem uma triagem com aferição de pressão, preenchimento de ficha e classificação de acordo com o quadro sugestivo de infecção do coronavírus: espera verde para assintomáticos e espera amarela para indivíduos com sintomas. Na segunda fase, é feita a consulta com profissional médico e definida a estratégia para tratamento diante do caso clínico apresentado.

1.666 mortos por covid-19 no RN

Coronavírus

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta sexta-feira(24). Os casos confirmados chegam a 46.683. No boletim dessa quinta-feira eram (46.056).
O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1.666, sendo 03 confirmadas nas últimas 24 horas, e outras 13 após resultados de exames divulgados dos últimos dias. Em investigação estão mais 198 óbitos.

Os casos suspeitos somam 58.714, descartados(72.645) e pacientes recuperados são 22.901.

Bolsonaristas bloqueados no Twitter por determinação do STF

O “língua de aluguel” do Presidente Bolsonaro, e presidente do PTB foi bloqueado por ordem da Justiça.

O bloqueio de contas de bolsonaristas no Twitter foi por ordem do ministro Alexandre de Moraes e atingiu todos os investigados no inquérito das fake news.

O ministro atendeu a pedido feito pelo Ministério Público na mesma ocasião em que pediu para que Alexandre autorizasse busca e apreensão de documentos e mídias dos investigados. A ordem de bloqueio também foi dada na mesma decisão que autorizou as diligências.

Segundo nota enviada a O Antagonista, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal”.

Até agora, foram suspensas as contas de Allan dos Santos, Bernardo Küster, Sara Winter, Edson Salomão, Edgard Corona, Luciano Hang e Roberto Jefferson. Todos são investigados no inquérito das fake news.

Fórmula 1 cancela corrida no Brasil

A Fórmula 1 anunciou nesta sexta-feira (24) que não realizará o Grande Prêmio do Brasil, no circuito de Interlagos, em razão da pandemia do novo coronavírus. A prova estava prevista para o dia 15 de novembro.

Além do Brasil, o avanço da doença também fez as corridas nos Estados Unidos, no México e no Canadá serem canceladas.

“Após discussões contínuas e estreita colaboração com nossos parceiros, também podemos confirmar que, devido à natureza fluida da pandemia contínua de Covid-19, às restrições locais e à importância de manter as comunidades e nossos colegas em segurança, não será possível competir no Brasil, EUA, México e Canadá nesta temporada”, afirmou a categoria, em comunicado.

 

CNN Brasil

Faleceu o ex-vereador de Natal Edmilson Lima


Faleceu o ex-vereador e presidente da Câmara Municipal de Natal Edmilson Lima.
Edmilson sempre foi muito estimado pelos amigos e um político popular com grande liderança no bairro de Nova Descoberta.

O presidente da Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire publicou nota de pesar, confira:

É com profundo pesar que a Câmara Municipal de Natal recebeu a informação do falecimento do ex-vereador e ex-presidente do Legislativo natalense, Edmilson Lima, aos 71 anos, ocorrido nesta sexta-feira (24).

Vereador por cinco mandatos, Edmilson Lima foi eleito presidente da Casa na 10ª (1985 – 1986) e 11ª (1991-1992) legislaturas, tendo assumido a Prefeitura de Natal por três vezes. Ao longo da sua vida pública, o parlamentar pautou sua conduta com base na ética e respeito à administração pública.

Neste momento de luto, a Câmara Municipal de Natal, em nome do seu presidente, Paulinho Freire, e de todos os vereadores e servidores da Casa, se solidariza e presta condolências aos seus familiares e amigos.

Câmara Municipal de Natal